12 11 10 04 Peru de natal recheado com castanhas 300x196 COMIDAS DE NATAL: PERÚ, CHESTER E TENDER. MAS E O VINHO?

 

Estamos há 1 semana do Natal e a 2 do Reveillón. E sempre nos deparamos com aquelas boas e velhas perguntas sobre harmonização de vinhos e as comidas típicas desta época do ano. Então farei uma série de Posts aqui no blog, cada um falando de um prato típico e com que tipo de vinhos podem harmonizar. E vamos começar por um TRIO que em geral tem as mesmas características e que podem entrar juntos neste tema: Peru, Chester e Tender.

 

 

Estas 3 aves tem textura e sabores parecidos quando temos que analisar suas características na harmonização. O que muda aqui é basicamente o molho e o modo de preparo, que nestes casos fazem toda a diferença e podem mudar da água pro vinho a harmonização. Se pegarmos estas aves isoladas, poderíamos já evitar de cara os vinhos mais encorpados e estruturados, como Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc e Tannat. Outros estruturados, porém, podem combinar: Malbec, pela sua sensação de doçura que a fruta madura lhe confere e que combina com alguns molhos agridoce, tipicamente servidos com estes pratos. A Shiraz, também sob a mesma ótica e principalmente se o prato tiver um toque de especiarias ou pimenta pode ir bem. Mas o melhor mesmo é optar por tintos de médio corpo como Merlots, ou tintos leves como os Pinot Noirs do novo mundo, especialmente os chilenos, neozelandeses, argentinos do Valle do Uco ou Patagonia e outros. Quem quiser optar pelos brancos, um Chardonnay com estágio em barricas pode cair como uma luva também. Brancos leves como Sauvignon Blanc, Torrontés ou Pinot Grigio podem perder a batalha de corpo e serem devorados pelos pratos.

 

 

Próximos pratos que vem por aí: Lombo, Bacalhau, Panetone e “comidinhas” como frutas secas, nozes e afins...

 

 

CHEERS!!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

EnoDeco no Instagram: @enodeco

Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!