"You should Go and Love yourself". Justin Bieber.

Bieber não disse nada de muito novo: é claro que você deve se amar! 
Mesmo meio óbvio, é sempre bom lembrar a importância do amor próprio, o quanto ele abastece a nossa dignidade, corrige a nossa postura e nos ajuda a sentir o jogo ganho.

Amor próprio e amor ao próximo falam de orgulho, vaidade e empatia, coisas que não podem faltar num ser humano de "boa patente".

O amor é sublime e necessário, sendo próprio e não a terceiros, nem se fala.

Já a atração física, apesar de não chegar aos pés do amor, tem sua função primordial na produção de endorfina, autoestima e alegria, principalmente se for correspondida, certo? O tesão muitas vezes é a solução até pra se chegar ao amor. Nós humanos podemos sentir tesão de forma difusa e variada, por várias e diferentes pessoas. Isso também não é novidade, mesmo que não assumamos explicitamente nem pra nós mesmos. Mas há um tipo de tesão de que poucos falam: o tesão próprio.

 Muitas pessoas têm um amor próprio oscilante, não sei se realmente se amam, mas, se pegariam fácil, têm tesão  por si mesmas.

Como um remédio alopático em alta dose, o tesão próprio arrebata a pessoa e infla por consequência  o amor próprio, mesmo sendo um abastecimento fugaz de amor.

Trata-se daquelas pessoas que ouviram falar por todo o canto que elas eram lindas e maravilhosas e acreditaram. Elas têm convicção de que o espelho não mente e de que sua aparência as torna irresistíveis e sedutoras.  E, seduzidas pelo fã-clube e todo o glamour que ser lindo/linda pode ter, elas exageram na produção do visual, nas postagens em redes sociais, nas fotos produzidas e nada espontâneas, nos clichês das legendas, nos biquinhos e até na cafona produção de poses e trejeitos. 

As pessoas com tesão próprio desejam a si mesmas, têm como o grande momento do dia a quantidade de seguidores que ganhou, e, no casa dos mulheres, se sentem princesas à espera d conto de fadas.

Todos atuam nas redes sociais, mas essas pessoas não atuam bem como personagens blasé e despretensiosos. Elas são gamadas por si mesmas, sem atuação ou personagem definido.

Esse tesão pode ter dois desdobramentos: ou torna a pessoa autossuficiente sem vontade de ter alguém pra se apaixonar (ela já tem a si) ou desaponta a pessoa por ser só tesão, aquele que passa.

.

IMG 02211 225x300 Tesão próprio