Programe-se: documentários na TV (de 14/4 a 20/4)

Francisco Brennand Programe se: documentários na TV (de 14/4 a 20/4)

Diário do artista Francisco Brennand foi fonte de inspiração para a sobrinha Mariana

A arte brasileira volta a ser destaque no programa do É Tudo Verdade. O documentário desta semana reconstrói a vida de Francisco Brennand, artista plástico pernambucano de 85 anos que dá nome ao filme. A obra, de autoria de sua sobrinha Mariana, foi inteira baseada em um diário mantido pelo artista durante 60 anos.

O tema também está presente em És Tu, Brasil, de Murilo Salles. No documentário, um músico, uma coreógrafa, um pintor e um estilista brasileiros relatam sua relação com o país e como isto influencia em seus processos criativos.

Dossiê Jango Tancredo - A Travessia retratam dois momentos-chave da ditadura militar no Brasil: o início e o fim. Ambos, no entanto, focam na figura de dois dos políticos mais icônicos do país.

SEGUNDA-FEIRA (14/4)

Eames: O arquiteto e a pintora (Eames: The architect & the painter)
EUA, 2011
Direção: Bill Jersey e Jason Cohn
A história e a obra do casal Charles e Ray Eames, que marcou o mundo do design e da arquitetura moderna. O documentário conta com entrevistas de amigos e colegas de trabalho dos dois artistas.
Onde: HBO Family
Quando: 20h
Reprise: Sex, 22h05; Dom, 20h55

Francisco Brennand
Brasil, 2012
Direção: Mariana Brennand Fortes
Francisco Brennand é um artista plástico de 85 anos. Com base em um diário mantido por ele nos últimos 60 anos, Mariana reconstrói o universo de seu tio-avô em sua oficina num bairro afastado do Recife. Leia mais.
Onde: Canal Brasil
Quando: 22h03
Reprise: Qua, 15h03; Dom, 13h03

TERÇA-FEIRA (15/4)

O Cineasta da Selva
Brasil, 1997
Direção: Aurélio Michiles
Misturando ficção e realidade, o documentário retrata a biografia de Silvino Santos, cineasta português que iniciou a carreira em Manaus e tornou-se pioneiro no Brasil. A narrativa conta com depoimentos dos filhos e cinéfilos, além de flashbacks encenados.
Onde: Canal Brasil
Quando: 9h30

Dossiê Jango
Brasil, 2012
Direção: Paulo Henrique Fontenelle
Narrado como um thriller, o documentário vai atrás da história da morte de João Goulart, em 6 de dezembro de 1976. Oficialmente, o ex-presidente morreu de suicídio, mas há suspeitas de assassinato. Leia mais.
Onde: Canal Brasil
Quando: 19h
Reprise: Qui, 16h55

QUARTA-FEIRA (16/4)

Super-Heróis (Superheroes)
EUA, 2011
Direção: Mike Barnett
Nos Estados Unidos, uma série de pessoas se autointitulam justiceiras e passam a viver como super-heróis. Vestindo máscaras, uniformes e utilitários feitos em casa, esse grupo se empenha em colocar criminosos atrás das grades.
Onde: HBO Family
Quando: 15h
Reprise: Sex, 15h05

Tancredo - A Travessia
Brasil, 2010
Direção: Silvio Tendler
O documentário retrata a trajetória de Tancredo Neves até a presidência na campanha “Diretas Já”, focando em sua relação com eventos e personagens importantes da história e política brasileira.
Onde: Canal Brasil
Quando: 19h

QUINTA-FEIRA (17/4)

Roman Polanski: um Estranho no Ninho (Roman Polanski: Odd Man Out)
Estados Unidos, 2012
Direção: Marina Zenovich
Em 2008, Marina Zenovich dirigiu o documentário Roman Polanski: Wanted and Desired, sobre a acusação de abuso sexual envolvendo o diretor, de 1977. Um ano após o lançamento, Polanski foi temporariamente detido depois de a investigação ser retomada. Este documentário acompanha todo o processo, além de mostrar como a obra anterior pode ter contribuído para reabri-lo.
Onde: Max
Quando: 16h25
Reprise: Dom, 12h30

És tu, Brasil
Brasil, 2003
Direção: Murilo Salles
Quatro artistas brasileiros – um músico, uma coreógrafa, um pintor e um estilista – relatam sua relação com o país e como isto influencia em seus processos criativos.
Onde: HBO Family
Quando: 21h10

SEXTA-FEIRA (18/4)

Made in Hollywood
França, 2011
Direção: Anne Feinsilber
O documentário faz análise aprofundada dos blockbusters, filmes planejados para fazer sucesso em todo o mundo. Uma das principais armas de Hollywood, este tipo de produção precisa atender a alguns requisitos.
Onde: Canal Arte 1
Quando: 8h20

O Milagre de Santa Luzia
Brasil, 2008
Direção: Sérgio Roizenblit
A seleção do É Tudo Verdade traz documentário que faz um mapeamento da sanfona no Brasil a partir de viagem conduzida por Dominguinhos, um dos maiores sanfoneiros do país.
Onde: Canal Brasil
Quando: 9h15

SÁBADO (19/4)

Histórias Contadas (Stories We Tell)
Canadá, 2012
Direção: Sarah Polley
A escritora e diretora indicada ao Oscar Sarah Polley reconstrói a história de sua família, formada essencialmente por escritores acostumados a retratar, e não serem retratados.
Onde: Max
Quando: 11h10

DOMINGO (20/4)

Moscou
Brasil, 2009
Direção: Eduardo Coutinho
Eduardo Coutinho anda na linha tênue entre documentário e ficção, o real e a arte, para captar a preparação de um grupo de teatro para a peça As Três Irmãs.
Onde: Canal Brasil
Quando: 19h03

saibamais 600 pixels Programe se: documentários na TV (de 14/4 a 20/4)+ Curta o BlogDoc no Facebook+ Siga o BlogDoc no Twitter
  • Espalhe por aí:
    • Digg
    • Facebook
    • Google Bookmarks
    • Live
    • Netvibes
    • RSS
    • Twitter
  • Imprimir:
  • Envie por e-mail:

Posts relacionados

Programe-se: Documentários na TV (7/4 a 13/4)

So Dez por Cento e Mentira Programe se: Documentários na TV (7/4 a 13/4)

      Só Dez por Cento é Mentira é uma das atrações destas semana na TV

Um dos principais artistas da história do Brasil, Amácio Mazzaropi levou multidões ao cinema ao longo dos 32 filmes que produziu em seus 69 anos de vida. Nesta semana, o programa do É Tudo Verdade disseca a carreira do ator, diretor e empresário a partir de depoimentos de outras personalidades do meio artístico do país.

Outro que tem sua história contada por meio de depoimentos de colegas do meio artístico é o escritor, desenhista e jornalista Ziraldo, personagem central de Ziraldo - O Eterno Menino Maluquinho.

A arte brasileira também é tema de És Tu, Brasil, onde um músico, uma coreógrafa, um pintor e um estilista relatam sua relação com o país e como isto influencia em seus processos criativos. Enquanto isso, a música de Belo Horizonte é apresentada por alguns dos principais expoentes da capital mineira em Brasil Imaginário - Mil sons geniais.

SEGUNDA-FEIRA (7/4)

Mazzaropi
Brasil, 2012
Direção: Celso Sabadin
Um dos artistas de maior popularidade no país, Amácio Mazzaropi tem suas histórias contadas por meio de depoimentos de personalidades como Agnaldo Rayol e Hebe Camargo.
Onde: Canal Brasil
Quando: 22h02
Reprise: Qua, 15h03; Dom, 13h03

És tu, Brasil
Brasil, 2003
Direção: Murilo Salles
Quatro artistas brasileiros – um músico, uma coreógrafa, um pintor e um estilista – relatam sua relação com o país e como isto influencia em seus processos criativos.
Onde: HBO Family
Quando: 21h30

TERÇA-FEIRA (8/4)

Cidadão Boilesen
Brasil, 2009
Direção: Chaim Litewski
Vencedor do É Tudo Verdade 2009, o documentário revela as ligações do empresário dinamarquês Henning Albert Boilesen, presidente do grupo Ultra, da Ultragaz, com o financiamento da repressão à luta armada durante a ditadura militar.
Onde: Canal Brasil
Quando: 9h45

Ziraldo – O Eterno Menino Maluquinho
Brasil, 2007
Direção: Sonia Garcia
Os 75 anos do escritor, desenhista, jornalista Ziraldo. Com depoimentos dele e de colegas, o documentário resgata a vida e obra do criador do Menino Maluquinho.
Onde: Canal Brasil
Quando: 16h20

QUARTA-FEIRA (9/4)

Um Homem de Moral
Brasil, 2009
Direção: Ricardo Dias
Documentário sobre Paulo Vanzolini. Ricardo Dias revisita os sambas, amigos do compositor de Volta por Cima e Ronda; e a cidade de São Paulo, tema de grande parte de sua obra musical.
Onde: Canal Curta
Quando: 9h
Reprise: Sáb, 16h; Dom, 9h

Sou Feia, Mas Tô na Moda
Brasil, 2005
Direção: Denise Garcia
O documentário percorre bailes funk cariocas, registrando as performances e o cotidiano de artistas. A atenção principal está voltada às mulheres do movimento, como Deise da Injeção, Vanessinha Pikachu e Tati Quebra-Barraco.
Onde: Canal Curtal
Quando: 10h45
Reprise: Sáb, 23h

QUINTA-FEIRA (10/4)

Pro Dia Nascer Feliz
Brasil, 2006
Direção: João Jardim
As dificuldades enfrentadas pelo Brasil na área da educação são expostas a partir do dia a dia de estudantes e professores de seis escolas de Pernambuco, São Paulo e Rio de Janeiro.
Onde: Canal Brasil
Quando: 9h45

Brasil Imaginário - Mil sons geniais
Brasil, 2004
Direção: Paulo Vilara
A música de Belo Horizonte é revelada por meio de depoimentos e apresentações de artistas como Toninho Horta, Skank, Lô Borges, Tavinho Moura, Flávio Múltipla, O Grivo, Tambolelê e Uakti.
Onde: Sesc TV
Quando: 12h
Reprise: Sáb, 11h

SEXTA-FEIRA (11/4)

O Cineasta da Selva
Brasil, 1997
Direção: Aurélio Michiles
Misturando ficção e realidade, o documentário retrata a biografia de Silvino Santos, cineasta português que iniciou a carreira em Manaus e tornou-se pioneiro no Brasil. A narrativa conta com depoimentos dos filhos e cinéfilos, além de flashbacks encenados.
Onde: Canal Brasil
Quando: 12h15

Só Dez por Cento é Mentira
Brasil, 2008
Direção: Pedro Cezar
A biografia inventada (“desbiografia”) de Manoel de Barros, por meio de entrevistas com o poeta e leitores contagiados por sua obra.
Onde: Canal Curta
Quando: 21h30
Reprise: Sex, 1h30 e 15h40; Sab, 19h e Dom, 23h

DOMINGO (13/4)

Autismo - O Musical (Autism – The Musical)
EUA, 2007
Direção: Tricia Regan
O documentário acompanha o processo de produção de um musical que conta com cinco autistas. Durante o período, eles experimentam frustrações e sucessos enquanto a data da apresentação se aproxima.
Onde: HBO Family
Quando: 15h50

Jogo de Cena
Brasil, 2007
Direção: Eduardo Coutinho
O documentário de Eduardo Coutinho analisa a figura do ator ao mesmo tempo em que as fronteiras entre realidade e ficção a partir de depoimentos de mulheres que responderam a um anúncio de jornal.
Onde: Canal Brasil
Quando: 19h03

saibamais 600 pixels Programe se: Documentários na TV (7/4 a 13/4)+ Curta o BlogDoc no Facebook+ Siga o BlogDoc no Twitter
  • Espalhe por aí:
    • Digg
    • Facebook
    • Google Bookmarks
    • Live
    • Netvibes
    • RSS
    • Twitter
  • Imprimir:
  • Envie por e-mail:

Posts relacionados

É Tudo Verdade começa nesta quinta e traz 19 premières mundiais

Cancao da Floresta1 É Tudo Verdade começa nesta quinta e traz 19 premières mundiais

Cena de Canção da Floresta, de Michael Obert, que será exibido na abertura do É Tudo Verdade 2014 em SP (Foto: Divulgação)

E Tudo Verdade 2014 cobertura especial BlogDoc selo É Tudo Verdade começa nesta quinta e traz 19 premières mundiaisO É Tudo Verdade 2014 – 19º Festival Internacional de Documentários tem início nesta quinta-feira (3) em São Paulo. Neste ano, são 77 títulos, vindos de 26 países. Destes, 19 produções farão sua première mundial. Em São Paulo, o público poderá acompanhar o evento dedicado exclusivamente à produção não ficcional até 13 de abril. No Rio, o evento acontece entre 4 e 13 de abril. Em Campinas (SP), de 22 a 24 de abril; em Brasília, de 30 de abril a 4 de maio; e, em Belo Horizonte, de 24 a 27 de julho.

Na estreia em São Paulo será apresentada a première latino-americana de Canção da Floresta, de Michael Obert. Vencedor do Festival Internacional de Documentários de Amsterdã (IDFA) no ano passado, o filme traz um retrato do escritor e estudioso de música americano Louis Sarno. No dia 4, a sessão de abertura no Rio de Janeiro exibe a première mundial de Tudo por Amor ao Cinema, de Aurélio Michiles, uma cinebiografia de Cosme Alves Netto, curador da Cinemateca do Museu de Arte Moderna (MAM) do Rio de Janeiro.

Neste ano, o É Tudo Verdade terá algumas novidades. Seis dos sete longas nacionais concorrentes são dirigidos por realizadores que nunca disputaram o festival. Na competição internacional de longas, todos os diretores - exceto Alex Gibney - também concorrem pela primeira vez. Além disso, o festival traz duas novidades entre os homenageados: pela primeira há um cineasta oriental, Shohei Imamura, e uma mulher entre os realizadores brasileiros, Helena Solberg.

Solberg estreia no festival sendo homenageada com a retrospectiva brasileira do ano. Acompanhando a mostra, o festival lança ainda uma monografia dedicada à cineasta, escrita pela pesquisadora mineira Mariana Tavares. Serão apresentados oito de seus filmes, além do longa As Aventuras de Helena - Para o É Tudo Verdade, versão especial do programa sobre Helena Solberg, dirigido por Betse de Paula, realizada especialmente para o É Tudo Verdade 2014.

Além de Helena Solberg, outros dois cineastas brasileiros serão homenageados. A obra de Eduardo Coutinho será celebrada com a exibição de Sobreviventes de Galileia, que mostra o retorno de Coutinho a Galileia quase 30 anos após o lançamento de Cabra Marcado para Morrer e, de A Família de Elizabeth Teixeira, que mostra a personagem central de Cabra, agora com 88 anos.

Leon Hirszman será o outro homenageado com a pré-estreia de Posfácio – Imagens do Inconsciente, longa-metragem inédito com depoimento da psiquiatra Nise da Silveira montado por Eduardo Escorel a convite do Instituto Moreira Salles (IMS). O documentário complementa a trilogia Imagens do Inconsciente, cuja versão restaurada será lançada em DVD no segundo semestre pelo instituto.

Entre as premières mundiais de produções brasileiras destacam-se: De Gravata e Unha Vermelha, de Miriam Chnaidermann, sobre a afirmação da identidade no Brasil de transsexuais, transgenders e crossdressings, Los Hermanos - Esse é Só o Começo do Fim da Nossa Vida, de Maria Ribeiro, que mostra os bastidores da turnê de retorno da banda, e 20 Centavos, de Tiago Tambelli, que registra as manifestações de rua em São Paulo, em junho de 2013, que começaram com uma revolta pelo aumento das passagens de ônibus.

A Seleção Internacional, dividida em mostras competitivas (longas e curtas) e informativas (Especiais, O Estado das Coisas, Foco Latino-Americano), apresenta 43 títulos. Dentre os destaques em festivais internacionais estão: Retorno a Homs, de Talal Derki, vencedor do Prêmio do Júri Internacional de Melhor Documentário do Festival de Sundance 2014, e Rio de Pedra, de Giovanni Donfrancesco, vencedor do prêmio de Melhor Documentário do Festival Internacional de Cinema de Roma.

A Retrospectiva Internacional apresenta a obra documental de Shohei Imamura, considerado um dos mais importantes cineastas japoneses de todos os tempos. Vencedor da Palma de Ouro por duas vezes, com os filmes A Balada de Narayama e A Enguia, Imamura se dedicou ao documentário entre 1967 e 1975, utilizando o gênero para mostrar a opressão social, personagens marginais e as marcas deixadas pela Segunda Guerra Mundial. Seis filmes serão exibidos, incluindo seu primeiro documentário, Um Homem Desaparece.

+ Veja todos os filmes em cartaz.

+ Veja os cinemas participantes por cidade: São Paulo, Rio de Janeiro, Campinas (SP), Brasília e Belo Horizonte.

 

saibamais 600 pixels É Tudo Verdade começa nesta quinta e traz 19 premières mundiais

+ Curta o BlogDoc no Facebook

+ Siga o BlogDoc no Twitter

  • Espalhe por aí:
    • Digg
    • Facebook
    • Google Bookmarks
    • Live
    • Netvibes
    • RSS
    • Twitter
  • Imprimir:
  • Envie por e-mail:

Posts relacionados

Festival Sesc Melhores Filmes traz para São Paulo os melhores filmes de 2013

Mataram Meu Irmao 21 Festival Sesc Melhores Filmes traz para São Paulo os melhores filmes de 2013

Cena do documentário Mataram Meu Irmão, de Cristiano Burlan (Foto: Divulgação)

Entre os dias 2 e 30 de abril, os paulistanos poderão rever os filmes que marcaram o ano de 2013. Todos eles estarão reunidos no 40º Festival Sesc Melhores Filmes. Ao longo do festival serão exibidos 54 filmes, 28 estrangeiros e 26 brasileiros, sendo oito documentários.

Na estreia do festival serão entregues os prêmios aos vencedores nas categorias de melhor filme, documentário, ator, atriz, direção, roteiro e fotografia, para os filmes brasileiros; e melhor filme, direção, ator e atriz, para os filmes estrangeiros. A escolha é feito pela crítica e pelo público entre os filmes que chegaram aos cinemas paulistanos ao longo do ano de 2013.

Entre os documentários que serão exibidos estão Mataram Meu Irmão, de Cristiano Burlan, vencedor do prêmio de melhor filme brasileiro no festival É Tudo Verdade 2013; e Elena, de Petra Costa, vencedor do Festival de Brasília e eleito Documentário Brasileiro do Ano pelo júri do BlogDoc.

Além da premiação, neste ano o festival comemora 40 anos e conta com uma sessão “Seleção 40 Anos”, composta por nove longas brasileiros vencedores do Festival Sesc Melhores Filmes em anos anteriores. Outro destaque desta edição será a realização de debates entre convidados especiais que abordarão diferentes temas ligados ao cinema.

As sessões acontecem no CineSesc, em São Paulo, com ingressos custando até R$ 15. Para saber sobre todos os filmes da programação, acesse o site do festival.

saibamais 600 pixels Festival Sesc Melhores Filmes traz para São Paulo os melhores filmes de 2013

+ Curta o BlogDoc no Facebook

+ Siga o BlogDoc no Twitter

  • Espalhe por aí:
    • Digg
    • Facebook
    • Google Bookmarks
    • Live
    • Netvibes
    • RSS
    • Twitter
  • Imprimir:
  • Envie por e-mail:

Posts relacionados

Programe-se: documentários na TV (de 31/03 a 06/04)

05 Dossie Jango 1024x699 Programe se: documentários na TV (de 31/03 a 06/04)

Morte suspeita do presidente João Goulart é abordada em Dossiê Jango (Foto: Divulgação)

O aniversário de cinquenta anos do golpe que instaurou a ditadura militar no Brasil é o principal assunto desta semana. Como não poderia deixar de ser, o foco da programação de documentários na TV é voltado para o fato.

O programa do É Tudo Verdade traz Dossiê Jango, obra que traz outra versão sobre a morte do presidente deposto pelos militares. Oficialmente, Jango suicidou-se, mas há suspeitas de um complô que culminou em seu assassinato.

Enquanto isso, Memórias de uma Guerra Suja é um cruel depoimento em primeira pessoa de Cláudio Guerra, ex-agente do DOPS (Departamento de Ordem Política e Social) e responsável pela tortura e morte de integrantes de movimentos contrários à ditadura entre os anos 70 e 80. Já Cidadão Boilesen revela as ligações do empresário dinamarquês Henning Albert Boilesen com o financiamento da repressão à luta armada durante a ditadura militar.

SEGUNDA-FEIRA (31/03)

Amazônia Niemeyer
Brasil, 2008
Direção: Tadeu Jungle
A série Janela Brasil do Sesc TV exibe o documentário do cineasta e artista multimídia Tadeu Jungle que apresenta 63 personagens ao longo da estrada Belém-Brasília.
Onde: Sesc TV
Quando: 20h06

Dossiê Jango
Brasil, 2012
Direção: Paulo Henrique Fontenelle
Narrado como um thriller, o documentário vai atrás da história da morte de João Goulart, em 6 de dezembro de 1976. Oficialmente, o ex-presidente morreu de suicídio, mas há suspeitas de assassinato. Leia Mais.
Onde: Canal Brasil
Quando: 22h
Reprise: Qua, 15h; Dom, 13h

Os Doces Bárbaros
Brasil, 1976
Direção: Jom Tob Azulay
O documentário acompanha a excursão comemorativa dos dez anos de carreira dos cantores baianos Caetano Veloso, Gilberto Gil, Maria Bethânia e Gal Costa. Registra também a prisão e o julgamento de Gil por porte de drogas.
Onde: Canal Curta
Quando: 22h
Reprise: Ter, 16h; Qua, 10h;

TERÇA-FEIRA (01/04)

Bode Rei, Cabra Rainha
Brasil, 2008
Direção: Helena Tassara
O documentário é centrado em dois personagens marcados do cenário semiárido nordestino: o bode e a cabra, sem os quais o local teria se transformado num deserto.
Onde: Canal Curta
Quando: 18h
Reprise: Qua, 12h; Qui, 6h

Memórias de uma Guerra Suja
Brasil, 2012
Direção: Marcelo Netto e Rogério Medeiros
Ex-delegado do DOPS (Departamento de Ordem Política e Social) do Espírito Santo na ditadura militar do Brasil, Cláudio Guerra foi um dos responsáveis pela repressão à esquerda durante os anos 70 e 80. Convocado para depor na Comissão da Verdade, o ex-agente revela os crimes que cometeu no período em cruel relato em primeira pessoa.
Onde: GNT
Quando: 22h30

QUARTA-FEIRA (02/04)

Descaminhos
Brasil, 2007
Direção: Alexandre Baxter, Luiz Felipe Fernandes, Marília Rocha, João Flores, Maria de Fátima Augusto, Leandro HBL, Armando Mendz e Cristiano Abud
Durante 36 dias, oito diretores mineiros registraram viagem que teve como ponto de partida os trilhos da linha férrea de Minas Gerais. Após cruzarem quatro estados, 55 cidades e 8 quilômetros, o resultado foi um documentário dividido em seis episódios, retratando o passado e o presente das comunidades que vivem à margem de ferrovias e como elas estão conectadas com o trem.
Onde: Canal Brasil
Quando: 10h05

O Cineasta da Selva
Brasil, 1997
Direção: Aurélio Michiles
Misturando ficção e realidade, o documentário retrata a biografia de Silvino Santos, cineasta português que iniciou a carreira em Manaus e tornou-se pioneiro no Brasil. A narrativa conta com depoimentos dos filhos e cinéfilos, além de flashbacks encenados.
Onde: Canal Brasil
Quando: 19h

QUINTA-FEIRA (03/04)

Peões
Brasil, 2004
Direção: Eduardo Coutinho
Coutinho registra a classe operária do ABC paulista, composta principalmente por metalúrgicos, e suas esperanças para o País na época da primeira eleição de Lula como presidente.
Onde: Canal Brasil
Quando: 10h30

Ziraldo – O Eterno Menino Maluquinho
Brasil, 2007
Direção: Sonia Garcia
Os 75 anos do escritor, desenhista, jornalista Ziraldo. Com depoimentos dele e de colegas, o documentário resgata a vida e obra do criador do Menino Maluquinho.
Onde: Canal Brasil
Quando: 23h10
Reprise: Sáb, 8h25

SEXTA-FEIRA (04/04)

Histórias Contadas (Stories We Tell)
Canadá, 2012
Direção: Sarah Polley
A escritora e diretora indicada ao Oscar Sarah Polley reconstrói a história de sua família, formada essencialmente por escritores acostumados a retratar, e não serem retratados.
Onde: Max
Quando: 14h10
Reprise: Dom, 12h10

Segredos da Tribo
Brasil, 2010
Direção: José Padilha
José Padilha retrata o conflito entre índios ianomâmis e antropólogos que trabalham na região amazônica. Leia Mais.
Onde: Cinemax
Quando: 17h

SÁBADO (05/04)

Roman Polanski: um Estranho no Ninho (Roman Polanski: Odd Man Out)
Estados Unidos, 2012
Direção: Marina Zenovich
Em 2008, Marina Zenovich dirigiu o documentário Roman Polanski: Wanted and Desired, sobre a acusação de abuso sexual envolvendo o diretor, de 1977. Um ano após o lançamento, Polanski foi temporariamente detido depois de a investigação ser retomada. Este documentário acompanha todo o processo, além de mostrar como a obra anterior pode ter contribuído para reabri-lo.
Onde: Max
Quando: 10h55

Cidadão Boilesen
Brasil, 2009
Direção: Chaim Litewski
Vencedor do É Tudo Verdade 2009, o documentário revela as ligações do empresário dinamarquês Henning Albert Boilesen, presidente do grupo Ultra, da Ultragaz, com o financiamento da repressão à luta armada durante a ditadura militar.
Onde: Canal Brasil
Quando: 19h10

DOMINGO (06/04)

O Fim e o Princípio
Brasil, 2005
Direção: Eduardo Coutinho
Diante da câmera de Eduardo Coutinho, os moradores da comunidade rural Sítio Araçás, no interior da Paraíba, contam suas histórias de vida e revelam como a hierarquia, senso de família e o catolicismo pautam o cotidiano do local.
Onde: Canal Brasil
Quando: 19h

Thin
EUA, 2006
Direção: Lauren Greenfield
Aproximadamente cinco milhões de pessoas sofrem de distúrbios alimentares nos Estados Unidos. A fotógrafa Lauren Greenfield acompanha a história de quatro mulheres com bulimia ou anorexia que lutam para não fazerem parte dos 10% destes casos que acabam em morte.
Onde: HBO Family
Quando: 21h35

saibamais 600 pixels Programe se: documentários na TV (de 31/03 a 06/04)

+ Curta o BlogDoc no Facebook

+ Siga o BlogDoc no Twitter

  • Espalhe por aí:
    • Digg
    • Facebook
    • Google Bookmarks
    • Live
    • Netvibes
    • RSS
    • Twitter
  • Imprimir:
  • Envie por e-mail:

Posts relacionados

Resistência armada com face humana

Em busca de iara Resistência armada com face humana

Em Busca de Iara, exibido no último É Tudo Verdade, chega ao circuito comercial de cinemas em São Paulo (Foto: Divulgação)

Em Busca de Iara, de Flavio Frederico, retrata o resgate feito por Mariana Pamplona da história de sua tia, a militante política Iara Iavelberg.

Iara nasceu em uma rica família judia de São Paulo e se casou aos 16 anos com um médico. Ao entrar na faculdade de psicologia da Universidade de São Paulo, no entanto, sua vida sofreu uma reviravolta. Entrou para a militância de esquerda contra a ditadura militar, separou-se e passou a exercitar o amor livre.

Corajosa e bela, logo virou uma das caras do movimento intelectual de esquerda contra a ditadura, junto a Carlos Lamarca. Ela o conheceu em 1969 e foi sua companheira até morrer, em 1971.

saiba mais Resistência armada com face humana

+ Curta o BlogDoc no Facebook

+ Siga o BlogDoc no Twitter

saibamais 2 Resistência armada com face humana

Sua morte é motivo de muitas dúvidas por parte da família. A versão oficial é de que teria se matado com um tiro no peito ao se ver encurralada pela Polícia Federal. A família, no entanto, quer provar que ela teria sido assassinada.

O documentário acompanha a trajetória da roteirista e figurinista Mariana em busca dos passos de sua tia, ao mesmo tempo em que apresenta conversas com ex-guerrilheiros, amigos e familiares. Em Busca de Iara pretende ser um retrato intimista e humano da mulher que virou ícone.

O documentário participou da competição de longas-metragens brasileiros no É Tudo Verdade 2013 e, nesta semana, esteve na Mostra Silêncios Históricos e Pessoais.

Tanto o É Tudo Verdade quanto a temática da ditadura militar são bastante conhecidos ao diretor, Flavio Frederico. Além de ser casado com Mariana, ele levou o prêmio de melhor documentário brasileiro de longa-metragem em 2006, com Caparaó. O filme tratava sobre a primeira tentativa de luta armada após o golpe de 1964.

Em Busca de Iara
Direção: Flavio Frederico. Brasil, 2013. 91 minutos. Estreia em festivais no Brasil no É Tudo Verdade 2013. Estreia no circuito comercial de cinems: 27/3/2014.

Publicado originalmente em 12/4/2013. Atualizado em 27/3/2014.

  • Espalhe por aí:
    • Digg
    • Facebook
    • Google Bookmarks
    • Live
    • Netvibes
    • RSS
    • Twitter
  • Imprimir:
  • Envie por e-mail:

Posts relacionados

Mostra Silêncios Históricos e Pessoais estreia em São Paulo

12 destaques Mostra Silêncios Históricos e Pessoais estreia em São Paulo

Em Busca de Iara é um dos filmes da Mostra Silêncios Históricos e Pessoais (Foto: Divulgação)

A partir desta quarta-feira (26), São Paulo receberá a 1ª Mostra Silêncios Históricos e Pessoais. Até o dia 6 de abril, os paulistanos poderão conferir as 17 obras de seis países - Argentina, Brasil, Chile, México, Paraguai e Uruguai. Os filmes traçam um vasto panorama da produção documental recente que mescla as memórias pessoais com a revisão histórica dos anos de ditadura na América Latina. O evento acontece na Caixa Cultural São Paulo, com entrada gratuita.

saiba mais Mostra Silêncios Históricos e Pessoais estreia em São Paulo

+ Curta o BlogDoc no Facebook

+ Siga o BlogDoc no Twitter

saibamais 2 Mostra Silêncios Históricos e Pessoais estreia em São Paulo

A mostra conta com a presença de realizadores e historiadores de cinema, além de uma conferência ministrada pelo pesquisador argentino Gonzalo Aguilar.

Entre os filmes selecionados estão Em Busca de Iara, de Flavio Frederico, vencedor do É Tudo Verdade 2013, e Diário de uma Busca, da diretora Flavia Castro, que procura esclarecer a morte misteriosa do pai ocorrida no apartamento de um militar de Porto Alegre.

Para saber a programação completa acesse o site da mostra.

  • Espalhe por aí:
    • Digg
    • Facebook
    • Google Bookmarks
    • Live
    • Netvibes
    • RSS
    • Twitter
  • Imprimir:
  • Envie por e-mail:

Posts relacionados

Programe-se: documentários na TV (de 24/3 a 30/3)

Paulo Moura nota Programe se: documentários na TV (de 24/3 a 30/3)

Um dos maiores instrumentistas do Brasil tem sua personalidade e carreira dissecadas em Paulo Moura - Alma Brasileira (Foto: Divulgação)

O programa do É Tudo Verdade, no Canal Brasil, transmite nessa semana o documentário Paulo Moura – Alma Brasileira. Com registros de um período de mais de quatro décadas, a obra retrata a carreira e personalidade de um dos maiores instrumentistas da história do Brasil.

Na terça-feira, Cortina de Fumaça acende o debate sobre a legalização das drogas abordando a questão em sete diferentes países: Argentina, Brasil, Espanha, Estados Unidos, Holanda, Inglaterra e Suíça. No mesmo dia, a arte nacional volta a ser abordada em És tu, Brasil, filme que retrata o processo criativo de quatro artistas do país: um músico, uma coreógrafa, um pintor e um estilista.

SEGUNDA-FEIRA (24/3)

Paulo Moura – Alma Brasileira
Brasil, 2012
Direção: Eduardo Escorel
O documentário reúne registros de um período de mais de quatro décadas para traçar o perfil da carreira e da personalidade de Paulo Moura, um dos maiores instrumentistas da história do Brasil. Leia Mais.
Onde: Canal Brasil
Quando: 22h
Reprise: Qua, 15h; Dom, 13h

TERÇA-FEIRA (25/3)

Cortina de Fumaça
Brasil, 2010
Direção: Rodrigo Mac Niven
O polêmico documentário debate a legalização das drogas. O filme questiona a proibição e a relação dos homens com elas em sete países: Argentina, Brasil, Espanha, Estados Unidos, Holanda, Inglaterra e Suíça.
Onde: Canal Brasil
Quando: 9h35

Made in Hollywood
França, 2011
Direção: Anne Feinsilber
O documentário faz análise aprofundada dos blockbusters, filmes planejados para fazer sucesso em todo o mundo. Uma das principais armas de Hollywood, este tipo de produção precisa atender a alguns requisitos.
Onde: Canal Arte 1
Quando: 17h

És tu, Brasil
Brasil, 2003
Direção: Murilo Salles
Quatro artistas brasileiros – um músico, uma coreógrafa, um pintor e um estilista – relatam sua relação com o país e como isto influencia em seus processos criativos.
Onde: HBO Plus
Quando: 18h55

QUARTA-FEIRA (26/3)

José e Pilar
Portugal/Brasil/Espanha, 2010
Direção: Miguel Gonçalves Mendes
O comovente documentário de Miguel Gonçalves Mendes revela o lado desconhecido de José Saramago. A equipe acompanhou a relação do escritor português com a jornalista espanhola Pilar del Río por dois anos.
Onde: Canal Brasil
Quando: 9h45

Luto como Mãe
Brasil, 2009
Direção: Luís Carlos Nascimento
O documentário é centrado em mães cujos filhos foram mortos nas Chacinas de Acari, da Via Show e da Baixada Fluminense. Elas lutam por justiça, contra o esquecimento e a impunidade.
Onde: Canal Brasil
Quando: 11h55

Roman Polanski: um Estranho no Ninho (Roman Polanski: Odd Man Out)
Estados Unidos, 2012
Direção: Marina Zenovich
Em 2008, Marina Zenovich dirigiu o documentário Roman Polanski: Wanted and Desired, sobre a acusação de abuso sexual envolvendo o diretor, de 1977. Um ano após o lançamento, Polanski foi temporariamente detido depois de a investigação ser retomada. Este documentário acompanha todo o processo, além de mostrar como a obra anterior pode ter contribuído para reabri-lo.
Onde: Max
Quando: 13h50
Reprise: Sáb, 15h25

QUINTA-FEIRA (27/3)

Thin
EUA, 2006
Direção: Lauren Greenfield
Aproximadamente cinco milhões de pessoas sofrem de distúrbios alimentares nos Estados Unidos. A fotógrafa Lauren Greenfield acompanha a história de quatro mulheres com bulimia ou anorexia que lutam para não fazerem parte dos 10% destes casos que acabam em morte.
Onde: HBO Family
Quando: 0h

Senta a Pua!
Brasil, 1999
Direção: Erik de Castro
Resgate da atuação do 1º Grupo de Aviação de Caça da Força Aérea Brasileira na Segunda Guerra Mundial. Conta com depoimentos dos veteranos que desembarcaram na Itália.
Onde: Canal Brasil
Quando: 19h

SEXTA-FEIRA (28/3)

Histórias Contadas (Stories We Tell)
Canadá, 2012
Direção: Sarah Polley
A escritora e diretora indicada ao Oscar Sarah Polley reconstrói a história de sua família, formada essencialmente por escritores acostumados a retratar, e não serem retratados.
Onde: Max
Quando: 15h50
Reprise: Dom, 13h30

SÁBADO (29/3)

Autismo - O Musical (Autism – The Musical)
EUA, 2007
Direção: Tricia Regan
O documentário acompanha o processo de produção de um musical que conta com cinco autistas. Durante o período, eles experimentam frustrações e sucessos enquanto a data da apresentação se aproxima.
Onde: HBO Family
Quando: 21h40

DOMINGO (30/3)

Peões
Brasil, 2004
Direção: Eduardo Coutinho
Coutinho registra a classe operária do ABC paulista, composta principalmente por metalúrgicos, e suas esperanças para o País na época da primeira eleição de Lula como presidente.
Onde: Canal Brasil
Quando: 19h

saibamais 600 pixels Programe se: documentários na TV (de 24/3 a 30/3)+ Curta o BlogDoc no Facebook

+ Siga o BlogDoc no Twitter

  • Espalhe por aí:
    • Digg
    • Facebook
    • Google Bookmarks
    • Live
    • Netvibes
    • RSS
    • Twitter
  • Imprimir:
  • Envie por e-mail:

Posts relacionados

Eduardo Coutinho recebe homenagem na Cinemateca Brasileira

Cabra Marcado para Morrer1 Eduardo Coutinho recebe homenagem na Cinemateca Brasileira

Cena do documentário Cabra Marcado para Morrer, de Eduardo Coutinho (Foto: Divulgação)

O cineasta Eduardo Coutinho, morto no último mês, recebe homenagem na Cinemateca Brasileira. Entre os dias 20 e 23 de março, os fãs de Coutinho poderão assistir a quatro de seus filmes: Cabra Marcado para Morrer, Peões, Santo Forte e Edifício Master. Após a exibição de cada um desses clássicos, haverá debates sobre o papel e a importância da sua obra para o cinema brasileiro. A entrada é franca.

Confira a programação:

20/3 - Quinta-feira, às 19h30
Cabra Marcado para Morrer
Mesa: Henri Gervaiseau, professor livre-docente pela Universidade de São Paulo

21/2 - Sexta-feira, às 19h30
Peões
Mesa: Leandro Saraiva, professor, jornalista, roteirista e diretor

22/3 – Sábado, às 18h00
Santo Forte
Mesa: Mateus Araújo, pós-doutorado em cinema pela Universidade de São Paulo

23/3 – Domingo, às 18h00
Edifício Master
Mesa: Ilana Feldman, doutora em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo

saibamais 600 pixels Eduardo Coutinho recebe homenagem na Cinemateca Brasileira

+ Curta o BlogDoc no Facebook

+ Siga o BlogDoc no Twitter

  • Espalhe por aí:
    • Digg
    • Facebook
    • Google Bookmarks
    • Live
    • Netvibes
    • RSS
    • Twitter
  • Imprimir:
  • Envie por e-mail:

Posts relacionados

3ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental chega a São Paulo

Blackfish 3ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental chega a São Paulo

Cena do documentário Blackfish – Fúria Animal, de Gabriela Cowperthwaite (Foto: Divulgação)

A partir desta quinta-feira (20), os paulistanos poderão conferir longas, médias e curtas-metragens focados na temática ambiental. Até o dia 27 de março, a cidade de São Paulo recebe a Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental. Essa é a terceira edição do evento e apresentará mais de 60 títulos de 30 países, grande parte deles inédita no Brasil. Dentre os filmes apresentados, 45 são documentários. Os filmes estão classificados nas seguintes temáticas: cidades, campo, economia, energia e povos e lugares.

O homenageado da Mostra é Washington Novaes, repórter, editor, diretor e colunista em várias das principais publicações brasileiras. Entre seus trabalhos, Novaes dirigiu documentários do programa Globo Repórter, da Rede Globo, como Amazonas – A Pátria da Água, As Crianças do Reino do Porantim e A Doença dos Remédios. Como produtor independente de televisão, dirigiu as séries Xingu – A Terra Mágica, Kuarup, Pantanal e Xingu – A Terra Ameaçada.

Serão exibidos na mostra os primeiros episódios das séries Xingu – A Terra Mágica e Xingu – A Terra Ameaçada, além de episódios de sua série O Desafio do Lixo e Amazonas – A Pátria da Água.

Documentários em destaque

A abertura contará com a exibição do filme Blackfish – Fúria Animal, de Gabriela Cowperthwaite. O polêmico filme conta a história de Tilikum, a principal baleia orca do parque temático SeaWorld, em Orlando, nos EUA, responsável pela morte de três pessoas.

Outros destaques da Mostra Contemporânea são os documentários Sinfonia do Solo, de Deborah Koons Garcia, viúva de Jerry Garcia, da banda Grateful Dead; Figurões (Big Men) de Rachel Boyntontem e produção executiva de Brad Pitt, inédito no Brasil; e A Síndrome de Veneza, do diretor premiado Andreas Pichler, que conta a história da autodestruição da cidade de Veneza.

saibamais 600 pixels 3ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental chega a São Paulo

+ Curta o BlogDoc no Facebook

+ Siga o BlogDoc no Twitter

  • Espalhe por aí:
    • Digg
    • Facebook
    • Google Bookmarks
    • Live
    • Netvibes
    • RSS
    • Twitter
  • Imprimir:
  • Envie por e-mail:

Posts relacionados

1 de 2612345...: ...Último