“Quem Gosta de Velho é Farmácia”

 

young Quem Gosta de Velho é Farmácia

"A juventude é passageira, a velhice, permanente" Bibi Ferreira, atriz, 92 anos.

 

Leio no jornal que uma psicóloga inicia tese sobre o por quê do preconceito com idosos.

Não precisa ir muito longe, não,  doutora.

A maioria absoluta dos comerciais de tv faz a apologia dos jovens. Idosos só aparecem em propaganda de dentadura e em planos de previdência privada. Às vezes de funerária.

Os programas são feitos com jovens para jovens.

O que é uma forçação de barra. Agora mesmo na entrega dos Oscar os idosos tiveram papel preponderante, embora a sociedade jovem e “sadia” seja fruto da massificação e consumo que vem dos EEUU.

A nossa sociedade do espetáculo, da saúde perfeita, do corpo perfeito, e da juventude que consome tudo,  reduz a questão da terceira idade a uma frase conhecida: “Quem gosta de velho é farmácia.”.

Mas não é bem assim. A coisa está pior. A tal psicóloga está preocupada porque no BBB os jovens estão chamando de velha uma participante de 50 anos, e até um outro de 43 anos é chamado de velho.

Idosos,  se unidos,  podem decidir eleições. No Brasil de hoje são 22 milhões de idosos, em 25 anos serão sessenta milhões. E aí, como fica? Matam-se os velhos?

Você acha ou já achou que seria eternamente jovem?

  • Sim
  • Não
  • Tenmho certeza de que serei sempre jovem

Comer ou Não Comer, Eis a Questão

 

schwa1 Comer ou Não Comer, Eis a Questão

Na juventude queria ser como Schwazeneger, os anos passaram e acho que agora consegui (risos)

 

Quando eu era jovem era bem magro. Muito magro. Comia e não engordava. E queria ser mais forte, ter mais massa corporal. Não houve jeito,  era do meu metabolismo.

Passados os anos mudou meu metabolismo. Deixei de fumar e engordei em meses doze quilos. Resultado: tornei-me diabético.

De lá pra cá a luta é para  emagrecer. Que ironia: metade da minha vida querendo engordar, e a outra metade querendo emagrecer... E como é difícil emagrecer...parece-me que basta dizer: - “Não pode comer isso ou aquilo. Não pode comer mais ...” aí é que dá mais vontade de comer de tudo que é indevido, de  comer mais e  mais, sobretudo  quando bate a tal fome noturna, o assalto à geladeira

E nessa distração entre engordar e emagrecer, a vida passa e quando você vê tanto fez como tanto faz - magro ou gordo, - porque  de todo jeito a História chegará ao fim, e você acabou se  transformado num aplicativo de tablet  em busca de metas.

E então: Viver feliz e despreocupado,  irresponsavelmente comendo  o que quiser, ou  passar o resto do tempo que resta  se torturando entre a balança e as dietas?

Você é daquelas pessoas que passam o dia contando carbohidratos e calorias?

  • Sim
  • Não

Vocação e Perseverança, Palavras a Jovens Atores

groucho Vocação e Perseverança, Palavras a Jovens Atores

Um dos maiores comediantes de todos os tempos, Groucho Marx

O post de hoje é sobretudo para os que escolheram a profissão de ator. Mas serve também para todos os jovens vocacionados em início de suas carreiras.

O genial ator e comediante Groucho Marx conta uma coisa interessante: estava em cartaz com uma comédia, ganhando dois mil dólares por semana. Teatro lotado, sucesso... quando entra eu seu camarim ao final um amigo de infância.

Groucho tenta saber o que ele achou do espetáculo, mas o tal de Leonard – era seu nome – todo vaidoso, só lhe dizia que agora era advogado formado e que ganhava cem dólares por semana. Uma fortuna!

Mas Groucho insistia em saber se ele havia se divertido.

-Sim, me diverti muito. Mas vou lhe dizer uma coisa: Vi você esta noite, você está com 35 anos e fica em cima daquele palco fazendo-se de bobo. Quando vejo um cara como você, com 35 anos pulando sobre os móveis, dançando como um maníaco... fico chateado. Você é um rapaz inteligente. Porque não se dedica a algo útil? Poderia tornar-se um negociante, - um médico ou quem sabe um advogado como eu. Não seria melhor do que ficar se fazendo de bobo na frente de milhares de pessoas?

Groucho respondeu:

- Você não sabe o bem que suas palavras me fizeram. Assim que terminar esta temporada vou seguir seu conselho, abandonar a carreira e conseguir um trabalho. Cem dólares por semana me parecem uma boa grana. Fiquei muito feliz por você ter vindo aqui esta noite. Esta conversa me serviu de inspiração.

Continua Groucho: Então apertei a mão do imbecil e ele foi embora.

Quantos jovens atores já não ouviram coisas parecidas, mesmo que ainda não estejam ganhando dois mil dólares por semana?

Já passou por situação parecida?

  • Sim
  • Não

Tudo Foram Flores no Carnaval Que Passou

 

Passamos nosso carnaval, minha mulher e eu, recolhidos num hotel em Minas Gerais.

Foram oito dias de descanso, meditação e lazer.

Um dos prazeres era passear pelo bosque das imediações e fotografar flores. Amo flores.

Armado com meu celular flagrei este mundo maravilhoso.

flor2 300x225 Tudo Foram  Flores no Carnaval Que Passou

Caídas no solo lembram  Van Gogh...

 

flor31 300x225 Tudo Foram  Flores no Carnaval Que Passou

A "árvore mãe" das flores acima

 

margari 300x240 Tudo Foram  Flores no Carnaval Que Passou

 

flor6 300x300 Tudo Foram  Flores no Carnaval Que Passou

Contraste das touceiras floridas...

 

flor1 300x225 Tudo Foram  Flores no Carnaval Que Passou

Você gosta de flores?

  • Muito
  • POuco
  • Não

A Ilusão do Corpo Perfeito

corpo A Ilusão do Corpo Perfeito

Quem dita o que que é um corpo perfeito?

A questão não é ter um corpo perfeito, mas um corpo sadio.

E um corpo sadio tem que ser sadio ptincipalmente por dentro, mas suas funções. Os órgãos funcionando bem, nos limites de cada idade, etc. etc..

Mas a ilusão narcísica de que um “corpo perfeito” ditado por conceitos temporais , e a permanência da beleza e da eterna saúde,  leva quem não tem a cabeça perfeita a sequer conhecer sua essência, sua existência. A pessoa passa o dia malhando e tomando os sucos mais sem gosto do mundo,  e até  comendo alpiste se disserem que isso leva ao “corpo perfeito”. Se entope de botox e silicone; experimenta todas as dietas e condutas que "magos da estética"prometem fazer milagres...

No mais das vezes homens e mulheres que se deixam levar pelo conceito do “corpo perfeito”,  quando não são ”perfeitos” entram em depressão e inconformismo com seu ser e estar no mundo.

Outro dia mesmo uma psicóloga aconselhava às moçoilas que tivessem cuidado ao se apaixonaram por rapazes com barrigas de tanquinho. Dizia ela que eles são egoístas, individualistas e deficientes amorosos. Que os homens têm que ter ao menos uma pequena barriguinha fofa.

Será?

Concorda com a psicóloga sobre a barriga de tanquinhol?

  • Sim
  • Não

 

Ditador da Guiné Atirou no Que Viu E Acertou no Que Não Viu

 

guine21 300x214 Ditador da Guiné Atirou no Que Viu E Acertou no Que Não Viu

Quem diria que por trás deste semblante austero existe um alegre folião?

 

Diz o dito popular que “Deus escreve certo por linhas tortas”.

Eu nem sabia que havia uma tal Guiné Equatorial.

E em existindo, nem sabia que é rica em petróleo...

...Que apesar dessa riqueza seu povo vive na miséria e na pobreza.

Que a taxa de mortalidade infantil lá é de 72 por 1000.

Menos sabia ainda que se tratava de um País sob uma ditadura há 35 anos.

Não sabia que o Vice-Presidente era um playboy filho do Ditador.

A Beija Flor levou todos nós a sabermos disso.

A Escola ganhou o Desfile, e a opressão na Guiné Equatorial ganhou o noticiário.

Sem saber, o Ditador da Guiné atirou no que viu e acertou no que não viu. Ponto para a democracia.

Ditador há tanto tempo esqueceu   que a luta pela liberdade passa pela informação.

Antes deste carnaval você já tinha ouvido falar da Guiné Equatorial?

  • Sim
  • Não

 

É Carnaval, Volto Sexta Dia 20

Canpanha da Kombi 1 É Carnaval, Volto  Sexta Dia 20

Eu ,a Praça e o Poeta Castro Alves. Carnaval da Bahia, 1977

 

Sempre fui um folião, desde criança. 

Minha mãe me fantasiava e meu pai promovia bailes na pequena cidade de Faria Lemos, MG, onde morávamos.

Os bailes terminavam com retreta na rua, com direito a alvorada no coreto e  tudo mais.

Na minha juventude, na Ilha do Governador, já no Rio,  brinquei muito no bloco do Boi e dei uma força para  refundar a União da Ilha.

Depois, a Bahia!!! Esbaldei-me atrás dos trios, sobretudo atrás de Dodô e Osmar!

Promovi bailes carnavalescos...enfim, no  tempo devido  diverti-me muito.

Mas o tempo passa e pra mim chegou o tempo da meditação e do recolhimento durante o reinado de Momo.

Não há idade para isso. Há o Tempo.

Então hoje entro em pequenas férias por conta do Carnaval.

Há muito deixei de festejá-lo.

Aproveitarei estes dias para descansar.

Desejo a todos um bom feriadão e aos que gostam, um bom carnaval.

Durante o recesso posso não postar neste blog , como faço todos os dias, mas volto à publicação diária na próxima sexta-feira, dia 20.

Abraços

Você é carnavalesco?

  • Sim
  • Não

Você É Supersticioso? Hoje é Sexta-Feira, 13

 

cat Você É Supersticioso? Hoje é Sexta Feira, 13

Até o belo gato leva culpa pelo misticismo alheio

 

A superstição pertence ao reino mágico da infância que se estende ao adulto.

A mente infantil - e não infantilizada - cria mitos e magias, atos repetitivos como um ritual...tudo alimentando fantasias que no mais das vezes atravessam gerações.

Trata-se de uma crença que leva a criar falsas obrigações, a temer coisas inócuas, a depositar confiança em coisas absurdas, sem nenhuma relação racional entre os fatos e as supostas causas a eles associadas.

Por exemplo, hoje para muitos é um dia de azar: sexta-feira, 13.

Mesmo nos Estados Unidos que são altamente desenvolvidos ,  ainda assim a superstição chega ao ponto de muitos edifícios não possuirem o 13º andar. Pula-se o 12º para o 14º .

O que é na verdade uma bobagem, porque contados os andares é claro que o 14º é de fato o 13º. Mas a supsertstição fala mais forte.

E você sabe de onde vem esta fama de azarenta da sexta feira, 13?

Justamente porque numa sexta-feira, dia 13, do ano de 1307 a Ordem dos Cavaleiros Templários - a Ordem do Templo - foi acusada de traição à Igreja Católica , pelo Papa Clemente V, sob pressão do Rei da França Philip IV, que mandou para a prisão os seus membros, nomeadamente o seu grão-mestre.

Este evento teria dado origem à superstição do azar numa sexta-feira, 13.

Azar mesmo foi dos Cavaleiros, porque eram muito ricos. A Ordem tinha muito ouro, jóias, pedras preciosas, relíquias e dinheiro. Com a dissolução e as prisões todo esse tesouro foi literalmente papado pelo papado.

Portanto amigo, só se você tiver muito ouro, joias, pedras precisosas... deve temer por sua sorte numa sexta feira, 13. Que segundo a margem de erro pode ser numa quinta feira, 12, ou num sábado ,14.(risos)

Você dá crédito a superstições?

  • Sim
  • Não

O Quênia Proíbe “50 Tons de Cinza” Que Brasil Assiste Hoje

 

xenia O Quênia Proíbe 50 Tons de Cinza Que Brasil Assiste Hoje

"50 T0ns de Cinza"...nem a cores  quero ver...

 

Havia uma apresentadora de Tv por nome Xênia. Fez muito sucesso na década de 80, e hoje, jornalista ainda ativa nos seus 80 anos  , escreve na revista Ana Maria.

Mas e o Quênia? Seria irmão, pai... parente de Xênia?

Não, o Quênia é um país da África espremido no meio da miséria da Somália, do Sudão do Sul e da Etiópia. Ele mesmo, que tem Nairóbi como capital, e safaris e a agricultura são sua principal fonte de renda.

Pois não é que o Quênia acaba de proibir a exibição lá de “50 Tons de Cinza”? A alegação é de material pornográfico. O filme que como o livro é a cara do nada. A não ser por seu erotismo açucarado na medida certa para agradar leves sonhadoras.

Pra Hollywood a proibição no Quênia nem de longe ameaça à economia do mercado de cinema. Aliás, o Quênia pode fazer o que quiser que o Mundo continua o mesmo.

Já vimos aqui mesmo no Brasil muitas proibições de filmes: “Je Vous Salue Marie”; “Emannuelle” e vai por aí. Depois de liberados o Brasil continuou o mesmo e os valores da nossa sociedade continuam sendo ditados pela vontade dos nossos cidadãos, e a julgar pelos fatos e atos temos valores bem conservadores.

O mesmo deve ocorrer no Quênia, um país cristão conservador. Um filme não muda em nada a mentalidade de uma sociedade se ela não desejar a mudança. E se ela desejar a mudança não há de ser qualquer Conselho de Censura que irá impedir. Ainda mais num país que lembra nome de apresentadora de TV.

Aqui no Brasil o filme será lançado hoje. Confesso que nem li o livro e nem sequer desejo ver o filme. Mas, sempre haverá quem goste, e gosto não se discute.

Em tempo: gostava de assistir o programa da Xênia, a cores, sem tons de cinza.

Você leu “50 Tons de Cinza”?

  • sim
  • não

Othon Bastos e a A Vitalidade dos Atores Veteranos

 

 

othon2 Othon  Bastos e a A Vitalidade dos Atores  Veteranos

Othon, aos 30 anos ,  no clássico filme de Glauber Rocha "Deus e o Diabo na Terra do Sol" - 1964

Jogador de futebol depois dos 35 anos sai fora de campo; bailarinos conseguem chegar um pouquinho mais longe; o mercado de trabalho fecha-se para muitas profissões depois dos 45 anos.

Entretanto a profissão de ator (atriz) vai além, muito além.  Veteranos atores não são descartáveis no mercado. Ao contrário, quanto mais velhos melhores. Como os bons vinhos.

Escrevo isto relembrando o meu amigo e conterrâneo Othon Bastos, 81 anos. Sucesso com a belíssima intepretação da sua personagem na novela atual da “platinada”.

O grande sucesso de Lima Duarte deu-se aos 45 anos, com “Sinhozinho Malta”, aos 24 anos de profissão, embora Lima tenha sido um dos fundadores da tv no Brasil, e esteja  até hoje na ativa.

Paulo Gracindo explodiu com Odorico, o Bem Amado já idoso, com 69 anos, e trabalhou em novelas até os 82 anos.

Fernanda Montenegro, 82 anos, dá shows e mais shows de interpretação.

Bibi Ferreira, 92 anos, é outro exemplo.

Selma Lopes, aos 87 anos dá aulas de dublagem e trabalha em cena com graça e leveza. Viaja este mês para filmar em Miami.

Bertha Loran, apenas agora, aos 86 anos, retirou-se do trabalho.

Nicete Bruno (82) , Natalia Thimberg (84), Eva Wilma (80) , Ary Fontoura (82), e o próprio Paulo Goulart - recentemente falecido, que trabalhou até os 81 anos.

Poderia continuar citando muitos outros brasileiros das artes cênicas, sem citar sequer nos estrangeiros, como Anthony Hopkins, Morgan Freeman, e centenas de outros.

Numa sociedade onde o corpinho sarado, a cabeça vazia, e a beleza padronizada são o que há, os velhos atores criam embaraço aos cultos narcísicos da sociedade de consumo.

othon31 Othon  Bastos e a A Vitalidade dos Atores  Veteranos

Othon, sucesso aos 81 anos

 

Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com