Capítulo 59 (Sexta-feira 13/10): Pietra aceita o pedido de casamento de Enrico

Selena é informada que homens da sua comitiva foram assassinados

Do R7

Após ser salva dos Errantes, Pietra aceita se casar com Enrico
Após ser salva dos Errantes, Pietra aceita se casar com Enrico Reprodução/Record TV

Pietra olha para Enrico, um pouco insegura, e pergunta para Enrico se ele pretende mesmo que ela seja sua princesa, mesmo após ter beijado outra mulher.

Enrico se surpreende e ela questiona sobre Selena. Pietra lembra o bilhete que pediu para Laurinda entregar-lhe. Enrico diz que foi tudo um mal-entendido e que Selena é apenas uma hóspede.

Nodier vai até o mercado e avisa que a princesa Carmona proibiu o sarau e Polentina e Fubaldo ficam chocados. Otoniel está diante de Cedric, Mistral e Bartolion e fala sobre uma mensagem a respeito da morte do cavaleiro que Selena esperava chegar no castelo.

Pietra encontra o mapa verdadeiro na caderneta. Matriona hospeda Dulcinéa na estalagem com um olhar desconfiado. Accalon diz que Falstaff não sabe o paradeiro de Dulcinéa e que Enrico irá protegê-los.

Dulcinéa diz a Accalon que se eles forem embora, Falstaff irá caçá-los até o fim do mundo. Falstaff fica irado ao saber que Dulcinéa fugiu.

Otoniel revela a Selena que alguns homens da comitiva foram encontrados mortos. Selena chora e abraça o rei. Otoniel pede que Selena se torne sua aliada.

Nodier empurra Tácitus para dentro da masmorra. Enrico chega com Pietra na estalagem de Matriona e pede ajuda para escondê-la. Enrico deixa Pietra e explica que precisa voltar para o castelo Belaventura e ajudar Tácitus. Pietra agradece a Enrico e diz que aceita ser sua princesa.

* Sujeito à alteração de acordo com a edição dos capítulos.

  • Espalhe por aí:

Twitter

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!
Access log