quibe Quibe Cru É Comigo Mesmo

Se a carne não estiver vermelha é porque está "vencida"

Descendente de árabes, um dos pratos que mais gosto é o quibenai, ou quibe cru como é chamado por aqui.

Facílimo de fazer, depende muito mais do dom das mãos que mnipulam os ingredietes do que de umna receita rígida.

Há quibes crus insuportáveis de serem saboreados, sobretudo os que ficam pastosos, moles, onde não se sente o trigo.

Isto se dá quando se amolece demais o trigo para quibes. OU quando se usa mais carne que  trigo.

É a ponta dos dedos quem determina a consistência do quibe cru.

Em certos restaurantes ee se apresenta com uma cor esmaecida. Est[a velho. O quibe cru deve estar vermelho como a  cor da carne moída.

Um prato que pode ser feito em menos de 15 minutos:

500 grs. de carne moída de primeira,sem gordura e sem pelancas.

Uma (ou mais)  xícara de trigo integral (para quibe),

Uma cebola cortada em fatias

Dentes de Alho ( se desejar)

Um ramo de Hortelã

Azeite de Oliva

Limão e Sal.

Não é preciso deixar o trigo de molho como faziam meus avós e pais, basta  dar uma fervura rápida nele. Ele crescerá de tamanho e manterá uma consistência crocante se não deixar ferver demais.

Em seguida escorra com água fria numa peneira, seque ao máximo,  e com as mãos misture com a carne moída de primeira.

A da avez vai sentindo a tessitura que deseja, se mais pastoso ou mais crocante.

Eu gosto mais crocante, mais seco, menos pastoso.

E pode acrescentar mais trigo até atingir um equilíbrio entre a carne e ele.

Acrescente sal a gosto, e pra quem curte, misture uns quatro dentes de alho amassados.

Está pronto.

Leve à mesa com a cebola e as folhas de hortelá. Azeite e limão.

São os condimentos que você vai usar na quantidade que desejar.

Se encontrar, polvilhe pimenta árabe sobre sua porção.

Acompanha pão árabe e coalhada seca.

http://r7.com/PGcl