R7 - Entretenimento

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Entretenimento/Bate-papo

Icone de Bate-papo Bate-papo

André Tal
22/03/2011

André Tal

Correspondente da Record está no Japão e comentou sobre terremoto que atingiu o país

Íntegra do bate-papo

(18:45:24)

Moderador : Olá André, tudo bem? Seja bem-vindo a sala de bate-papo do R7! Daqui a pouco, vamos começar! Pode aguardar na sala!

 

(18:48:00)

 

André Tal : Obrigado, vai ser um prazer!

  

(19:00:55)

 

Moderador : Pessoal,vamos conversar agora com o correspondente da Rede Record, André Tal, que está no Japão e fala sobre o terremoto que atingiu parte do país. Continuem enviando suas perguntas!

 

(18:59:06)

 

kelly pergunta para Convidado: olá andre tal boa noite..gostaria de saber sobre a situação no japão estamos preocupado aqui no brasil

 

(18:48:40)

 

Kary pergunta para Convidado: André, como está o Japão neste momento em relação aos tremores?

 

(18:48:52)

 

Eduardo pergunta para Convidado: andré, tem noicias de que os brasileiros estejam ajudando os japoneses?

 

(19:02:28)

 

André Tal : Kelly, a situação continua tensa, mas começa a melhorar. a radiação ainda é o que mais preocupa.

 

(19:03:11)

 

André Tal : Eduardo, os brasileiros fazem parte do país. São cerca de 300 mil e ajudam as vítimas como todos os japonses fazem.

 

(19:01:13)

 

tah pergunta para Convidado: tenho amigos no japao fiquei muito assustada com tudo isso

 

(19:04:14)

 

André Tal : Kary, agora parou de tremer, mas as pessoas ficam sempre preocupadas. foram mais de 4 mil tremores em 7 dias.

 

(19:04:39)

 

André Tal : tah, todos nós ficamos. Mas eles estão determinados a reconstruir o país.

 

(19:01:22)

 

RECORDISTA pergunta para Convidado: QUANDO DECIDIU SER JORNALISTA?

 

(19:02:59)

 

Thata pergunta para Convidado: ooi André tudo bem ? Gostaria de saber se o Japão ainda corre riscos de novos terremotos ?

 

(18:57:07)

 

RECORDISTA pergunta para Convidado: BOA NOITE ANDRÉ PARABÉNS PELO TRABALHO NO JAPÃO!

 

(19:06:11)

 

André Tal : Recordista, decidi ainda adolescente. Primeiro queria ser locutor de futebol, mas não tinha voz pra isso. Aí, decidi fazer a faculdade de jornalismo e me apaixonei pela profissão.

 

(19:06:46)

 

André Tal : Thata, segundo os especialistas, ainda há muita energia acumulada e o risco de novos terremotos não é pequeno.

 

(19:07:08)

 

André Tal : Recordista, obrigado. fico feliz que tenha gostado do trabalho.

 

(18:54:52)

 

Kary pergunta para Convidado: André, como vc sentiu como pessoa na hora do terremoto qd vc falou com sua esposa, não póde estar ao lado dela, vc como profissional continuou sua reportagem e se preocupar com a sua vida e do câmera ao msm tempo?

 

(19:03:39)

 

kelly pergunta para Convidado: nossa nestamos preocupado com vc e sua familia , como podemos ajudar daqui

 

(19:08:56)

 

André Tal : Kary, foi tudo tão rápido que não tive muito tempo de pensar. Tive que agir por instinto. Felizmente, ele ficou bem e consegui fazer a reportagem.

 

(19:09:25)

 

André Tal : Kary, ela ficou bem, quis dizer.

 

(19:09:48)

 

André Tal : Kelly, estamos todos bem. Agradeço sua preocupação. Mas tudo vai dar certo!

 

(19:03:49)

 

pimentaso pergunta para Convidado: andre,é em todo o japao que tem terremoto?

(19:04:07)

Kary pergunta para Convidado: André, a comida e a água se encontra racionada?

 

(19:10:55)

 

André Tal : pimentaso, os terremotos atingem várias regiões. 20% dos terremotos de 6 ou mais graus no mundo acontecem no país.

 

(19:05:31)

 

kelly pergunta para Convidado: andre tal o local onde vc esta com familia e seguro?


(19:04:29)

 

ima pergunta para Convidado: André, a situação de resgate a ajuda aos desamparados está sendo prejudicada pela prioridade nuclear ou o governo está podendo atuar nas duas frentes?

 

(19:11:38)

 

André Tal : Kary, nas áreas mais atingidas, sim. Principalmente perto da usina de Fukushima porque a água encanada está contaminada.

 

(19:11:58)

 

André Tal : Kelly, estamos seguros. Obrigado.

 

(19:06:40)

 

pimentaso pergunta para Convidado: fiquei sabendo que hoje teve mais um abalo , isso é verdade?

 

(19:06:34)

 

Christopheer pergunta para Convidado: já esta atualizado o números de mortos aí no japão

 

(19:06:06)

 

kelly pergunta para Convidado: andre tal vc esta fazendo um otimo trabalho

 

(19:12:47)

 

André Tal : ima, existem duas frentes. São dezenas de milhares de homens ajudando as vítimas.

 

(19:13:24)

 

André Tal : pimentaso, não fiquei sabendo. aqui onde estou não tremeu. Mas é bem possível que tenha havido um abalo secundário no norte do país.

 

(19:14:09)

 

 

André Tal : Christopheer, eles falam em mais de nove mil, por enquanto. Mas deve passar dos 20 mil. Os desaparecidos são muitos.

 

(19:08:37)

 

Thata pergunta para Convidado: Nossa é muito ruim de saber disso, pois ficamos aqui sem poder fazer ”nada” , ao não ser ficar atentos às notícias :/

 

(19:14:43)

 

André Tal : kelly, fico feliz de saber que está gostando.

 

(19:07:47)

 

bete pergunta para Convidado: André, o que você está vendo sobre a contaminação do lençol freático e a reação das pessoas e do governo? Como irão driblar esse problema? Estão importando água e alimentos? Obrigada. Deus lhes abençoe!

 

(19:15:25)

 

André Tal : Thata, o Japão aprendeu a conviver com terremotos. Eles estão bem preparadas. Essa foi uma tragédia muito grande. Se fosse em outro país, seria muito pior.

 

(19:06:59)

 

tah pergunta para Convidado: gostaria de saber se esse terremoto pode vir aqui para brasil ?

 

(19:16:51)

 

André Tal : bete, Não há informações de contaminação do lençol freático. seria muito ruim se isso se confirmasse. Os alimentos contaminados são apenas os produzidos perto da usina. Obrigado pela mensagem de fé.

 

(19:17:27)

 

 

André Tal : tah, o Brasil não costuma ter terremotos. Pequenos abalos já foram registrados, mas nunca vai haver algo parecido com o que existe aqui.

 

(19:10:37)

 

neguinha pergunta para Convidado: O povo japonês fica calmo mesmo, como vimos nas reportagens?

 

(19:10:41)

 

Klau pergunta para Convidado: Oi André, me diz... Como está a distribuição de alimentos?

 

(19:06:51)

 

FMQM pergunta para Convidado: Oi André, td bem? Parabéns pela cobertura! O que tem sido mais difícil ai no Japão desde o terremoto?

 

(19:18:08)

 

André Tal : neguinha, fica assim. é impressionante. a gente apavorado e eles tranquilos.

 

(19:18:50)

 

André Tal : Klau, bloqueram a distribuição de alimentos produzidos perto da usina. Algumas áreas tem problemas. Os caminhões não chegam. Outras estão normal.

 

(19:19:10)

 

André Tal : FMQM, controlar as emoções e tranquilizar a família.

 

(19:05:32)

 

RECORDISTA pergunta para Convidado: JÁ QUE O JAPÃO TREME QUASE SEMPRE CONTINUA TREMENDO MESMO SEM DANOS?

 

(19:11:03)

 

FERNANDO1104 pergunta para Convidado: ANDRE TUDO BEM !!PARABENS A VOCE E A TODA EQUIPE DA RECORD QUE NOS MANTEVE E CONTINUA NOS MANTENDO BEM INFORMADO SOBRE O DIA DIA NO JAPÃO DEPOIS DESTA LAMENTAVEL TRAGEDIA.

 

(19:11:00)

 

bete pergunta para Convidado: como é para você ter que ficar no Japão sabendo o que está ocorrendo?

 

(19:10:59)

 

rgia pergunta para Convidado: andre,quanto tempo vc vai ficar por ai?

 

(19:20:20)

 

André Tal : Recordista, na maioria das vezes não há sequer danos materiais. 2 dias antes desse terremoto, houve um outro na mesma região. Foi de 7,2 graus, mas nada aconteceu.

 

(19:20:49)

 

André Tal : Fernando1104, obrigado. tenho recebido muitas mensagens de carinho e elas nos motivam a continuar trabalhando bastante.

 

(19:21:29)

 

André Tal : bete, não é fácil. Mas sou otimista e tenho certeza de que nada de mal vai me acontecer.

 

(19:21:39)

 

André Tal : rgia, 2 anos.

 

(19:12:30)

 

rgia pergunta para Convidado: andre como vcs estao conseguindo viver com a agua racionada?

 

(19:11:37)

 

FMQM pergunta para Convidado: André, parabéns pela excelente cobertura! Como moradors, você acredita que a situação está melhorando?

 

(19:22:36)

 

André Tal : rgia, não é em todo lugar que tá faltando água. nas áreas onde falta, o governo distribui.

 

(19:13:57)

 

FMQM pergunta para Convidado: André, parabéns pela excelente cobertura! Qual
o foi seu maior medo?

 

(19:23:01)

 

André Tal : FMQM, acredito que daqui pra frente, só vai melhorar.

 

(19:15:15)

 

bruninha pergunta para Convidado: qual foi sua reaçao quando viu esta castrastofe,andre?

 

(19:23:34)

 

André Tal : FMQM, medo de não saber como agir numa situação como a que passamos aqui. Tudo novo pra mim.

 

(19:15:21)

 

Serrano pergunta para Convidado: Qual é a situação das outras usinas nucleares?

 

(19:14:34)

 

Klau pergunta para Convidado: André, existem postos de atendimento médico para os feridos e doentes? Vc viu algo assim por lá?

 

(19:24:18)

 

André Tal : bruninha, fiquei triste. ninguém gosta de ver uma tragédia. Por outro lado, tive a sensação de que a história estava acontecendo diante dos meus olhos.

 

(19:16:11)

 

Has.fortaleza pergunta para Convidado: Olá André boa noite.Em relação a contaminação nuclear, acredito que seja mais grave do que está sendo divulgado, vc não acha, já que voce esta tão perto acredito que tenha mais detalhes.

 

(19:24:59)

 

André Tal : Serrano, essa é a pergunta que os japoneses se fazem. Visitamos uma que fica na beira do mar e numa área com alta probabilidade de terremoto e, talvez, tsunami.

 

(19:11:42)

 

Fabi pergunta para Convidado: Como vc se sente faaendo um trabalho ao mesmo tempo corajoso, conquanto perigoso? Ficar longe da família até vale a pena...mas quando se trata da própria segurança, compensa?

 

(19:25:41)

 

André Tal : Klau, existe sim. os japoneses são muito organizados e acostumados a tragédias. estão fazendo o máximo pra minimizar o sofrimento das vítimas.

 

(19:26:30)

 

André Tal : Has.fortaleza, o governo japonês esconde informações. Mas há muitos organismos que divulgam o que está acontecendo. Não acredito que seja mais grave do que a imprensa tem publicado.

 

(19:27:20)

 

André Tal : Fabi, estou ao lado da minha mulher. Nossa profissão é essa. Nem sempre é perigosa. É o que eu gosto de fazer e minha família me apoia.

 

(19:16:25)

 

ima pergunta para Convidado: André, o país sente que esta tragédia superou o terremoto de Kobe? O povo anda cabisbaixo ou assustado pelas ruas?

 

(19:17:58)

 

Serrano pergunta para Convidado: há alguma mobilização no sentido de reforçar barreiras contra tsunami em outras localidades do japão?

 

(19:18:14)

 

 

Hofmann Me Escuchas pergunta para Convidado: Andre,Parabens pelo trabalho, em que cidades serao suas proximas materias?

 

(19:28:37)

 

André Tal : ima, os japonesas não abaixam a cabeça essa hora. Essa tragédia é maior. além do terremoto, houve o tsunami e a crise nuclear.

 

(19:29:10)

 

André Tal : Serrano, não sei se é possível fazer isso. não vi nada disso ainda.

 

(19:29:43)

 

André Tal : Hofmann, teremos que voltar pro Norte do país. Ainda há muita matéria pra fazermos na região mais afetada.

 

(19:18:57)

 

lua pergunta para Convidado: ANDRÉ NÃO TEM PERIGO DESTA RADIAÇÃO SE ESPALHAR PARA OUTRAS CIDADES AI DO JAPÃO?

 

(19:18:47)

 

GitinhA pergunta para Convidado: André, e vc e sua esposa não têm medo? Não sentem vontade de vir embora logo??

 

(19:18:33)

 

Thata pergunta para Convidado: Entendi, queria lhe dizer que você fez um ótimo trabalho, pois teve coragem em fazer a reportagem .. Parabéns !

 

(19:32:19)

 

André Tal : lua, os especialistas acham pouco provável que a radiação chegue a grandes cidades em níveis prejudiciais à saúde.

 

(19:33:06)

 

André Tal : Gitinha, sentimos medo. Mas vamos continuar aqui. Sei que é diferente, mas medo existe em qualquer lugar do mundo. No Brasil também pela violência.

 

(19:34:16)

 

André Tal : Thata, o importante é que pude levar informação e boas matérias pros brasileiros. É a minha missão.

 

(19:19:49)

 

MENA pergunta para Convidado: NÓS AQUI FICAMOS IMPRESSIONADOS C TUDO
MAS TBM FICAMOS ADMIRADOS COM SUA POSIÇÃO NA HORA DO TERREMOTO
VC FOI EXTREMAMENTE PROFISSIONAL
pARABÉNS

 

(19:19:43)

 

Has.fortaleza pergunta para Convidado: Por onde voce anda as pessoas estão otimistas com o que vem pela frente ou de alguma forma eles se mostram preocupados?

 

(18:42:21)

 

Kary pergunta para Convidado: Oi André, admiro sua coragem e determinação para nos trazer as notícias tão claras. Qual foi sua reação ao saber que sua esposa estava em pânico e vc precisava ao mesmo tempo ter que continuar sua reportagem e tb preocupar em salvar a sua vida.

 

(19:35:29)

 

André Tal : Mena, agi por instinto. nem sei como conseguir fazer aquilo na hora. Foi no piloto automático.

 

(19:36:04)

 

André Tal : Has.fortaleza, as pessoas desconfiam do governo, mas os japoneses são otimistas. Acreditam no país.

 

(19:37:04)

 

André Tal : Kary, minha esposa em pânico me deixou em pânico. Normalmente, ela não vivencia o que eu passo no trabalho. dessa vez, foi diferente.

 

(19:22:36)

 

Serrano pergunta para Convidado: houve estragos nos arquipelagos proximos ao Japão. você tem alguma noticia sobre isso?

 

(19:39:24)

 

Angelica pergunta para Convidado: André, vc tem alguma informação se tem vitimas brasileiros??

 

(19:40:36)

 

André Tal : Serrano, os estragos foram apenas no Japão. Felizmente, outros países não foram atingido. Dentro do Japão, apenas a ilha de Honshu, a principal, teria sido atingida.

 

(19:41:08)

 

André Tal : Angelica, na internet surgiu uma história de uma brasileira que teria morrido. Parece ser falsa. Não há qualquer registro dessa brasileira por aqui.

 

(19:38:45)

 

 

Ana Gabriela pergunta para Convidado: Boa noite, bom dia pra você. Lamentável essa tragédia. As imagens até agora não saem da minha cabeça. Gostaria de saber, se os desabrigados de todas as regiões já estão sendo atendidos, ou se ainda há gente passando fome.

 

(19:41:15)

 

FMQM pergunta para Convidado: Andre, esta foi a sua reportagem favorita? Se não, qual foi?

 

(19:37:52)

 

Dani pergunta para Convidado: fico impressionada com a educação e respeito que eles tem com o próximo, devemos aprender muito com eles

 

(19:41:57)

 

André Tal : Ana Gabriela, mesmo diante de tamanha tragédia, os desabrigados estão recebendo toda assistência. Mas não é fácil o que eles estão passando.

 

(19:42:29)

 

André Tal : FMQM, gosto mais de fazer expedições, como as que fiz pela Amazônia. Mas essas coberturas são mais marcantes.

 

(19:42:48)

 

André Tal : Dani, o povo japonês é especial, admirável.

 

(19:42:36)

 

Serrano pergunta para Convidado: a produção pesqueira sofreu algum problema já que é a base da alimentação japonesa?

 

(19:41:49)

 

Dani pergunta para Convidado: como fica seu emocional vendo essa tragédia toda?

 

(19:22:34)

 

neguinha pergunta para Convidado: Parabéns pelo seu trabalho e coragem de nos mostrar e manter informados. Muita força e determinaçao pra vc e pra todo povo japonês.

 

(19:22:37)

 

Marcinha pergunta para Convidado: André vc lindoooo!!..Parabéns pela sua material do Japão e q Deus ajude tdas essas pessoas

 

(19:43:58)

 

André Tal : Serrano, é a grande preocupação agora. Encontraram radiação nas águas do Oceano Pacífico.

 

(19:44:28)

 

André Tal : Dani, a gente aprende a controlar a emoção nessa profissão. Sente, mas tem que segurar pra conseguir trabalhar.

 

(19:45:07)

 

Moderador : Voluntários fazem bolinhos de arroz para os desabrigados em Koriyama, a 60 km da usina nuclear de Fukushima

 

 

 (19:45:08)

 

André Tal : Marcinha, obrigado, minha mulher e minha mãe tb me acham bonito. hehehe. Deus vai ajudar o Japão, com ctz.

 

(19:45:28)

 

André Tal : Neguinha, estamos todos fortes aqui.

 

(19:44:49)

 

Serrano pergunta para Convidado: você acha que houve demora no alerta de tsunami ou as ondas vieram muito rápido?

 

(19:45:55)

 

lua pergunta para Convidado: ANDRÉ,ESSE JEITO TRANQUILO QUE VIMOS DO POVO JAPONÊS NA TV É O QUE VC VÊ AI?

 

(19:46:25)

 

Dani pergunta para Convidado: fico muito triste com as crianças que acabam ficando orfãos

 

(19:34:00)

 

MENA pergunta para Convidado: ANDRÉ, UAL SITUAÇÃO PIOR?
SER CORREPONDENTE AI NO JAPÃO OU ESTAR NA LIBIA, NO MEIO DAQUELA GUEERA?

 

(19:47:12)

 

André Tal : Serrano, houve o alerta como sempre. Mas normalmente o alerta não se confirma, então muitas pessoas ficaram. Muitas outras se salvaram. As ondas foram gigantescas, de qualquer forma.

 

(19:47:28)

 

André Tal : lua, eles são assim mesmo.

 

(19:47:43)

 

Moderador : Fila de cidadãos japoneses para comprar combustível em um posto de gasolina em Ichinoseki. Uma frente fria trouxe uma forte nevasca sobre o nordeste do país durante a noite

 

 

(19:47:48)

 

André Tal : Dani, ver uma criança sofrer é algo muitoooo difícil.

 

(19:47:49)

 

bruno pergunta para Convidado: Como está a ajuda internacional ?

 

(19:48:34)

 

André Tal : Mena, pergunta difícil essa sua. Mas eu não sei como deve ser passar por um bombardeio. deve ser desesperador.

 

(19:48:54)

 

André Tal : bruno, vários países mandaram equipes de resgate e também especialistas nucleares.

 

(19:48:29)

 

Serrano pergunta para Convidado: alguma noticia sobre os voluntario de Fukushima? os brasileiros deveriam aprender muito com eles. dar a vida pelo próximo. pela humanidade.

 

(19:49:01)

 

Kary pergunta para Convidado: André, parabéns pelo seu trabaljo, que Deus proteja vc e sua família. Abraços de todos nós Brasileiros...

 

(19:46:51)

 

Dani pergunta para Convidado: o que está sendo feito pelas crianças nesta situação?

 

(19:49:44)

 

Moderador : Desabrigados descansam em um abrigo a 60 km da usina nuclear na Província de Fukushima, em Koriyama

 

 

 

(19:50:35)

 

André Tal : Serrano, eles são os heróis que tentam evitar uma catástrofe nuclear. Estão correndo riscos pelo país.

 

(19:50:53)

 

André Tal : Kary, muito obrigado pelo carinho.

 

(19:50:22)

 

Ana Gabriela pergunta para Convidado: Tenho acompanhado no noticiário, constantes tremores, embora menores. Os japoneses estão preocupados com a ameaça de uma nova tsunami, ou isso já está descartado?

 

(19:50:48)

 

MENA pergunta para Convidado: andré essa frase é pra vcs ai e toda sua equipe
´Força pra lutar, fé para vencer
Quantos dragões nós iremos combater...

 

(19:51:20)

 

André Tal : Dani, por enquanto estão em abrigos. Ainda não houve tempo de procurar novas famílias.

 

(19:43:52)

 

Klau pergunta para Convidado: André, já começaram as etapas de limpeza das ruas e retirada dos escombros? Como o governo está ajudando aos japoneses retomares suas vidas?

 

(19:51:46)

 

André Tal : Ana Gabriela, estão preocupados. Mas eles aprenderam a conviver com as ameaças.

 

(19:52:03)

 

André Tal : Mena, boa frase. Força não vai nos faltar. Nunca!

 

(19:52:42)

 

André Tal : Klau, a prioridade ainda é procurar por sobreviventes. Enquanto houver possibilidade de encontrar vítimas com vidas, eles não vão desistir.

 

(19:52:06)

 

Serrano pergunta para Convidado: a reconstrução das regiões atingidas já começou?

 

(19:51:19)

 

Serrano pergunta para Convidado: irão realmente desativar a usina? há outras fontes de energia para suprir a região?

 

(19:47:12)

 

ima pergunta para Convidado: todas as pessoas já tinham estas máscaras?

 

(19:53:55)

 

André Tal : Serrano, não houve tempo. isso vai demorar anos. estima-se que até 5 anos.

 

(19:54:05)

 

André Tal : Serrando, ainda se discute isso.

 

(19:54:30)

 

Jéssica pergunta para Convidado: Tenho uma prima que mora em Osaka, mas ja voltou para cá,tem muitos brasileiros voltando??

 

(19:54:41)

 

karina pergunta para Convidado: ainda estão conseguindo encontrar sobreviventes mesmo depois destes dia todos?

 

(19:54:54)

 

André Tal : ima, as máscaras são comuns aqui, principalmente essa época do ano. São usados porque os japoneses tem alergia ao pólen de um pinheiro da região. Não tem relação com o terremoto.

 

(19:55:28)

 

André Tal : Jéssica, muito brasileiros estão voltando. A economia está ruim, falta trabalho pra eles e, agora, então, eles adiantaram a volta.

 

(19:55:54)

 

André Tal : Karina, domingo encontraram uma senhora de 80 anos e o neto, de 16. Depois, não mais.

 

(19:55:38)

 

GUTA pergunta para Convidado: ANDRE TAL. PARABENS PELO SEU TRABALHO, IMAGINO O VC VENDO ESSA SITUAÇAO AI DE PERTO,TRISTE PRA VC ,TBEM,NÉ?

 

(19:47:45)

 

Angelica pergunta para Convidado: Andre, parabéns pelo profissionalismo e estou orando para que Deus venha colocar a mão nessa nação japonesa tão guerreira

 

(19:56:28)

 

André Tal : Guta, muito triste. nunca tinha visto nada parecido.

 

(19:56:54)

 

André Tal : Angelica, obrigado. Os japoneses estão fortes pra recomeçar.

 

(19:56:51)

 

Jéssica pergunta para Convidado: André é verdade que a contaminação Radioativa já chegou nos alimentos e na água?

 

(19:58:05)

 

André Tal : Jéssica, chegou, mas apenas perto da usina de Fukushima.

 

(19:58:47)

 

Moderador : Pessoal, infelizmente nosso tempo acabou! Obrigado pela participação de vocês, em especial ao correspondente André Tal. Boa noite a todos.

 

(19:59:04)

 

André Tal : Boa noite a todos e obrigado!

 

 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
Shopping