Bem e Adriane2 Adriane Galisteu me Apresentou a SP

Com esta guia maravilhosa aprendi a amar São Paulo

 

Ontem foi aniversário da Cidade de São Paulo.

Feriadão. Emendou com o fim de semana.

Podiam seus fundadores em 1554 imaginar que seria esta megalópole de hoje?

Amo São Paulo, tenho prazer de ir a São Paulo.

A letra de Caetano expressa bem o mesmo que se deu comigo nas primeiras vezes que fui a São Paulo:

- “...É que quando eu cheguei por aqui eu nada entendia...”

A primeira, em 1968.

Fui trabalhar como programador Cobol no Banco Português do Brasil. Muito chato. Eu, alma de  artista, não tinha nada a ver com aquilo. Em poucos meses deixei o Banco e junto com o pintor primitivo Waldomiro de Deus criamos o movimento beatnik no Brasil. Depois de escandalizarmos a chique Rua Augusta de então, com a nossa “rebeldia”, íamos dormír ao relento,  naquela pracinha da Biblioteca, em frente ao antigo “Estadão”.  Eu era chamado de “Poeta”, porque subia nos latões de lixo da Augusta e declamava poesias na madrugada. Quando a polícia nos perseguiu demais saímos de lá e viemos para o Rio.

Fim da minha vida de beatnik. (Risos irônicos).

A segunda vez em 1984, minha primeira apresentação teatral em São Paulo. Solidão muito grande. O peso da Cidade me esmagava. E o mesmo sentimento terrível de nada entender...

Mas eis que afinal, levado pelas mãos gloriosas de Bibi Ferreira, tive por guia da cidade a gentil, elegante e bela,   Adriane Galisteu.

Estreamos no Teatro Sérgio Cardoso, em 1999 com a peça “Deus Lhe Pague”.

Aí, através de Adriane, entendi São Paulo. Aí passei a amar São Paulo. A curtir São Paulo.

Mas com uma guia como esta tudo na vida fica claro e luminoso. (Risos iluminados).

Meu fascínio por São Paulo aumentou ao morar na cidade durante um ano gravando a novela “Cidadão Brasileiro” pela Record.

De lá pra cá “Alguma coisa acontece no meu coração...” cada vez que vou a São Paulo, quer a lazer, quer a trabalho.

Meus amigos paulistas - sem demérito com os demais amigos que tenho por todo o Brasil - confirmam a fama de fidelidade e gentileza nas amizades. Paulista custa a fazer amizade, mas quando faz é profunda e sincera.

Aos meus amigos paulistanos mando nesta data meu abraço apertado.

À nossa São Paulo os meus parabéns !!! Vida longa e próspera!!!

Non ducor duco.

 

Deus Lhe pague foto 1 Adriane Galisteu me Apresentou a SP

Com Adriane em "Deus Lhe Pague" - SP - 1999

 

http://r7.com/Lyfu