Na Rússia não há gays

russos Na Rússia não há gays

"Os russos estão chegando" kiakiakiá

O ridículo de regimes ou instituições conservadoras é que por mais que tentem não conseguem conservar nada.

Mais cedo ou mais tarde sua repressão cai, suas máscaras caem, seu poder se dissolve, e não conseguem parar o Mundo.

Mais cedo ou mais tarde o inconsciente vem à tona, explode em revolução, em evolução, em sua marcha natural e na mudança de paradigmas.

Foi assim na repressão de Roma aos cristãos; depois na proibição da comédia pela Igreja Católica (houve até um rei português no século 16 que proibiu a representação das comédias nos teatros); a repressão aos servos e burgueses na França industrial; a proibição do voto feminino; o divórcio; o aborto; e por aí vai... uma multidão de tentativas de reprimir o novo, o que emerge rompendo antigos paradigmas.

Assim acontece na Rússia de hoje. A Justiça de lá acaba de proibir as passeatas gays pelos próximos 100 anos. Isso mesmo: 100 anos.

Ou seja, só a partir de 2112 será possível pleitear licença para os gays de lá saírem às ruas em passeata.

Vejam: não é para saírem em passeata, é para terem o direito de pleitear a licença.

O ridículo desta situação é que ninguém sabe o que teremos daqui a cem anos: talvez nem exista mais a Humanidade, e, se existir, pode ser que homens estejam dando à luz; ou pode ser que a reprodução da espécie esteja se dando sem contato físico e nem sequer parceiro.

Ou mesmo que esteja tudo como hoje, tenho certeza de que mais uma vez o fantasma de Oscar Wilde estará gargalhando da caretice destas instituições.

Não se trata sequer de uma proibição apoiada em conceitos religiosos, ou culturais.

É pura e simples homofobia.

Entendo o que a Justiça russa deseja com isto: afirmar que na Rússia não há homossexuais. E, se há, não podem sair às ruas. kiakiakiá

Ridículo!

8 Comentários

"Na Rússia não há gays"

21 de August de 2012 às 06:38 - Postado por bemvindo

* preenchimento obrigatório



Digite o texto da imagem ao lado: *

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Comentários
  • "Edna,2
    - 24 de agosto de 2012 - 20:09

    "BEMVINDO",na Rússia realmente *NÃO* tem gays,tem VIADOS ENRRUSTIDOS que o *carinha da KGB que governa ops....que tomou de assalto a Rússia,a Rússia é dele e ninguem tasca,proibe qualquer manifestação contrária a opinião dele". "EU" tenho um profundo respeito em relação a opinião dos meus semelhantes,*MAS*... ou melhor *MENOS*...

    Responder
    • bemvindo
      - 26/08/12 - 14:34

      Abraços Edna. Grato por seu comentário.

  • bertoni
    - 22 de agosto de 2012 - 8:19

    Muitos dos brasileiros que moraram na Rússia acham que esta é a forma mais bizarra de incentivar a indústria moveleira. Imagine só quantos armários terão que produzir? Como disse em 1999 e repito agora. Putin é a junção do pior da URSS e o pior do Capitalismo. Mas parece que a grande maioria dos russos gosta disso!

    Responder
    • bemvindo
      - 22/08/12 - 11:05

      Bertoni, a Russia lamentavelmente transformou-se de vez no País das Máfia, da Corrupção e da Vodka. Trocou sua indpeendencia e socialização por um hamburguer. Um abraço.

1 2
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com