lombo natalino 300x225 COMIDAS DE NATAL: LOMBO E BACALHAU. MAS E O VINHO?

 

Continuando com as nossas harmonizações de final de ano, vamos falar do do Lombo, que é uma outra carne que geralmente vemos nas mesas, fazendo companhia ou substituindo as aves. O lombo é uma carne um pouco mais forte e que pede um vinho mais encorpado que as aves que falamos no outro post. Boas opções poderiam ser Merlots, Cabernet Franc, Cabernet Sauvignon e Syrahs por exemplo. No caso destes 2 últimos, precisamos tomar cuidado para não serem extremamente encorpados. E no caso do Syrah, ainda tem uma outra coisa que precisamos prestar atenção: Como o molho que acompanha o lombo geralmente é bem diferentes dos agridoces das aves, dê preferência a um Syrah o velho mundo, como os Chateneuf-du-Pape, Cotes-du-Rhone ou outros syrahs. Os bons e velhos Bordeaux, além dos Riojas e Chiantis (Que são feitos com tempranillo e sangiovese respectivamente) podem ser ótimas opções também.

 

 

Há quem estraneh eu colocar o Bacalhau na lista de pratos de final de ano, mas eu já vi algumas vezes. Então, vamos lá: Este é um prato que pode ir de um branco leve como um Alvarinho, até um tinto mais encorpado como um Alentejano ou Douro, se nos restringirmos ao país típico deste prato, Portugal. Isto porque é um prato cheio de nuances e perigos para o vinho e as formas de se fazer um bacalhau são as mais variadas possíveis. Se seguir a dica de prestar atenção na intensidade aromática e peso dos ingredientes, já tem um bom caminho andado, lembrando que o bacalhau por si só já é untuoso, com certo corpo. Ingredientes leves vão pedir um vinho branco, mas com certo peso/corpo. Ingredientes mais pesados, vinhos mais encorpados. Mas muito cuidado com os taninos em excesso pois eles podem jogar a harmonziação ralo abaixo.

 

No próximo e último post, os panetones!!!

 

 

CHEERS!!
Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

Siga o EnoDeco no Twitter!
Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!