Após decreto contra judeus, Ester revela a Assuero que é judia e pede que o rei salve seu povo

Foto: Reprodução / Rede Record

Após ser rejeitada pelo pai, Ana procura Mordecai e pedeajuda. O judeu teme a fúria de Joel, mas aceita receber Ana em sua casa.

Ester revela a Quinlá que é judia e Tafnes ouve a confissão da rainha. Tafnes procura o rei sem ser chamada e tenta revelar a ele que Ester é judia. Após falar que Ester é uma impostora, Rei Assuero interrompe Tafnes e a condena à forca.

Hamã convence o rei que um povo inferior deve ser exterminado, mas não revela que se trata dos judeus. Rei Assuero dá o anel real a Hamã e o primeiro-ministro redige o decreto com ordem de extermínio a todos os judeus.

Mordecai lê o decreto que avisa sobre o extermínio dos judeus no dia 13 do mês de Adar e todos ficam apavorados. Mordecai sai desgovernado pelas ruas de Susã e rasga suas trajes em revolta ao decreto contra os judeus.

Mordecai avisa Ruben sobre o decreto e pede que ele recorra a Ester para que a rainha ajude seu povo. Ester se assusta com a notícia do decreto de extermínio aos judeus. Ester se encontra com Mordecai e pede que ele avise a todos os judeus que jejuem durante três dias, antes de ela falar com o rei.

Veja aqui as fotos dos melhores momentos do penúltimo capítulo de A História de Ester!

Ester faz orações para que Deus a ajude a salvar seu povo e é interrompida por Zeres. A esposa de Hamã tenta se aproximar da rainha por interesse e oferece previsões do futuro e favores a Ester, que recusa todos.

Aridai reencontra Ana e os dois fazem juras de amor. Dalfom destrói barraca de Joel e Aridai briga com o irmão, em defesa de Ana e sua família. Joel não aceita que Aridai permaneça ao lado da filha e o expulsa.

Chega o dia de Ester falar com rei. Ela ora para que Assuero a receba e não a condene por entrar sem ser chamada. Ester toma coragem e fala com o Rei Assuero, diz que não o via há muito tempo e convida o rei e Hamã para um banquete, onde revelará seu pedido. Rei Assuero aceita o convite de Ester e fica feliz em rever a rainha.

Assuero manda Hamã vestir Mordecai com as vestes reais e colocá-lo no cavalo real para andar por Susã como forma de honrar o judeu por ele ter ajudado a salvar a vida do rei. O primeiro-ministro se sente humilhado e revoltado, mas obedece o rei.

Ester prepara um grande banquete para Rei Asuero e Hamã. Hamã elogia a rainha e agradece pela honra do banquete, curioso para saber qual é o pedido de Ester a Assuero. Assuero se encanta com Ester e pergunta a ela qual é seu pedido, mas a rainha diz que só falará no segundo banquete que fará para o rei e Hamã.

Zeres tem mau pressentimento sobre o banquete que Ester prepara para seu marido e o rei. Ela pede que Hamã não vá ao banquete e avisa que os deuses a alertaram que algo muito ruim acontecerá.

Ester realiza o segundo banquete para Assuero e Hamã e finalmente revela ao rei o seu pedido. Ester conta a Assuero que o decreto feito por Hamã e ordenado pelo imperador manda exterminar todos os judeus. A rainha conta que é judia e pede que o rei poupe a vida dela e de seu povo.