Quando estamos na beira do abismo prestes a perder a fé no ser humano e no nosso país, tem sempre aquele vagalume no breu pra nós dar alento e esperança. Juliana Teixeira, Paula Goja, Leyla Abrantes e Helio Velloso - os vagalumes do momento que idealizaram o Circuito Cine Curta.

De 7/8 a 11/9 o Circuito Cine Curta leva a magia do cinema para a sala de aula. Trata-se de  uma iniciativa de sucesso, que une educação a cultura em 20 escolas públicas dos bairros de Botafogo, Barra e Caju, no Rio de Janeiro, beneficiando  aproximadamente 9 mil crianças e jovens, de 2 a 14 anos, com a exibição dos melhores e mais recentes curtas- metragens da safra de filmes brasileiros, entre os gêneros de ficção e animação. Esses alunos agora se unem ao expressivo número de 83,6 mil estudantes beneficiados com a magia do cinema em sala de aula, em 730 sessões, de 77 escolas da rede pública, de 21 bairros cariocas, desde o ano de 2010, nas sete ediç ões do projeto.

Assista ao vídeo da edição 2016:

Este ano, com 120 sessões em 20 escolas públicas, cinema e pedagogia se encontram entre 7 de agosto e 11 de setembro de 2017, com a exibição de 19 filmes de várias regiões do Brasil, nos quais o enfoque está na riqueza da história e cultura do nosso país. A oitava edição Circuito Cine Curta conta com sessões de cinema em escolas públicas dos bairros de Botafogo (10 escolas), Barra da Tijuca (5 escolas) e Caju (5 escolas). Abaixo, a relação das escolas e as datas das exibições.
Na programação desta edição, foram selecionados filmes premiados em festivais nacionais e internacionais, como os curtas de animação O Folclore Brasileiro, de André de Pádua; H2OBBY, de Flavia Lopes Trevisan; O Corvo e a Raposa, de Tiago Porto; Animasom, de Patricia Feitosa; O Enigma da Água, de Wesley de Oliveira; O Morro da Guerra Eterna, de Mauro D`Addio, além da ficção Nham Nham, A Criatura, de Lucas de Barros. A curadoria do Circuito Cine Curta seleciona os filmes de acordo com o potencial pedagógico das obras, a adequação de suas respectivas temáticas ao universo infanto-juvenil e busca explorar a diversidade das regiõ es representadas. Além das exibições dos curtas-metragens, os alunos das escolas participantes são estimulados pelos professores e coordenadores a desenvolverem trabalhos sobre os filmes a que assistiram. O principal objetivo do projeto é utilizar o cinema como uma ferramenta pedagógica, contribuindo para que os alunos tenham maior facilidade de assimilar conhecimento nas disciplinas tradicionais, além de incentivar a formação de novos públicos com capacidade crítica. Criado e desenvolvido pela Nova Bossa Produções Culturais (www.novabossa.com.br), a 8ª edição do Circuito Cine Curta é patrocinada pela Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura e pelas empresas Amil e Valid, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura - Lei do ISS. Antes de cada sessão, a Amil também distribuirá o Guia NHAC! (Novos Hábitos de Alimentação para Crianças), da Disney, que conta com jogos, curiosidades e dicas de personagens sobre qualidade de vida e bem-estar.
O Circuito Cine Curta foi idealizado pela atriz e produtora cultural Juliana Teixeira, que também é responsável pela curadoria dos filmes, juntamente com a atriz e produtora cultural Paula Goja, a pedagoga Leyla Abrantes e o produtor Helio Velloso. O quarteto também conta com a consultoria pedagógica de Alessandra Matos.
O projeto cria e desenvolve cinco apostilas com roteiros pedagógicos, conforme a programação dos filmes exibidos e correspondentes aos segmentos: Creches, Educação Infantil e Ensino Fundamental I e II. Um bom exemplo do envolvimento das escolas com a iniciativa são os resultados obtidos na edição de 2016, na qual foram realizados pelos alunos mais de 180 trabalhos pedagógicos, entre músicas, maquetes, peças de teatro, objetos e brinquedos, além de livros de histórias.

Após cada uma das sessões, a equipe do Circuito Cine Curta promove um debate entre os alunos presentes, que participam do sorteio de camisetas, bonés, pen drive e kit pedagógico (com pasta e caderno personalizado, além de material de escrita e desenho) e votam nos seus filmes favoritos. No término do perí
odo das sessões dos filmes, um grupo de curadores, formado por profissionais das Secretarias de Educação e Cultura do Município do Rio de Janeiro, se reúne para avaliar os melhores trabalhos. A escola vencedora
ganha uma festa com buffet e DJ para todas as crianças, jovens e para o corpo docente da escola, que ainda recebe um troféu.
Sobre o Circuito Cine Curta:
O Circuito Cine Curta teve início em 2010, quando Juliana Teixeira percebeu uma carência cultural - principalmente na área cinematográfica - em determinadas regiões da cidade e resolveu levar o cinema às praças públicas de regiões carentes, através do Projeto Curta na Praça, criado em 2008. “Nosso objetivo é mobilizar os alunos e a equipe pedagógica das escolas, unindo educação a cultura de forma criativa, assim formando plateias participativas e críticas”, ressalta a produtora.

1 cine curta 2016 foto mariana ares 1024x872 Cinema e educação juntos   aplausos!!!

.

Sessões do Circuito Cine Curta – Agosto/ 2017 (Bairro: Botafogo)
7 de agosto (2ª-f) – CIEP Presidente Agostinho Neto
8 de agosto (3ª-f) – EDI Claudio Cavalcanti
9 de agosto (4ª-f) – EM Joaquim Nabuco
10 de agosto (5ª-f) – EM Francisco Alves
11 de agosto (6ªf-) – EM México
14 de agosto (2ª-f) – EM João Saldanha
15 de agosto (3ª-f) – EDI Casa da Criança
16 de agosto (4ª-f) – EM Marechal Hermes
17 de agosto (5ª-f) – EM Presidente Arthur da Costa e Silva
18 de agosto (6ª-f) – EM Joaquim Abílio Borges
Sessões do Circuito Cine Curta – Agosto / 2016 (Bairro: Barra da Tijuca)
21 de agosto (2ª-f) – EDI Tristão de Athayde
22 de agosto (3ª-f) – EM República da Colômbia
23 e 24 de agosto (4ª e 5ª-f) – EM Professora Zuleika Nunes de Alencar
25 de agosto (6ª-f) – EM Professor Albert Einstein
28 e 29 de agosto (2ª e 3ª-f) – EM Golda Meir

Sessões do Circuito Cine Curta – Agosto/ Setembro 2016 (Bairro: Caju) 30 e 31 de agosto (4ª e 5ª-f) – EM Marechal Espiridião Rosas
1º de setembro (6ª-f) – EDI Professora Laura Sylvia Mendes Pereira
4 de setembro (2ª-f) - Creche Quinta do Caju
5 e 6 de setembro (3ª e 4ª-f) - CIEP Henfil
11 de setembro (2ª-f) – EDI Parque da Alegria
Escolas: 20
Sessões: 120
Público estimado (alunos e professores): 9 mil espectadores