macron Se Macron vencer, França terá primeira dama 25 anos mais velha do que o marido

Brigitte, 64 anos, pode se tornar a primeira-dama da França, caso o marido, Macron, de 39 anos, seja eleito

Caso Emmanuel Macron vença Marine Le Pen no segundo turno das eleições presidenciais da França, agendado para o dia 7 de maio, ele será o mais jovem presidente eleito no País, com 39 anos. E, de quebra, vai derrubar um tabu daqueles: Macron é casado com a professora aposentada Brigitte Trogneux, de 64 anos, 25 a mais do que ele.  Ainda não chega perto da realidade brasileira, cujo presidente da República é 43  anos mais velho do que a primeira-dama.

Sem dúvida, é um passo importante para a derrocada de um preconceito arraigado mundialmente, que torce o nariz para casais com grande diferença de idade, principalmente se a mulher for mais velha do que o marido. Cheguei até comentar aqui o que aconteceria se fosse a ex-presidente Dilma Rousseff a ostentar um maridão 43 anos mais novo. No Brasil, um casal como Macron e Brigitte seria execrado publicamente. Existirem, no entanto, ainda que na França, é um tabefe na cara dos hipócritas.

Marcron tinha 16 anos quando conheceu Brigitte. Ela, aos 41, dava aula de francês e teatro no colégio onde ele estudava. À revista Paris Match, a professora contou que aos 17, Macron disse que iriam se casar. Algum tempo depois, Brigitte se separou do marido e deu início ao relacionamento com Macron, com quem está até hoje. Os dois se casaram em 2007.  Est l'amour, queridos, que não tem idade!

http://r7.com/hwve