R7 - Entretenimento

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Entretenimento/Bichos/Notícias

Icone de Bichos Bichos

publicado em 30/10/2010 às 08h20:

Adestrador ensina como educar
seu cão com inteligência e criatividade

Apostar em carinho e dedicação é um dos segredos para conquistar a confiança do bicho

Do R7*

Publicidade

O capixaba Tomás Szpigel descobriu que tinha vocação para treinar cães depois que conseguiu educar o seu primeiro filhote: Zeus. Empolgado, em 2004 criou um fórum na internet sobre discussão canina e há dez anos trocou a empresa de design gráfico para se dedicar exclusivamente à atividade de adestrador.

A nova profissão deu tão certo que, com base na experiência que conquistou na última década, Szpigel resolveu escrever um livro para ajudar quem tem vontade de ensinar seu cãozinho a se comportar bem usando a psicologia canina, sem apelar para punições severas nem violência. Assim surgiu Adestramento Natural (ed. Best Seller), que acaba de chegar às livrarias.

A ideia é que o leitor entenda como funciona a mente canina para, desta forma, conseguir adestrá-lo do modo mais natural possível. O primeiro passo, segundo o autor, é ser paciente e persistente. Isso pode ser uma tarefa difícil, já que cada cão tem personalidade diferente e, dependendo da raça, pode ser bastante agitado. Mas é imprescindível. 

E o escritor sabe muito bem do que está falando, já que divide sua casa, no Paraná, com as mascotes Fizban, Madonna, Cleópatra, Magali e Pandora - além da mulher, Michele.

Extremamente emocionais, esses animais têm necessidade constante de atenção e afeto. Eles gostam de se sentir valorizados e importantes, não é mesmo? Quem resolve ter um cão, portanto, deve saber que é preciso dedicar tempo ao companheiro. O difícil é saber amá-lo sem que isso interfira na educação. Szpigel afirma que é preciso ter consciência de que muitos problemas são causados pelo desequilíbrio de atitudes para qualquer um dos lados. Portanto, não mime o seu bichinho demais.

Para que o pet assimile qualquer significado de gesto ou palavra, basta ser coerente e preciso, porque, com algumas repetições, o cão já saberá o que seu dono quer comunicar. Além disso, procure sempre fazer com que o animal aprenda utilizando estímulos positivos, evitando sempre a agressividade e a violência. Isso só gera medo ou mais violência, e ambos causam inúmeros problemas difíceis de resolver.

Para completar, o especialista dá um recado que muita gente costuma esquecer: não adianta insistir no que não funciona nem se deixar levar pelas emoções. Há várias maneiras de adestrar que facilitam a vida daqueles que confundem amar muito com deixar o cão fazer o que quiser. Aprender e obedecer são duas coisas muito distintas e, na hora de se educar um cão, terão de ser tratadas separadamente.

* Colaborou Cecília Leite, estagiária do R7.

Veja Relacionados:  adestramento,cão,livro
adestramento  cão  livro 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping