Entrevista com Berenice Lamonica #BereniceDay

bereniceday Entrevista com Berenice Lamonica #BereniceDay

Atendendo a pedidos, aqui vai novamente a entrevista que fiz com Berenice Lamonica, empresária que virou um dos mais famosos nomes das redes sociais brasileiras graças a um antigo vídeo de Leila Lopes, de cuja carreira cuidava.

Enjoy!

Berenica Lamonica fala sobre BereniceDay Entrevista com Berenice Lamonica #BereniceDay

A empresária que virou meme: primeira entrevista em que ela relembra o acidente

Berenice, segura! Nós vamos bater.

A frase acima se tornou popular após um vídeo em que a atriz Leila Lopes aparecia relatando um acidente de carro que sofreu com sua então agente, Berenice Lamonica.

Desde que as cenas estouraram, lá pelo ano de 2007, a empresária virou nome conhecido da turma das redes sociais, que comemora em 19 de dezembro (ou seja, hoje) o já tradicional #BereniceDay. A data foi escolhida porque no vídeo Leila conta que o acidente aconteceu em 19 de dezembro de 1999.

Berenice, 63 anos, mineira radicada em São Paulo que há 23 anos atua como empresária de artistas, tem entre seus clientes nomes famosos como Carlos Casagrande, Rita Guedes, Thierry Figueira, Luigi Barricelli e Monique Alfradique. Devido à frase de Leila, foi procurada muitas vezes para entrevistas, mas nunca topou falar sobre o assunto. Até agora, para sorte deste jornalista.

Alguém já deve ter contado a você que 19/12 é #BereniceDay nas redes sociais, não?
Não! Estou sabendo agora que você me contou.

Mas que o nome Berenice Lamonica é conhecido na internet você tem ciência.
Isso, sim. Como sou empresária e tenho um trabalho sério, tive receio que a brincadeira prejudicasse minha imagem. Mas depois concluí que não era o caso. Mas evito falar a respeito, fico quietinha para ver se passa. Agora vi que não vai mesmo passar, porque toda hora alguém se lembra disso, e decidi conversar com você.

Já ouviu alguém falar "Berenice, segura" sem saber que você é a pessoa que deu origem ao bordão?
Não exatamente. Na verdade, estava um dia na casa da Maria Maya, que é minha cliente, e um rapaz que me apresentaram perguntou se meu sobrenome era Lamonica. Daí ele fez questão de tirar foto comigo.

Leila Lopes Entrevista com Berenice Lamonica #BereniceDay

Leila, na entrevista: 19 de dezembro, dia do acidente, virou #BereniceDay

Posso pedir para você me contar como exatamente foi o acidente famoso com a Leila?
Era de tardezinha, estávamos conversando sobre cartões de natal, vendo para quem íamos mandar os nossos. De repente, o carro estava derrapando ou rodopiando.

E a hora do "Berenice, segura"?
Não lembro de ter ouvido isso, porque apaguei muito depressa.

Então, assim como a Leila conta no vídeo, você "nada mais se lembra?"
Acordei já num hospital em Guarulhos, com minha família perto de mim. E a imprensa alvoroçada atrás da Leila.

Você se lembra da sensação de rodar e rodar?
Não. A Leila deve ter demorado mais a perder os sentidos, porque na minha cabeça corta do momento dos cartões de Natal para o hospital. Mas a gente capotou, sim.

E estava mesmo um Sol azul, como contou a Leila?
Ah, azul deve ter sido confusão na hora que ela falou, vai. Devia querer dizer que o céu estava muito azul, porque isso estava mesmo. Era uma tarde muito linda.

Na entrevista, Leila diz que o carro que usava era bom e evitou que vocês morressem. Qual era o veículo?
Um Audi. A gente soube depois que havia óleo na pista e uma kombi com seis pessoas, ou oito, não lembro, derrapou no mesmo trecho da Dutra que nós.

Continuaram amigas após o acidente?
Acabamos deixando de ser próximas. Logo depois ela ficou um tempão lá no Rio Grande do Sul se recuperando. Consegui um papel para ela na Record, em "Marcas da Paixão". Depois, paramos de trabalhar juntas e nunca mais. Nem em eventos sociais. Soube pela mídia que ela fez teatro, pornô e, infelizmente, da morte dela.

Não tem ideia de que vídeo a gente está falando? É este:

Infelizmente, o fim da trajetória de Leila Lopes foi dos mais tristes.
Ela foi encontrada morta em seu apartamento em São Paulo, em dezembro de 2009, aos 50 anos.

OUTROS POSTS AQUI DO BLOG

+ Grazi Massafera rouba a cena em novela

+ Paulista ou Carioca?, com Fábio Porchat

+ Aja Naturalmente, com as estrelas do musical 'Wicked'

+ Revista de moda troca modelo humana por robô

+ Sabrina Sato e Duda Nagle dão dicas de namoro

+ Sarah Sheeva diz que não faz sexo há mais de 10 anos

http://r7.com/D4I0

Posts Relacionados

4 Comentários

"Entrevista com Berenice Lamonica #BereniceDay"

19 de December de 2016 às 11:18 - Postado por aleme

* preenchimento obrigatório



Digite o texto da imagem ao lado: *

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Comentários
  • Lady Màh
    - 21/12/2016 - 15:33

    Legal, mas alguém sabe quem é o jornalista que fez essa entrevista lendária com a Leila? De que programa era? Por onde anda?

    Responder
    • aleme
      - 21/12/16 - 18:56

      Boa pergunta. Não sei, não.

  • Natália
    - 21/12/2016 - 14:07

    Eu não consigo achar graça nesse vídeo por conta de toda a história trágica da Leila Lopes... Sei lá, ela já mostrava sinais de que não era uma pessoa equilibrada, que tinha diversos problemas e talz...

    Responder
  • Nelson
    - 20/12/2016 - 03:12

    Lembrar do fim da Leila Lopes sempre me deixa meio triste. Ela era péssima atriz, canastrona, mas se levava muito a sério, como se fosse a próxima Fernanda Montenegro, e por isso não tinha como a gente não amar. Dava vontade de dizer "miga sua loka, vem cá tomar uns bons drink pra eu te dar uns toques" hehehe. LL era gente como a gente, sofria de deprê e não segurou a onda de envelhecer, de não encontrar trabalho, de se perceber subcelebridade alvo de chacota. Uma pena. Mesmo. #RIPLL

    Responder