Publiquei ontem o post falando que homens que bebem cerveja são melhores na cama, segundo diferentes estudos, e um montão de mulheres me perguntou como a bebida pode também nos favorecer — ou se os benefícios são apenas para os marmanjos, mesmo.

Nada! De acordo com pesquisa realizada na Suécia e divulgada no começo deste mês, a cerveja faz bem ao coração feminino. Os dados mostram que mulheres que bebem até um litro de cerveja por semana têm até 30% menos chance de sofrerem um ataque cardíaco.

Porque cerveja é coisa de mulher, sim! icon smile Cerveja diminui o risco de infarto em mulheres
(Foto: Thinkstock)

A pesquisa, realizada pela University of Gothenburg, envolveu 32 anos de estudos e acompanhou 1.500 mulheres.

E atenção: os benefícios foram relacionados apenas ao consumo de cerveja, não de outras bebidas alcoólicas.

Para ler bebendo...

Na última sexta-feira (23), fui brindar o Brooklyn Day ao lado de Garrett Oliver, mestre-cervejeiro da Brooklyn Brewery, aqui em São Paulo. Provei duas cervejas que eu ainda não conhecia, as duas bem gostosas. Fica aqui de dica para vocês:

broo Cerveja diminui o risco de infarto em mulheres

Da esq. para a dir.: Brooklyn Half Ale e Brooklyn Oktoberfest
(Foto: Divulgação/ Brooklyn Brewery)

Brooklyn ½ Ale
Uma saison de 3,4% de graduação alcoólica. Cheirosa, cheirosa! Clarinha e bem carbonatada, apesar de não ser espumante – o que eu acho muito bom, na verdade. No sabor, bem adocicada em um primeiro momento, mas seca no retrogosto. Bem seca. Diferente.

Brooklyn Oktoberfest
É a Oktoberfest Märzen da Brooklyn. Graduação alcoólica de 5,5% e ótima “drinkabilidade” (fácil de beber). Baixo amargor e levemente adocicada no gosto. Refrescante! Vencedora medalha de ouro do prêmio de Melhor Cerveja do World Beer Championship em 2011 e 2010.

E essa sou eu tietando o Garrett na festa (segurando o símbolo da Brooklyn todo torto, rs):

garrett Cerveja diminui o risco de infarto em mulheresSegura o símbolo direito, menina!
(Foto: Arquivo pessoal)

http://r7.com/8p2E