“Tubarão”: do luxo ao lixo

O Telecine Cult exibe domingo uma sessão quádrupla bem divertida e que mostra como Hollywood é capaz de transformar tudo em estrume. O canal mostrará os quatro filmes da franquia “Tubarão”, iniciando às 13h45 com o clássico filme de Steven Spielberg lançado em 1975 e terminando às 20h15 com “Tubarão 4 – A Vingança” (1987), um abacaxi sem tamanho estrelado por Michael Caine.

O primeiro filme é excelente, um terror B que inaugurou a era dos “blockbusters” em Hollywood. Se quiser saber detalhes sobre as filmagens e o impacto do filme, sugiro a leitura de “Como a Geração Sexo, Drogas e Rock’n’Roll Salvou Hollywood”, de Peter Biskind.

“Tubarão 2”(1978) ainda contava com Roy Scheider no papel principal, mas Spielberg estava bem longe dali. O filme foi dirigido por Jeannot Szwarc e trouxe cenas hilariantes como essa:

Já “Tubarão 3” (1983) é tão ruim que chega a ser engraçado. Filmado em 3D, leva a ação para o parque Sea World, na Flórida. Vejam que cena antológica:

Finalmente, chegamos a “Tubarão 4 – A Vingança”, provavelmente a pior atuação de um grande ator em toda a história do cinema. Até hoje ninguém sabe se Michael Caine estava bêbado, sob efeito de remédios, ou se simplesmente ligou o “f*da-se”, embolsou o cachê e passou algumas semanas se divertindo. Algum espertalhão fez no Youtube uma coletânea dos melhores momentos do ator no filme:

Um maravilhoso fim de semana a todos.

63 Comentários

"“Tubarão”: do luxo ao lixo"

15 de January de 2016 às 07:05 - Postado por André Barcinski

* preenchimento obrigatório



Digite o texto da imagem ao lado: *

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Comentários
  • Flávio Guimarães
    - 18/01/2016 - 12:31

    Boa tarde, André. Show de texto. Gostaria de colocar um adendo curioso: Há alguns anos foi lançado para PS/2 um jogo divertidíssimo em que somos o tubarão e as missões são comer tudo o que há pela frente. rsrsrs Sacada genial, já que no fundo, quando vemos o filme torcemos secretamente pelo tubarão. rsrs Segue vídeo do game: https://www.youtube.com/watch?v=VPvEjrHYv6k [ ]s, F.

    Responder
  • Renato
    - 17/01/2016 - 14:50

    Viu Os oito odiados? Se resenhou deixa o link, por favor? Abraço

    Responder
  • Willian
    - 16/01/2016 - 02:43

    Acho que um aspecto cinematográfico importante e que fez o primeiro ser tão bom, sem dúvida alguma, foi a trilha magistral do mestre John Willians. Realmente André, os trechos no livro do Biskind sobre o primeiro Tubarão são hilariantes de tão bons, sempre que tenho um tempinho leio esse livro !!

    Responder
  • Marcelo B
    - 16/01/2016 - 01:33

    e o povo mata tubarões a torta e a direita no mundo, pro causa dessas obras!

    Responder
  • Henrique.
    - 16/01/2016 - 00:20

    Primeira vez que vejo o filme do Spielberg sendo taxado de filme B. Até pela sua importância, sempre achei que fosse classe A... por sinal, recomendo altamente o ótimo doc The Shark is Still Working. Mostra que até a cena em que o Quint arranha o quadro é cultuada.

    Responder
  • Tamir
    - 15/01/2016 - 22:51

    kkkk! Nossa, essa cena do Tubarão 3 é tão tosca que chega a ser engraçada mesmo!!! Não vi esse Tubarão 3, sabia que existia mas nunca tinha visto. De Tubarão apenas vi o primeiro (clássico) e o segundo.

    Responder
  • Bia
    - 15/01/2016 - 22:19

    O.t. E os indicados ao Oscar? Vai rolar um post?

    Responder
  • Anselmo Tadeu
    - 15/01/2016 - 17:05

    Como que eu faço pra pesquisar posts antigos aqui no blog?

    Responder
  • pabloREM
    - 15/01/2016 - 16:52

    Olha, se eu tivesse o Telecine Cult não perderia por nada, faz tempo que não vejo esses filmes. E é exatamente que o tipo de trash que eu gosto.

    Responder
  • Bia
    - 15/01/2016 - 16:44

    Lembro muito mais do Tubarão que não assisti. A primeira vez que passou na TV, meus pais não deixaram eu assistir, fiquei muito chateada, pois meus amiguinhos só falaram nisso por dias. Fui ver só lá pelos 13 ou 14 anos. Que trauma, hahaha! Depois revi o filme adulta e fiquei pensando que meus pais simplesmente não me deixariam assistir NADA dessas coisas que as crianças veem hoje...

    Responder
1 2 3 4 5