Duas notas velozes porque hoje o dia está uma correria só!

Das dez marcas mais valiosas da América Latina, cinco são de cerveja

É isso mesmo. O top 10 é dominado pelo mercado cervejeiro, segundo ranking divulgado pela WPP e Millward Brown. Quatro delas pertencentes a AB Imbev (Skol, Corona, Brahma e Modelo).

Acredite, o que impulsiona o desenvolvimento dessas marcas é o alto consumo de cerveja nos países latino-americanos.

O top 10 de marcas é formado por:

Skol – cerveja brasileira

Corona – cerveja mexicana

Telcel – telecomunicações

Bradesco – instituição financeira

Falabella – varejo

Televisa – telecomunicações

Itaú – instituição financeira

Brahma – cerveja brasileira

Aguilla – cerveja colombiana

Modelo – cerveja mexicana

Um dos destaques desse ranking é que a Skol virou a marca mais valiosa entre os países latino-americanos. O posto costumava ser da mexicana Corona.

A brasileira tem seu valor atual cotado em U$ 8,5 bilhões. A Corona, que estava na liderança há dois anos, caiu para segunda posição com valor de marca cotado em U$ 8,47 bilhões.

Tem lançamento da Brahma no mercado

Brahma em versão red lager, extra lager e weiss
(Foto: Divulgação)

Chega ao mercado ainda neste mês três novas edições da Brahma: Brahma Extra Lager, Weiss e Red Lager. O lançamento das bebidas está casado com uma série de programas especiais do reality show Masterchef, da Band, que está indo ao ar neste pós-temporada.

A ideia da marca com essas bebidas é atrair os consumidores apaixonados por cervejas, mas que gostam de variar os estilos – já que a Brahma trabalha fixamente apenas com pilsen e malzbier.

As bebidas já estão disponíveis no site do Empório da Cerveja.

http://r7.com/BD7Z