eu costa vicentina 50 + e os mitos da maturidade feminina

Sou 50 + e ninguém tem nada com isso!

Os algoritmos descobriram que eu tenho 50 anos e o que tenho visto pipocar na minha tela tem me tirado do sério. Respeito aí quem está fazendo conteúdos e blogs "segmentados" para essa faixa etária, mas, sinceramente? Acho uma idiotice sem fim.

É como se a criatura, ao completar 50 anos, passasse a fazer parte de outra espécie de "serumaninho". Na verdade, deixa de fazer parte da sociedade de seres humanos. Vira o 50 plus, 50 mais...  É como se, a partir desse momento, houvesse as comidas que você pode comer (oi?) , as bebidas que você pode e deve apreciar (oiiii?), os exercícios que você pode fazer (alou?), os cremes que você têm de usar (eu?), o sexo na maturidade (muda?), as roupas que são adequadas (hein?), as pessoas com quem você pode ou não se relacionar!

É um massacre de regras e condutas, que jogam qualquer cinquentão em um limbo. Se você for mulher e divorciada, como eu, aí danou-se. Aiii, mas não existe preconceito...  Aham... vem viver um dia na minha pele, bebê. É um tal de pesquisa para descobrir a partir de qual idade você será o ridículo na balada, quanto tempo você levará para "refazer a sua vida", quantas aplicações de botox você precisa para parecer mais jovem, e outras balelas.

Mas vai dançar funk até o chão? Ficou louca? Cantar Alcione no Karaokê? Pirou? Viajar sozinha com uma amiga? E seus filhos? Você é um caso perdido! E dá-lhe blogs e e sites para dar dicas de como viver a vida após os 50 anos, como se houvesse algum manual eficiente de como viver a vida.

Apenas parem. Vivam e deixem viver. Com 20, 30, 40 ou 50, cada um sabe o que é melhor para si. Não há roupa adequada. Roupa boa é aquela que a gente veste e se sente o máximo na frente do espelho. Não há sexo certo. Não queremos cardápios anti-age. Nem cosméticos. Nem maquiagens. Se existe alguma vantagem real na maturidade é não se cobrar mais. Parem de querer impingir às mulheres maduras as neuroses que vocês vivem. Amadureçam. Envelheçam, como pediu Nelson Rodrigues. Me larga! Me deixa viver! Beijo para os 50 + todos...

http://r7.com/txS8