Tinariwen vem aí!


Quero acreditar que algum programador do SESC é leitor do blog.

Em julho de 2014, fiz um texto aqui sobre o grande guitarrista africano Bombino. Pouco mais de um ano depois, Bombino se apresentou no SESC Pinheiros.

Em fevereiro de 2015, escrevi que o Tinariwen, grande grupo Tuareg do Mali, faria shows no Chile e na Argentina, e lamentava o fato de nenhum promotor trazê-los ao Brasil. “Onde está o SESC nessas horas, não é mesmo?”, dizia o texto.

Demorou um pouco, mas alguém do SESC parece ter se mexido, já que o Tinariwen chega ao Brasil para três shows, dias 23 e 24 de março no SESC Vila Mariana, e dia 26 de março na Fundição Progresso, no Rio. Será a segunda passagem do grupo pelo Brasil, depois de uma turnê em 2011.

O Tinariwen, cujo nome quer dizer “desertos”, é uma banda de músicos Tuaregs do norte da África. O som mistura guitarras, percussão africana e ritmos árabes e norte-africanos. É uma música hipnotizante, quase um mantra, muito bonita e emotiva.

O grupo foi formado há mais de 30 anos e tem seis LPs de estúdio. O último, “Emmaar” (2014), foi o primeiro disco do Tinariwen gravado fora da África. Segundo o site da banda, os músicos tiveram de fugir do Mali depois de uma rebelião, na qual militantes islâmicos teriam sequestrado um integrante do grupo, e acabaram gravando nos Estados Unidos. O disco tem participação de alguns músicos americanos, como o atual guitarrista do Red Hot Chili Peppers, Josh Klinghoffer.

No fim de 2015, o Tinariwen lançou “Live in Paris 2014”, gravado ao vivo em Paris. O disco é absolutamente fantástico. Aqui vai “Tinde Final Tinariwen”, com a participação da cantora argelina Lalla Badi:

Nunca vi o Tinariwen ao vivo, mas a julgar por “Live in Paris 2014”, deve ser imperdível.

62 Comentários

"Tinariwen vem aí!"

1 de March de 2016 às 07:05 - Postado por André Barcinski

* preenchimento obrigatório



Digite o texto da imagem ao lado: *

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Comentários
  • Wagner
    - 02/03/2016 - 15:41

    Que legal que o Sesc tá trazendo esse pessoal, mas é meio pretensão achar que só vc tem internet né? O Bombino é notícia desde que o Dan Auerbach anunciou que ia produzir o disco dele, em 2012. E o Tinariwen, como vc mesmo disse, já tocou no Brasil (no Bourbon em SP) abrindo pro Aloe Blacc. E sim, o show é realmente imperdível!

    Responder
  • João de Barro
    - 02/03/2016 - 11:07

    Em 2001 vi o Luna no Sesc la onde teve o fim do mundo... 12 Dilmas paguei no ingresso...

    Responder
  • Luis
    - 01/03/2016 - 23:12

    Outro imperdível que vai rolar em SP é o Calexico, em junho.

    Responder
  • Ana Luisa
    - 01/03/2016 - 19:35

    Eu tenho em casa, na fila de leitura, um livro escrito pelo ex-empresário do Tinariwen. "Music, Culture and Conflict in Mali". Hoje descobri que ele tem também um site, www.andymorganwrites.com, com textos sobre política, cultura, estilo de vida e várias indicações de bandas e músicos africanos e asiáticos. Parece ser bem legal.

    Responder
  • 精神豚
    - 01/03/2016 - 19:08

    Ô SESC, traz o Leonard Cohen, Future Islands, The Who, Killing Joke e The Specials!

    Responder
  • Marcos Roberto dos Santos
    - 01/03/2016 - 18:27

    Barça, como a sua opinião tem relevância entre os programadores, por favor, faça uma matéria sobre o Tindersticks e o Sivert Høyem. Abraços.

    Responder
  • Max
    - 01/03/2016 - 16:03

    OT: vc falou do Oscar ontem e hj leio que a Kira do Black Flag trabalhou na equipe de som de Mad Max que ganhou dois prêmios! Sabia dessa? Olha só: http://caixapretaprp.blogspot.com.br/2016/02/um-oscar-para-kira-roessler-do-black.html

    Responder
  • Luiz Oliveira
    - 01/03/2016 - 15:45

    Aí Barça, acho que os caras do SESC estão querendo te ganhar. Na dúvida, recomenda um Tedeschi Trucks Band aí, blues/soul/rock de responsa, sem a menor chance de virem sozinhos ao Brasil ... OT: New Orleans Jazz & Heritage Festival - http://lineup.nojazzfest.com/ É festivalzão, mais o lineup é de fazer inveja a qualquer coisa que já passou por aqui hein? Imagina esperar o show do Neil Young curtindo um Julio Iglesias!

    Responder
  • Roberto
    - 01/03/2016 - 15:21

    Offtopic: André, li trechos da reportagem do NY Times sobre Elvie Thomas que você recomendou tempos atrás. Ficou sabendo que o Mack McCormick faleceu em novembro? A família dele ainda não sabe o que fará com o Monster, o arquivo que McCormick levou uma vida pra reunir... Fico imaginando se as tais fotos inéditas do Robert Johnson serão enfim reveladas...

    Responder
  • Vano Aguiar
    - 01/03/2016 - 15:06

    André escute esse blue,veja se Bombino não bebeu dessa fonte para fazer o seu som,tem a influência porem sem parecer uma mera copia. https://www.youtube.com/watch?v=K_DOnKJ232M&feature=share&list=RDjIBqKajPhyg&index=8

    Responder
1 2 3