Dez Anos de Teatro e Cadeia 1966/1976

 

Um leitor deu a sugestão e acatei. Uma retrospectiva da minha carreira. 46 anos de profissão.  Não cabe tudo, afinal isto é só um blog, dividi por décadas. Hoje vou de 1966 a 1976. Perdoem meu cabotinismo. Amanhã volto ao normal, com os tópicos não personalistas do blog.kiakiakiá

 

1966 - Estreei em teatro com o espetáculo" Joana em flor e Outras Histórias" de Reinaldo jardim, Brecht e outros Poetas.  Estreamos no Rio e viajamos ao Nordeste. Na foto, tirada na beira da estrada em Milagres - BA, da esquerda para a direita: Lia Maria, Reynaldo Gonzaga, eu,Luis Guimarães e Gonzaguinha, foi a estréia dele  também. Um grupo de teatro da Ilha do Governador, Rio.

Grupo em Milagres 1 Joana 1001x1024 Dez Anos de Teatro e Cadeia 1966/1976

 

Cartaz da peça :

Cartaz de Joana em Flor 760x1024 Dez Anos de Teatro e Cadeia 1966/1976

 

E fomos todos presos como subversivos em Aracaju. kiakiakiá "Jornal do Brasil" publica a prisão. Na foto à esquerda Reynaldo Gonzaga, à direita,  Gonzaguinha, que naquele tempo se apresentava sob o nome de Gonzaga Jr..

Joana Jornal e Foto 2 768x1024 Dez Anos de Teatro e Cadeia 1966/1976

 

1970 - "O Assalto" de José Vicente, em tournée pelo Brasil. eu e Reynaldo Gonzaga. Mais uma vez presos, porque em plena Ditadura o produtor passou o seguinte telegrama para o produtor local na Paraíba: "Assalto em João Pessoa 5a feira. Chegaremos rodoviária terça feira...etc etc" Foi desembarcar e ir direto para o Exército. kiakiakiá

O Assalto foto 8 682x1024 Dez Anos de Teatro e Cadeia 1966/1976

 

1972 - Em Salvador, Teatro Vila Velha,  "Quincas Berro Dágua" de Jorge Amado, na foto eu, como "Curió"

Quincas foto 5 1024x724 Dez Anos de Teatro e Cadeia 1966/1976

 

 

Ainda em 1972 o sucesso do Cordel , na Bahia. Na foto com Haidyl Linhares, na história "A Mulher que Casou 18 vezes"

Cordel 18 vezes 1024x950 Dez Anos de Teatro e Cadeia 1966/1976

 

1973 - Teatro vila Velha, Bahia - "Os Sete Pecados Capitais" de Brecht, ao centro, de boa. kiakiakiá

Sete Pecados foto 2 726x1024 Dez Anos de Teatro e Cadeia 1966/1976

 

1975 - Em Paris e  na Europa, com o "Teatro de Cordel". Eu de cangaceiro(Lampião no Inferno) , e abaixo do palco -  o capetinha de bigode -  o colega Braulio Tavares.

nsaio de Cordel Nancy Dez Anos de Teatro e Cadeia 1966/1976

Dando pinta de cross dresser kiakiakiá nos palcos da Europa. kiakiakiá

Cordel França 1 718x1024 Dez Anos de Teatro e Cadeia 1966/1976

 

1976 - De arma em punho, em plena Ditadura, em  "Gracias a La Vida", adaptação de "La Revolucion" do venezuelano Isaac Chocrón.  Um travesti que pega em armas contra o sistema. Teatro Vila Velha, Salvador, Bahia. Grande sucesso. E mais tarde, em 1978,  outra prisão, em Brasilia,  com esta peça. Rendeu um processo de mais de um ano . Mais uma vez a acusação: subversão. kiakiakiá

 

Gracias 7 741x1024 Dez Anos de Teatro e Cadeia 1966/1976

 

 

 

Muita coisa mais rolou nestes dez primeiros anos (1966/1976) mas não caberia tudo neste post de hoje. Qualquer dia retorno com a Retrospectiva 02,  de 1977 a 1987.

Abraços.

2 Comentários

"Dez Anos de Teatro e Cadeia 1966/1976"

10 de November de 2012 às 06:32 - Postado por bemvindo

* preenchimento obrigatório



Digite o texto da imagem ao lado: *

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Comentários
  • maria de Fatima
    - 10 de novembro de 2012 - 10:57

    ...Recordar é viver, trecho de uma antiga música mto cantada até hj no carnaval do Pelo q não perco por nada... As fotos antigas em preto e branco são relíquias, q guardam bons momentos vividos. A Ditadura foi terrível, tenho cunhado q foi preso politico e é filho do saudoso Paulino VIeira ... visitava presos politicos no Forte de Stº Antonio e participei de movimentos estudantis... Chega!!! Se der asas vou longe..kkkk. Assisti novamente ontem o filme Gonzaga - de pai para filho, q maravilhosa homengaem ao velho Lua e ao genial Gonzaguinha. Bom fim de semana!! Sucesso Sempre.,!!!

    Responder
  • Janaina
    - 10 de novembro de 2012 - 10:10

    Bom Dia Bemvindo. Adorei teu post, parabens pelos 46 anos de profissão você merece todo prestigio, pelo seu talento e dedicação. As fotos também estão otimas Beijos e um otimo Sabado para ti

    Responder
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com