R7 - Entretenimento

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

23 de Novembro de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Entretenimento/Bichos/Notícias

Icone de Bichos Bichos

publicado em 02/07/2012 às 17h30:

Fundador da UPA revela que Thiaguinho e sua
equipe não estão colaborando com as investigações

Assessoria do cantor afirmou que ele quer visitar a cadelinha e, se possível, adotá-la

Do R7*


Publicidade

Nesta segunda-feira (2) à tarde o fundador da UPA (União Protetora dos Animais), Feliciano Filho, convocou uma coletiva de imprensa para falar do polêmico caso envolvendo os funcionários da equipe do cantor Thiaguinho.

Integrantes da banda do pagodeiro foram acusados de acertar uma bomba em uma cachorra, antes da apresentação do artista na cidade de Sumaré, interior de São Paulo, na noite de sábado (30). 

A cachorrinha, que tem entre 3 e 5 anos de idade, e é cuidada pelos taxistas do ponto próximo ao local do crime, sofreu vários traumas e ferimentos. Ela quebrou a mandíbula, queimou o céu da boca e a língua, perdeu os dentes e estourou um dos tímpanos. Mesmo com os esforços do vice-presidente da UPA, César Rocha, a cadela vira-lata ficará surda.

A vira-lata passará por uma cirurgia amanhã, na tentativa de amenizar a destruição causada pela bomba.

Feliciano falou sobre as tentativas da polícia de esclarecer o caso, mas que a equipe do cantor Thiaguinho não está cooperando com a investigação.

— O delegado está tentando entrar em contato com a equipe para que eles forneçam o nome da pessoa que jogou a bomba. Se eles não responderem, serão convocados para prestar esclarecimento na delegacia, inclusive o Thiaguinho. Nós queremos comprovar que ele demitiu mesmo essa pessoa que cometeu o crime.

Thiaguinho anunciou em seu Twitter no domingo (1º), que demitiu o funcionário de sua equipe que jogou a bomba na cachorra e se disponibilizou a adotá-la

— Apesar de gostar muito desse funcionário, a atitude dele não me deu escolhas. Tive que demitir. Fiquei tão triste com o acontecido que quero adotar esse animal inocente... Caso ela já não tenha dono, e dar o suporte necessário.

O pagodeiro disse ainda que o funcionário garantiu que “não tinha intenção de machucar” a cachorra.

Em comunicado oficial, ele informou que a versão do agressor é de que ele teria comprado um artefato explosivo para as comemorações juninas.

Após ser jogada pela janela, a cachorra pegou a bomba, que explodiu em sua boca.

No entanto, Feliciano Filho disse que o cantor não se manifestou mais.

— Ele [o Thiaguinho] ficou de cobrir os custos necessários como a operação e tratamento da cadela e também disse que queria adotá-la por Twitter, mas até agora só vemos silêncio, omissão.

Uma coisa é certa, para a rua, a vira-lata não pode voltar. Mas mesmo se o músico não tiver interesse em adotar a cadela, já há uma lista grande de interessados.

— Ela jamais poderá ser uma cadela comunitária novamente por conta do ouvido danificado. Pode ser que ela não ouça o barulho de um carro e morra atropelada. Por isso, ela vai entrar no programa de adoção. Já tem bastante gente interessada.

O presidente da UPA ainda falou sobre o estado psicológico em que se encontra a cadelinha e afirmou acreditar em uma recuperação.

— Ela está traumatizada, abalada emocionalmente. Ela fica quietinha, só olhando, não se manifesta. Não consegue comer alimentos pastosos, às vezes fica só lambendo bolinhos de carne. A previsão é de que ela melhore sim. Entre 30 a 60 dias.

A assessoria do cantor Thiaguinho liberou um comunicado à imprensa no final da tarde dizendo que o músico está se organizando para, ainda essa semana, visitar o animal, assumir os custos do tratamento e, se possível, adotá-lo.

Sobre o ex-funcionário da equipe acusado de agredir o animal, a assessoria afirmou que ele irá se apresentar à polícia nesta terça-feira (3) para prestar esclarecimentos sobre o episódio.

*Colaborou Flávia Teles, estagiária do R7

E você, conhece bem o seu bichinho de estimação? Faça o teste!

 


Veja Relacionados:  Thiaguinho, cadela, bomba
Thiaguinho  cadela  bomba 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping