salgueiro Eleição é Igual Escola de Samba: Ganha se  no Erro do Outro

 

Neste domingo o Rio de Janeiro vai votar no segundo turno para Prefeito, a menos que algo muito negativo e escandaloso aconteça pelos lados da candidatura de Marcelo Crivella tudo indica que  ele já será eleito Prefeito do Rio de Janeiro.

O que para muitos seria uma contradição já que o Rio, cidade leviana,  diversa e informal elegeria um rígido religioso,  no dizer de alguns,  para comandar os destinos da urbis.

A meu ver contribui e muito para uma possível  vitória de Crivella não apenas os 33 % do eleitorado evangélico da Cidade. Em outras ocasiões eleitorais já haviam os 33 por cento e Crivella foi derrotado.

Então qual a  causa de sua hegemonia neste momento?

O erra do adversário.

Quando julgamos Escolas de Samba – e fui julgador por 14 anos – aprendemos que todas as Escolas entram na Avenida com a nota máxima: 10, e vão perdendo pontos no decorrer do desfile devidos a seus erros. Ganha não a melhor, a que mais empolga, mas a que cometeu menos erros.

A meu ver o grande erro do PSOL no Rio de Janeiro foi o purismo; foi evitar a política de alianças. Repudiou até mesmo correntes co-irmãs como o PT, o PCdoB, Lula e Dilma. E se não repudiou abertamente siglas  e pessoas, tratou com descortesia e indiferença o apoio que recebia destas correntes. Apoios e busca de alianças com o Centro político, menos ainda.

Enquanto Crivella diz que todo voto é bem recebido, Freixo seleciona os eleitores.

Com pouca prenetração nas Zonas Norte e Oeste da cidade, onde reside a maioria da população de baixa renda, receberá os votos da Zona Sul – de maior poder aquisitivo -  e de micro regiões isoladas. De quebra, pra complicar ainda mais sua situação acabou recebendo indiretamente o apoio da Veja e da Globo, quando o povo do Rio apendeu com  Brizola: para onde for a Rede Globo, vá para o outro lado,

Ninguém ganha Eleição no Brasil sem um amplo leque de Centro Esquerda. A própria Frente ampla do Uruguai mantém-se há anos no poder com este tipo de aliança.

Lamentavelmente para o eleitorado de esquerda o PSOL entrou na Avenida perdendo pontos num dos quesitos mais importantes:  Conjunto.

http://r7.com/Qg1M