R7 - Entretenimento

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

20 de Dezembro de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Entretenimento/Bate-papo

Icone de Bate-papo Bate-papo

irene
12/10/2012

Irene Maluf

Neuropedagoga falou sobre comunicação entre pais e filhos, tema da série Conheça Seu Filho

Íntegra do bate-papo

(19:44:14) Pedro Jr. pergunta para Convidado: Boa noite, meu filho tem muita curiosidade de experimentar bebidas alcolicas. Como faço para por limites nele?

 

(19:43:26) Livia pergunta para Convidado: boa noite a todos!!!!!!!!

 

(19:59:06) Alessandra pergunta para Convidado: tenho um filho de 15 anos e uma menina de 12 e sinto que a comunicação esta cada vez mais distante,como chama-los para meu lado estou sempre parecendo a bruxa da historia?

 

(19:44:22) joana pergunta para Convidado: a amiga da minha filha, de 11 anos, comete furtos pequenos. como aneis e caneta. como faço pra proteger minha filha? devo conversar com a mãe da amiguinha?

 

(20:00:20) Adriana pergunta para Convidado: Olá, meu filho se identifica como uma criança cristal, mas ele já tem 14 anos, há possobilidade de reverter esse caso?

 

(20:05:10) Irene Maluf : Olá, Pedro Jr. Experimentar todos vão, você tem de orientá-lo e colocar limites nisso, dizer até onde ele pode ir nessa experimentação. Há um limite que deve ser estilpulado pelo pai.

 

(20:06:40) Irene Maluf : Olá, Alessandra. Há uma fase da vida em que a mãe é a ”a bruxa”, mas essa é a fase em que a mãe ensina mais o seu filho. Você deve buscar o diálogo com seus filhos e manter os limites, mesmo sentido-se como uma ”bruxa”.

 

(20:08:10) Irene Maluf : Boa noite, Joana. Se ela está furtanto, essa criança deveria ser orientada, pois ela está pedindo um socorro. Seria interessante você conversar com a mãe dela e explicar o que está acontecendo, mostrando que há profissionais podem ajudá-la, pois sua filha não está se transformando em uma ladra, mas sim mostrando que está com problemas no seu desenvolvimento emocional.

 

(20:03:48) Lu PH pergunta para Convidado: Boa noite tenho um filho de 1 ano e 1 mês! Qual é a hora de impor limites? Percebo que ele entende a diferença entre o sim e o não pois qdo recebe um não jga-se para tras choromingando e bate a cabeça no chão

(20:03:45) vida pergunta para Convidado: o que fazer com minha filha adolecente que ñ me ajuda em nada acha que a vida é os amigos e a internet.

 

(20:09:32) Irene Maluf : Olá, Adriana. Você não pode manter essa situação, pois ele tem de amadurecer e crescer como um adulto capaz de governar sua vida. Você pode começar conversando com ele e deixar claro que daqui para frente há normas e consequências caso elas não sejam seguidas.

 

(20:08:17) Tatyane pergunta para Convidado: Boa noite minha filha não me respeita,nem quando coloco ela de castigo so me ouve qdo ameaço bater e as vezes ate dou uma palmada ela ! oq faço?

 

(20:11:32) Irene Maluf : Boa noite, Lu PH. Desde que a criaqnça nasce, ela tenta controlar o meio ambiente. É uma forma de defesa. Com um ano, a criança já conhece muito bem esse meio ambiente, então já está mais do que na hora de você impor limites para o se filho. Você não pode voltar atrás, isso é muito importante nessa fase. Mesmo que ele chore, ele tem que entender que há um limite, pois a criança não nasce sabendo que há um limite, apenas que alguém a está contrariando.

 

(20:12:00) Cast pergunta para Convidado: Meu filho tem QI 128, tem sintomas de autismo e crise de ausência, uma psicóloga disse que ele era uma criança índigo, como lido com sua rebeldia em cumprir regras?

 

(20:13:16) Irene Maluf : Boa noite, Vida. Você tem que analisar o motivo pelo qual chegou nesse ponto e impor normas e regras, sempre mostrando que há consequências. Mas, antes, você tem que analisar onde possa ter errado na hora de impor estes limites para saber exatamente onde atuar.

 

(20:15:41) Irene Maluf : Boa noite, Tatyane. Primeiramente, a palmada não educa, mas assusta. Você pode substituir essa palmada por uma fala firme e serena e, caso necessário, dar-lhe um castigo, mas nunca uma palmada ou uma alteração no tom de voz, como gritos.

 

(20:17:23) Irene Maluf : Olá, Cast. Você deve buscar esse tipo de orientação com a própria psicóloga da criança. Cada criança é um ser individual e você deve procurar um psiquiatra infantil e buscar uma fórmula de conduta com o profissional.

 

(20:05:20) Elis pergunta para Convidado: Minha filha tem 12 anos é extremamente fechada,individualista parece que não gosta do convívio com a família,não gosta de ajudar ninguem. Oque faço para melhorar isso?

 

(20:15:25) Edinaldo pergunta para Convidado: Como os professores devem lidar com estas crianças ”mimadas” em sala de aula?

 

(20:18:36) Irene Maluf : Boa noite, Elis. O que chama mais a atenção é o fato dela não se relacionar. Pense desde quando começou este tipo de situação e busque por um auxílio profissional.

 

(20:21:06) Irene Maluf : Olá, Edinaldo. É muito complicado, pois cada criança traz de casa uma crianção diferente; e os professores devem lidar com estas questões e ficam em uma situação difícil. Quando o professor se sente ameaçado com estas crianças e se sente incapaz de ”dar conta”, ele tem que chamar o diretor ou orientador e ver o que a escola quer em relação a isso.

 

(20:21:39) dulce pergunta para Convidado: BOA NOITE. MEUS FILHOS SE ISOLAM E SO QUEREM FICAR NOS JOGOS COM O CELULAR, E NÃO ME OBEDECEM QDO PEÇO AJUDA.

 

(20:32:36) Irene Maluf : Ajudar é muito menos prazeiroso... E por isso, é preciso explicar as crianças que não há opção em coisas que são obrigações familiares, como ajudar nas tarefas e cuidar de suas coisas. Quanto a isso, não pode haver negociação, sob pena de você também não fazer para eles o que esperaram que faça... Ação e consequencia devem vir juntas!
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
Shopping