Alienado ou Maluco?

 

images Alienado ou Maluco?

Vale a leitura do Mestre Machado de Assis

 

O grande Maestro Ernesto Nazareth faleceu na data de hoje em 1934. Alienado, acometido pela sífilis, fugiu do hospício onde estava internado, embrenhou-se na mata e sem ter noção de onde estava acabou morrendo afogado.

Minha personagem na próxima novela "Dona Xepa" toca cavaquinho e é dono de uma casa noturna especializada em "chorinho". Pesquisando o universo da personagem redescobri a figura do grande Maestro que morreu louco, e que em 1930 gravou Apanhei-te, Cavaquinho, primeira música a ser apresentada sob a denominação de choro.

Tocado pela trágica história de Ernesto Nazareth parei a pesquisa e por um tempo passei a meditar sobre a loucura e a alienação.

Segundo o Dicionário Houaiss "alienado" é o ato de perder, de ceder, de não possuir mais um direito. Ainda no Houaiss encontramos "alienado" como sinônimo de "maluco", "fora da realidade". O caso do Maestro.

Para Marx alienação é o processo em que o ser humano se afasta de sua real natureza, torna-se estranho a si mesmo na medida em que já não controla sua atividade essencial, as suas obras, pois os frutos que produz passam a ser estranhos à sua existência e contrários aos seus interesses.

Para Sartre, alienação é a distância que existe entre a palavra e o ato. Entre o que falamos e o que fazemos.

Para Freud o conceito de alienação não caberia neste post, porque não é tão simples apenas dizer que para ele toda socialização é alienação do eu primordial, inconsciente,  libidinal.

Para os hindus a realidade é "maya", ou seja é falsa. O que vemos não seria o real. O que tornaria os nossos sentidos alienados.

Também para os hindus o espírito apaixonou-se pela carne e perdeu-se ao encarnar-se.

Respeitadas as diferenças de crenças, não deixa de fazer sentido, pois o princípio de toda carne é o ego. Que traz o egoismo, a vaidade.

Traz uma visão de mundo própria a cada um de nós. Traz a cada um de nós uma visão deturpada de quem somos, para o bem ou para o mal. Para orgulho e auto-estima ou para depressão e humilhação.

Em 47 anos de profissão encontrei miríades de artistas,  por exemplo, que sempre acham que são melhores do que realmente o são.

Outros sempre se acham aquém do que na verdade mereciam receber. Acham que podem ter mais e  melhor, que não estão sendo justiçados...e assim procede  a maioria dos seres humanos.

Por vaidade e egoísmo da carne achamos ser o que não exatamente somos.

Por fim uma frase encerrou minha meditação e levou-me a este post  de agora, porque  em carta escrita aos Efésios, o Apóstolo Paulo, um ex-soldado romano e não um filósofo por formação,  já definia o conceito de alienação há dois mil anos ao escrever:

 "Aquele que crê ser alguma coisa , não sendo nada, engana-se a  si mesmo."

2 Comentários

"Alienado ou Maluco?"

4 de February de 2013 às 06:09 - Postado por bemvindo

* preenchimento obrigatório



Digite o texto da imagem ao lado: *

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Comentários
  • Maria de Fátima
    - 4 de fevereiro de 2013 - 10:29

    Bemvindo seu comentário de hj fala uma realidade, vivida e presenciada por mtos. Me lembrei até de um verso da musica, Canto de Ossanha, q diz: O homem q é homem não é, pq quem é mesmo é não sou ".. não sei pq mas achei parecido com quem vc falou. Tem gente que sofre da síndrome de SISSE, se acha..kkk. Vou ficando por aqui. Um abraço, cheio de dengos e axé para vc e sua querida Doia. Inté. Aplausos e sucesso sempre..!!!

    Responder
  • Janaina
    - 4 de fevereiro de 2013 - 8:57

    Bom Dia Bemvindo Seu texto está otimo. Uma Segunda maravilhosa para voce e sua familia. Beijos

    Responder
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com