3
dez
2010

NOVA ZELÂNDIA ACESSÍVEL.

DSC03448 300x225 NOVA ZELÂNDIA ACESSÍVEL.


Ontem estive no lançamento da parceria do Grupo Pão de Açúcar com a Yealands Estate, um dos maiores produtores de vinho da Nova Zelândia. A partir de dezembro, os vinhos Yealands Estate estarão a venda na rede Pão de Açúcar, sendo quatro com a marca da vinícola, a Yealands Estate e, quatro sob a marca Club des Sommeliers, marca exclusiva do Grupo PA e que existe desde 2001 com um conceito de popularizar esta bebida com vinhos de boa qualidade a preços baixos. Hoje a linha oferece nada menos que sessenta rótulos, das seguintes procedências: Argentina, Chile, Portugal, Italia, França, Brasil, Africa do Sul Austrália e agora Nova Zelândia. E a época do ano não poderia ser melhor para lançar estes vinhos. Segundo Rodrigo Adura, gerente  comercial da categoria no Grupo Pão de Açúcar,  o lançamento é uma das apostas  para o verão pois são vinhos leves, que combinam com a estação, com o perfil do consumidor e com ótima relação custo beneficio”.    


Estavam presentes diretores e gerentes da Rede PA e representantes da vinícola, com destaque para a enóloga Tamara Washington e o Gerente de mercados Simon Kelly. Começando o almoço, que foi na Forneria San Paolo Daslu, uma breve apresentação da vinícola, que tem a sustentabilidade como DNA principal de seus vinhos e vinhedos. Localizada em Marlborough, a principal região de produção de vinhos da Nova Zelândia, ela tem uma produção sustentável com certificação "CarbonZero", entre outros destaques, como a energia utilizada, que é eólica e solar.


Depois, começamos a maratona de vinhos. Foram servidos os 8 rótulos que estarão nas lojas: Da linha Yealands Estate, o Sauvignon Blanc, Riesling, Gewurztraminer e Pinot Noir. Para a marca Club des Sommeliers, o Riesling, Pinot Noir, Sauvignon Blanc e Pinot Gris. E confesso que todos eles me surpreenderam. Eu tenho ido atrás de vinhos neo-zelandeses e tenho me impressionado muito com os vinhos de lá, principalmente os Sauvignon Blancs, que hoje são tidos como alguns dos melhores do mundo. De todos os que experimentei, queria destacar três:


- Yealands Estate Riesling 2009. Um vinho com aromas intensos, muita fruta (Pêra) e mineralidade, uma acidez média com um final médio-longo e corpo médio. Um vinho que pelos R$ 39,00 que vai custar vale muito a pena pois é um ótimo exemplar desta uva.


- Yealands Estate Pinot Noir 2009. Um vinho que é feito com blend de Pinot Noir de 2 diferentes regiões: Marlborough e Central Otago (Mais ao sul), de onde tem saído os grandes Pinots de lá. Um vinho intenso, com muita fruta vermelha, que passou em barricas francesas usadas, o que acabou dando mais estrutura a ele. Vinho de R$ 45,0o mas que parece bem mais.


- Club des Sommeliers Sauvignon Blanc 2009. Vinho jovem, fresco, frutado e muito pêssego no nariz. Acidez e corpo médios, com um bom final. Por R$ 35,00 é uma excelente opção de vinho branco e principalmente para quem quer provar um típico sauvignon blanc neo-zelandês. 


Os outros vinhos são todos interessantes, principalmente se considerarmos os preços que serão praticados. É uma boa prova para os que ainda tem preconceito com vinhos mais baratos e uma boa oportunidade para os que querem bons vinhos a preços justos! Belas apostas e que valem a pena serem provados!



CHEERS!!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com