Posts de 3 de fevereiro de 2013

O Gordo e o Magro nas Matinês de Domingo

magro O Gordo e o Magro nas Matinês de Domingo

Stan armando pra cima de Oliver...

Oh! que saudades que tenho Da aurora da minha vida, Da minha infância querida Que os anos não trazem mais! (Casimiro de Abreu)

 

Domingo era dia de matinê nos cinemas. Geralmente às 10 horas da manhã. Dava pras crianças irem ao cinema enquanto a mãezona preparava a macarronada domingueira. O ajantarado.

Com que alegria víamos projetados  entre tantos outros,  Tom e Jerry...Durango Kid...Os Três Patetas...Carlitos...e o Gordo o Magro!

Era a época em que as pessoas podiam ser magras ou gordas sem serem policiadas ou sofrerem bullying.

Pois hoje  a memória me traz Stan Laurel.

Poucos podem associar o nome à figura. Trata-se do "magro" de "O Gordo e o Magro".

Faleceu em 03 de fevereiro de 1965.

Deliciava-me com suas comédias. Inglês de nascimento fez-se profissional no teatro de pantomimas e no cinema mudo.

Portanto não poderia ser de outra forma que atuou em todos os seus filmes: com mímicas e pantomimas.

Ele era sempre o que aprontava com o Gordo. O que apanhava do Gordo. Era o pierrô e o arlequim.

Por encarnar estes dois arquétipos ele foi muito importante para o nosso imaginário.

Por algumas vezes trabalhou como standing de Charlie Chaplin no teatro de variedades em que se apresentavam.

Estrelou quase duzentos filmes, entre curtas e longa metragens.

Faleceu com 75 anos, vítima de um enfarte. Quase dez anos após a morte de seu parceiro Oliver Hardy - o Gordo.

Em 1961, Stan recebeu um Oscar especial da Academia por seu "pioneirismo criativo no campo da comédia cinematográfica".

 

 

Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com