O Pão de Cada Dia

trem O Pão de Cada Dia

Uma nota no jornal me chama a atenção.

Quando murmurarmos sobre o  trabalho que temos que realizar para ganhar o pão nosso de cada dia,  pensemos no trabalho que outros realizam e veremos que o nosso talvez seja  até mais agradáve e leve.

A nota do jornal refere-se á condenação de uma empresa pelo TST que foi obrigada  a indenizar um maquinista que era obrigado a conzuir sózinho uma locomotiva durante oito horas seguidas.

Ele não podia parar o trem nem para suas refeições ou sequer para suas necessidades fisiológicas.

Não havia previsão de paradas. Oito horas seguidas. Sem substituto, sem auxiliar.

Além disso a cada 45 segundos ele tinha que pressionar um pedal, que fazia parte do sistrema de segurança da locomotiva, o que o obrigava a ficar sempre de pé junto ao painel de comando.

Trabalhou assim durante 15 anos.

Vida que segue.

jor 0011 647x1024 O Pão de Cada Dia

Comente

"O Pão de Cada Dia"

18 de February de 2013 às 06:08 - Postado por bemvindo

* preenchimento obrigatório



Digite o texto da imagem ao lado: *

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com