Tudo começou na segunda-feira (7), quando a cervejaria Colorado divulgou o comercial de seu produto para a Copa do Mundo:  uma nova versão de sua pilsen, a Cauim, mas agora com lúpulos franceses — virou Cauim allez les Bleus.

A propaganda brinca com a fama das francesas de cultivarem seus pelinhos pelo corpo (especialmente nas axilas). O urso, símbolo da marca, foi cuidadosamente colocado embaixo dos braços de uma moça, transformando-se em uma porção de pelos compridos.

Muitas mulheres (e alguns homens também) não gostaram da gracinha. Acharam machista, já que reforça padrões de beleza impostos e reforçados diariamente pela mídia — afinal, o vídeo ridiculariza a mulher que vai contra esses paradigmas.

Assista à propaganda:


Na página da Colorado no Facebook, choveram comentários como:

“A velha história de diminuir um gênero em prol do que chamam de ‘humor’... E como toda propaganda de cerveja, escandalizando o moralismo de sempre para cima da mulher”

Ou ainda:

“Claro que tinha que usar mulher pra vender cerveja, né? Se não sabem vender por meio da sexualidade, vendem por meio da ridicularização de uma característica natural do corpo feminino. Tanto homem "urso" por aí, e vocês não pensaram em utilizá-los como exemplo?”

Foram mais de cem comentários no post que divulgou o vídeo, centenas de outros espalhados pela página. Muitos criticando o comercial.

Na noite desta quinta-feira (10), a Colorado divulgou um comunicado desculpando-se pela propaganda — mas também lamentando por quem não teve humor suficiente para compreendê-la.

Leia o texto (clique que aumenta):

Sem título Cervejaria pede desculpas após fazer piada sobre mulheres peludas

Sou mulher, consumidora de cerveja e sei que certamente não falo por nenhum grupo — nem tenho essa pretensão. Confesso que não me ofendi com o comercial, só achei bobo. Tenho sempre um tanto de preguiça com qualquer propaganda, especialmente de cerveja, que use o corpo feminino como objeto, seja ele sensual ou de ridicularização.

Mas é isso. Preguiça apenas. Podemos tão mais, não é?

Uma das minhas cervejas favoritas é a Appia, produzida pela Colorado. Acho que a cervejaria bem poderia ter passado sem essa.

O corpo feminino não pertence a ninguém, moças e moços. Somente à dona dele. Vamos poder rir mais desse corpo quando todo mundo tiver isso claro na cabeça. Hoje, pouca gente tem.

Quem ri agora, reforça estereótipos desnecessários. Faz gente atrasada achar que está com tudo...

Afinal de contas, o que vocês têm contra moças peludinhas? Tô lá em cima ostentando meu bigodão toda orgulhosa! icon smile Cervejaria pede desculpas após fazer piada sobre mulheres peludas

E vocês, discordam dessa blogueira? Opinem nos comentários.

Beijo.

http://r7.com/yydX