bbb 15 amanda BBB 15: Entre quatro paredes — com câmeras — também vale tudo? Para que tá feio!

"Deita que vou lhe usar", diz Amanda para Fernando... Pode usar, linda, mas sem câmeras é mais legal

Que o muro que ainda existia entre o público e o privado vem sendo derrubado diariamente, com a farta colaboração das redes sociais e da falta de  pudor das pessoas, que sentem um prazer inexplicável em compartilhar a própria vida com o resto do mundo, é um fato inequívoco. E o BBB colabora, ao tornar ainda mais tênue esse limite, especialmente quando a coisa vai parar debaixo do edredon. São vários os casos de gente que balançou as cobertas, ignorou as câmeras do BBB e viveu momentos picantes.

Rola de tudo dentro do confinamento, inclusive carícias e noites quentes de sexo. A questão é que, como diz o Bial, o Brasil tá vendo. E, assim, nada contra a mulherada entrar na sacanagem, mas não adianta negar que essa ousadia desmedida mais prejudica do que ajuda a imagem feminina. Mulheres não precisam nem devem ser pudicas, mas esse negócio de ficar fazendo sexo sem camisinha em rede nacional, definitivamente, não me parece uma boa estratégia.

Podem falar o que for, mas a verdade é que pega mal. Fica feio. Entre quatro paredes vale tudo, mas com câmeras ligadas e microfones acoplados, realmente, não rola. Aquilo ali pode ser um jogo, mas não é ficção. As pessoas confinadas não são personagens. São garotas que se apegam aos garanhões, temem uma gestação indesejada, sofrem com as traições e gemem na hora H, como qualquer mulher.

Vira um grande pornô real, com direito a reclamações quando o microfone é tirado na tentativa de se garantir um pingo de privacidade (como ocorreu com Fernando e Amanda nesta madrugada). Tudo isso coloca a mulherada numa situação constrangedora e embaraçosa. E fica ainda pior, quando a direção do programa exige  que a garota tenha juízo, como fez com Talita, cobrando dela o uso de camisinha. Até onde se sabe, quem usa camisinha é o cara, mas a cobrança caiu em cima da menina...  Ou seja, tudo errado.

Não vejo vantagem nessa postura das mulheres BBBs. Segura a onda, garotada, que a vida aqui fora pode cobrar caro.

http://r7.com/tn0y