Referência em temas relacionados a empreendedorismo, Renato Santos é o novo conselheiro do Aprendiz (Foto: Edu Moraes/Rede Record)

Referência em temas relacionados a empreendedorismo, Renato Santos é o novo conselheiro do Aprendiz (Foto: Edu Moraes/Rede Record)

Administrador de empresas com MD em Finanças e MBA em Marketing, Renato Santos também é palestrante e consultor do SEBRAE desde 1993, desenvolvendo soluções de consultoria e treinamento aplicados em todo o Brasil. Possui experiência de mais de 15 mil horas na formação de empreendedores e empresários.

Em 2011, Renato participou do Aprendiz comentando as tarefas da oitava temporada do programa. Nesta edição, o consultor atuará como conselheiro, tendo um papel muito mais ativo na competição.

Ao ser questionado sobre as expectativas para o Aprendiz – O Retorno, o empresário diz que, sem dúvida alguma, os aprendiz terão desafios inéditos pela frente.

— Eu espero, primeiramente, participantes mais espertos, com foco maior, uma humildade maior diante dos desafios que eles vão ter. Eu espero também um aumento no nível da tensão à medida que as provas são mais próximas e eles têm menos tempo de descanso. Saem de uma batalha e já vão para outra. Espero os participantes sob um estresse psicológico maior e, com isso, precisando ter uma habilidade de relacionamento humano maior entre eles. Acho que isso vai tornar o programa bastante interessante.

+ Conheça detalhes da vida dos participantes do Aprendiz – O Retorno

Um dos grandes diferenciais de Renato é sua vasta experiência no exterior, pois já foi consultor internacional do Empretec, principal programa de formação de empreendedores em todo o mundo, desenvolvido pela ONU a partir de metodologia da Universidade de Harvard. Mais do que isso, atuou como consultor-líder do projeto em 12 países da América, Europa, África, Ásia e Oriente Médio e é coautor da metodologia Empretec, atualmente em aplicação no Brasil e em outros 34 países.

Por conta disso, o conselheiro sabe lidar muito bem com a diversidade, uma das marcas da nova temporada do reality show, que terá competidores desde o Aprendiz Sócio até o Aprendiz Universitário.

— O que nós temos de verdade são pessoas experientes nesse formato de programa, que foram selecionadas, nas ocasiões em que participaram do Aprendiz, à frente de milhares de outras pessoas. São profissionais com bom perfil, com grande inteligência, grande capacidade e que não estão aí para brincadeira. Eles sabem que estão lutando contra adversários duros e difíceis. Acho que eles estarão cada vez mais empolgados para dar o melhor de si e colher o resultado.

Com toda essa bagagem profissional, Renato certamente terá à mão muitas ferramentas para analisar os participantes durante as tarefas do programa – uma mais desafiadora do que a outra. De acordo com ele, há três fatores-chave na hora de observar o desempenho dos candidatos.

— Primeiro, a capacidade de enxergar as oportunidades à frente. Segundo, a ambição de mirar alto e a capacidade de corresponder a essa ambição. E terceiro, a capacidade executiva, a capacidade de fazer as ideias saírem da cabeça e virarem realidade num curto espaço de tempo.

Para Renato, as dificuldades que os aprendizes enfrentam no reality são muito parecidas com as que os empresários brasileiros encaram em seu dia a dia. Tocar um negócio no País não é tarefa fácil e exige jogo de cintura dos profissionais envolvidos.

— O que os participantes do Aprendiz vivem é muito parecido com a realidade dos empreendedores de pequenos negócios no Brasil. Os empreendedores de pequeno negócio todo dia matam um leão. Todos os dias, numa pequena empresa, você tem desafios diferentes com novos problemas e novas dificuldades, que muitas vezes são capazes de, por si só, eliminar a empresa. Um empreendedor de pequeno negócio enfrenta todos os dias desafios que podem fazê-lo quebrar, manda-lo para casa, demiti-lo do negócio. Então, nesse sentido, acho que o Aprendiz é muito parecido com a realidade das empresas brasileiras.

Por fim, o novo conselheiro diz que não espera ver, na nova temporada, profissionais que subestimem os demais competidores e os desafios que eles terão pela frente. Portanto, não perca as emoções de Aprendiz – O Retorno, a partir desta terça-feira (1º), às 23h30 na tela da Rede Record.