Posts com a tag: Cabra Marcado para Morrer

Eduardo Coutinho recebe homenagem na Cinemateca Brasileira

Cabra Marcado para Morrer1 Eduardo Coutinho recebe homenagem na Cinemateca Brasileira

Cena do documentário Cabra Marcado para Morrer, de Eduardo Coutinho (Foto: Divulgação)

O cineasta Eduardo Coutinho, morto no último mês, recebe homenagem na Cinemateca Brasileira. Entre os dias 20 e 23 de março, os fãs de Coutinho poderão assistir a quatro de seus filmes: Cabra Marcado para Morrer, Peões, Santo Forte e Edifício Master. Após a exibição de cada um desses clássicos, haverá debates sobre o papel e a importância da sua obra para o cinema brasileiro. A entrada é franca.

Confira a programação:

20/3 - Quinta-feira, às 19h30
Cabra Marcado para Morrer
Mesa: Henri Gervaiseau, professor livre-docente pela Universidade de São Paulo

21/2 - Sexta-feira, às 19h30
Peões
Mesa: Leandro Saraiva, professor, jornalista, roteirista e diretor

22/3 – Sábado, às 18h00
Santo Forte
Mesa: Mateus Araújo, pós-doutorado em cinema pela Universidade de São Paulo

23/3 – Domingo, às 18h00
Edifício Master
Mesa: Ilana Feldman, doutora em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo

saibamais 600 pixels Eduardo Coutinho recebe homenagem na Cinemateca Brasileira

+ Curta o BlogDoc no Facebook

+ Siga o BlogDoc no Twitter

  • Espalhe por aí:
    • Digg
    • Facebook
    • Google Bookmarks
    • Live
    • Netvibes
    • RSS
    • Twitter
  • Imprimir:
  • Envie por e-mail:

Posts relacionados

Eduardo Coutinho é homenageado em Paris no Cinéma du Réel

Cabra Marcado para Morrer Eduardo Coutinho é homenageado em Paris no Cinéma du Réel

Cena do documentário Cabra Marcado para Morrer, de Eduardo Coutinho (Foto: Divulgação)

O Cinéma du Réel, festival internacional de documentários, realiza sua 36ª edição em Paris, entre os dias 20 e 30 de março. Neste ano, o cineasta Eduardo Coutinho, morto em fevereiro, será um dos homenageados, com dois de seus filmes exibidos em sessões especiais.

O longa-metragem Cabra Marcado para Morrer, vencedor do Cinéma du Réel Grand Prix em 1985, ganha espaço mais uma vez no festival. O projeto de Eduardo Coutinho do inicio dos anos 60 sobreviveu à ditadura e se tornou um clássico ao marcar o momento político vivido no Brasil.

O média-metragem Sobreviventes de Galileia será o outro filme exibido. A obra inédita, que também será apresentada no É Tudo Verdade 2014, mostra o retorno de Coutinho a Galileia quase 30 anos após o lançamento de Cabra Marcado para Morrer.

Outros três curtas-metragens brasileiros participam do festival. A que Deve a Honra da Ilustre Visita este Simples Marquês?, de Rafael Urban e Terence Keller, e O Arquipélago, de Gustavo Beck, disputam na competição internacional de curta-metragem. Adormecidos, de Clarissa Campolina, participa da mostra paralela Night Has Many Eyes.

saibamais 600 pixels Eduardo Coutinho é homenageado em Paris no Cinéma du Réel

+ Curta o BlogDoc no Facebook

+ Siga o BlogDoc no Twitter

  • Espalhe por aí:
    • Digg
    • Facebook
    • Google Bookmarks
    • Live
    • Netvibes
    • RSS
    • Twitter
  • Imprimir:
  • Envie por e-mail:

Posts relacionados