28
mar
2014

Vinho da Semana: Long Row Shiraz 2010

Postado por andrerossi às
09h00

021438 Ampliada 300x300 Vinho da Semana: Long Row Shiraz 2010

 

Vinho: Long Row Shiraz 2010.

Produtor: Angove.

Origem:  Southe Australia (Australia).

Uvas: Shiraz (Syrah).

Importadora: World Wine

Preço Aproximado: R$ 71,00

 

 

O Brasileiro nunca conheceu muito bem a uva Syrah. Até que os Australianos começaram a chegar aqui com a Shiraz, mesma uva, com nomes diferentes. Uma uva que, se vinificada bem, dá bons vinhos, redondos e bem fáceis de beber. Desde os mais jovens, furtados e macios, até os mais encorpados, intensos e tânicos, a Syrah pode dar vinhos de A a Z, para todos os gostos.

 

 

E o Long Row é uma boa prova de como um Shiraz Australiano pode ter um bom custo-benefício e ser fácil de tomar. Dá até pra falar que é um bom exemplo pra ilustrar o que esta uva é capaz de fazer por lá, já que é tida como a uva ícone de lá e que ganhou fama no mundo. Madeira bem equilibrada, boa acidez, taninos bem resolvidos e macios. Um vinho extremamente agradável e fácil de tomar! Pra harmonizar? Uma boa carne vermelha com molhos intensos e condimentados vai muitíssimo bem!

 

 

 

CHEERS!!

EnoDeco no Instagram: http://instagram.com/enodeco

Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
5
mar
2014

#CBE / Vinho da Semana: Amalaya Blanco 2012

 #CBE / Vinho da Semana: Amalaya Blanco 2012

 

Vinho: Amalaya Blanco 2012.

Produtor: Amalaya.

Origem:  Salta (Argentina).

Uvas: Torrontés e Riesling.

Importadora: Decanter

Preço Aproximado: R$ 46,60

 

 

O tema deste mês na Confraria Brasileira de Enoblogs este mês ficou a por minha conta. Sendo esta a minha vez de escolher o tema, resolvi pensar em algo diferente que não tivesse sido tema ainda. Como costumamos beber muitos vinhos brancos varietais, ou seja, feitos com uma única uva. Sauvignon Blanc e Chardonnay são sem dúvida as mais pedidas. Torrontés, uva que anda ganhando espaço nas nossas prateleiras e é um dos grandes destaques da Argentina, também tem aparecido com mais frequência. Então, para ser um pouco diferente, o tema escolhido foi "Vinho Branco de Corte, de qualquer faixa de preço".  E aproveitando minhas idas ao país hermano, resolvi colocar um vinho que gosto muito, cada vez mais.

 

 

O Amalaya Blanco 2012 é um vinho diferente. A começar pela região argentina que ele é produzido: Cafayate (Província de Salta) não é tão conhecida como Mendoza, porque não é a principal região produtora em volume. Mas certamente não por causa da qualidade dos vinhos, que tem surpreendido e encantado. Lá em Cafayate, região extremamente seca e quente (mas com noites frias) estão os vinhedos mais altos do mundo, alguns acima de 3.000 mts de altitude. E a vinícola Amalaya é uma das principais de lá.

 

 

Falando do vinho, digo que ele é diferente pois é um corte que nunca vi igual: Torrontés e Rielsing. Mesmo que seja uma parcela pequena de Riesling (10%), neste vinho, ela faz a diferença porque agrega muito. É um vinho leve, extremamente agradável e que tem o típico floral e frutas brancas intensas, mas tem também um toque mineral e cítrico que a Riesling agrega. Um vinho muito bacana para se tomar na piscina, para acompanhar queijos e aperitivos e até mesmo pratos mais elaborados à base de frutos do mar e peixes. Um corte diferente. Um vinho diferente.

 

 

 

CHEERS!!

EnoDeco no Instagram: http://instagram.com/enodeco

Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
28
fev
2014

Vinho da Semana: Les Salices Pinot Noir 2012

francois lurton les salices pinot noir vin de pays d oc france 10487072 300x300 Vinho da Semana: Les Salices Pinot Noir 2012

 

Vinho: Les Salices 2012.

Produtor: Francois Lurton.

Origem:  Languedoc (França).

Uvas: Pinot Noir.

Importadora: Zahil

Preço Aproximado: R$ 77,00

 

 

O Carnaval tá aí. O calor deu uma amenizada, mas ainda está dando o ar da graça. Então, sabendo que nós tomamos sempre mais tintos do que brancos no geral (Sim, tem gente que toma mais branco ou espumante), pensei num vinho que pudesse nos acompanhar no calor e no carnaval. E este vinho é um Pinot da França, de fora da Borgonha e com um custo interessante.

 

 

O Les Salices é um vinho bacana, leve, para se beber sem frescuras e sem compromisso. Aquele vinho fácil, mas que tem consistencia, tem personalidade. Vindo de uma região que o forte são uvas mais encorpadas como Grenache e Syrah, entre outras, este Pinot se saiu muito bem. Leve, com boa fruta, boa acidez, final médio/longo e bom para se beber sozinho ou até mesmo para acompanhar pratos de corpo leve/médio, como frutos do mar ou queijos no geral. Bela pedida para estes dias quentes e alegres de carnaval.

 

 

 

CHEERS!!

EnoDeco no Instagram: http://instagram.com/enodeco

Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
28
jan
2014

Vinho da Semana: Cipresseto Rosato 2012

Postado por andrerossi às
15h21

202016 CIPRESSETO ROSATO ANTINORI 300x300 Vinho da Semana: Cipresseto Rosato 2012

 

Vinho: Cipresseto 2012

Produtor: Antinori

Origem:  Toscana (Italia).

Uvas: 75% Sangiovese e 25% de Outras Uvas.

Importadora: Wine Brands

Preço Aproximado: R$ 54,00

 

 

Poucos produtores no mundo tem a história, fama e competência da família Antinorim que é originária da Toscana, mas que hoje produz vinhos praticamente na Itália inteira. Mas este vinho rosé vem do coração da Toscana, na Tenuta Santa Cristina, uma das principais propriedades da família. E pelo preço e calor que estamos passando, é uma belíssima oportunidade!! Feito com base de Sangiovese, uva base dos vinhos toscanos, é um vinho extremamente saboroso, com uma acidez maravilhosa e um final longo. Um vinho versátil, que vai bem na piscina ou na mesa, acompanhando um peixe, um aperitivo ou frutos do mar. Um belo achado para estes dias de Janeiro e Fevereiro!

 

 

 

CHEERS!!

EnoDeco no Instagram: http://instagram.com/enodeco

Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
6
jan
2014

Os Melhores de 2013 no EnoDeco

Postado por andrerossi às
14h42

The Best of 2013 300x179 Os Melhores de 2013 no EnoDeco

 

Amigos, em primeiro lugar queria desejar um feliz ano novo, com muita paz, saúde e claro, bons vinhos!! Que seja um ano marvilhoso para todos nós!! Queria aproveitar e me desculpar pela ausência que tive no final de ano. Há muito tempo sem férias, precisei me desligar um pouco para poder descansar a cabeça e volta em 2014 à todo vapor! E assim começarei!

 

 

E queria iniciar os trabalhos citando abaixo, como de costume, os 5 melhores vinhos da coluna “Vinho da Semana” de 2013 aqui no blog. Foram vinhos que tomei e que achei bem bacana, levando em consideração a qualidade, mas também a relação preço-qualidade. Não são necessariamente os melhores vinhos que tomei, pois alguns deles fogem um pouco do perfil de “Vinho da Semana” que são vinhos mais acessíveis. Então vamos lá:

 

 

 

1. Torres Ibéricos Crianza 2009: Não canso de dizer que os vinhos espanhóis estão na moda no mundo todo, assim como a culinária espanhola, que tem ganhado o mundo com seus sabores! E ando numa fase de procurar vinhos espanhóis com bom custo-benefício. E este vinho é mais um grande achado lá da península ibérica. Importado pela Devinum.

 

 

 

2. La Celia Reserva Cabernet Franc 2010: Este Cabernet Franc Reserva é um belo exemplar do que esta uva pode fazer na Argentina. E com um preço bem acessível. De cor púrpura bem intensa, o nariz é pura fruta. Ameixas, amoras e cerejas tomam conta do vinho, que tem um toque leve de madeira, mas o que o produtor quer passar com esta linha é a fruta presente neles. Na boca é encorpado, acidez bem equilibrada e taninos macios, apesar de ser um vinho novo (2010). O álcool ainda salta bem no começo, mas depois ele ameniza com tempo de taça. Final longo e um belíssimo vinho por menos de R$ 50,00, que foge dos "Malbecões"argentinos. Importado pela Interfood.

 

 

 

3. Kloof Street Rouge 2009: Não é de hoje que tenho me impressionado com os vinhos Sul-Africanos. Cada vez mais consistentes e com uma variedade grane de vinhos, fugindo da sua uva ícone, a Pinotage, os sul-africanos vem ganhando destaque no mundo por seus tintos e brancos principalmente.  Com uma base de Syrah, ele tem uvas típicas da região do Rhone (França) em seu corte. É um vinho bem complex e bacana. Importado pela “Qual Vinho”.

 

 

 

4. Calia Alta Shiraz/Cabernet Sauvignon 2011: Aí está uma faixa de vinho difícil de garimpar coisas honestas no Brasil. Tem algumas coisas interessantes sim, mas com as margens que os importadores colocam e os monstruosos impostos, fica praticamente inviável termos aqui bons vinhos nesta faixa de preço. Mas quando encontro algo, fico muito feliz. E é o caso deste vinho. Tive o prazer de visitar esta vinícola no final do ano passado, na região de San Juan, norte da Provincia de Mendoza. E pude provar toda a extensa linha de produtos deles. Vinhos honestos, muito bem feitos e que fazem bonito em suas faixas de preço. É disto que precisamos! Importado pela Zahil.

 

 

 

5. Promessa  Organico 2009: A Puglia é a região italiana conhecida como "Salto da Bota" e no mundo vinícola, a região que faz grandes vinhos com a uva Primitivo, que é a mesma uva que a Zinfandel, uva bem conhecida nos Estados Unidos. Porém, nem só de Primitivo vive a Puglia. Uvas internacionais como Cabernet Sauvignon, Merlot e Syrah tem se saído muito bem por lá. E é exatamente com estas duas últimas que este ótimo produtor faz este vinho, de excelente custo x benefício. Importado pela Ravin.

 

 

CHEERS!!

EnoDeco no Instagram: http://instagram.com/enodeco

Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
25
nov
2013

Vinho da Semana: Aylin Pinot Noir 2011

Postado por andrerossi às
14h36

Vinho: Aylin Pinot Noir 2011

Produtor: Agricola La Viña

Origem:  San Antonio (Chile).

Uvas: Pinot Noir

Importadora: Premium Wines

Preço Aproximado: R$ 56,76 

 

 

O Vale de San Antonio, no litoral do Chile, já está muito bem estabelecido como boa referência de uvas brancas como Sauvignon Blanc e Chardonnay e também uma tinta em particular, a Pinot Noir. Uva que eu chamo de "a mais branca de todas as tintas" exatamente por estar geralmente plantada perto de uvas brancas, devido a sua delicadeza. Mas nem sempre se acham Pinots bons e baratos por lá. E acho que a descoberta do Aylin é uma boa para os dias quentes do verão e por um custo justo e honesto. Um típico Pinot do Chile, da cor ao final de boca. Um vinho extremamente bem feito, equilibrando acidez, alcool, taninos bem suaves, muita fruta no nariz e na boca e um boa persistência. Por pouco mais de 50 pilas, é uma ótima opção e que mostra que a região é uma referência em Pinots bem feitos. Vale a pena!

 

 

 

CHEERS!!

EnoDeco no Instagram: http://instagram.com/enodeco

Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
12
out
2013

Vinhos da Semana: Baladero Malbec 2007 e Baladero Cabernet Sauvignon 2009

Postado por andrerossi às
14h09



 

Vinhos: Baladero Malbec 2007 / Baladero Cabernet Sauvignon 2009

Produtor: Fermasa

Origem:  Mendoza (Argentina).

Uvas: Malbec / Cabernet Sauvignon

Importadora: Barrica Negra

Preço Aproximado: R$ 33,50 

 

 

Pela primeira vez eu coloco nesta coluna de "Vinho da Semana" dois vinhos juntos. Explico: Tomei estes 2 vinhos na mesma ocasião, colocando-os lado a lado para fazer uma comparação entre eles, já que fazem parte da mesma linha, mas são de uvas diferentes. E safras também. Mas queria fazer esta brincadeira, principalmente por se tratar de vinhos de uma faixa de preço extremamente competitiva.

 

 

E posso dizer que os vinhos surpreenderam Os dois vinhos chamaram a atenção por serem fáceis de beber e muito bem feitos, sem arestas a serem aparadas. Macios e sem álcool sobrando! Acidez, corpo, persistência… tudo muito bem equilibrado. O Malbec, já por ter mais idade (6 anos), já está mais evoluído, mas para um vinho de pouco mais de R$ 30,00, aguentou bem os 6 anos. Mas não deve segurar muito mais tempo, então melhor tomar agora, enquanto está em plena forma. Já o Cabernet Sauvignon, com mais potencia, se mostra como um legítimo Cabernet da Argentina. Potente, bem aromático, ótimo corpo e macio. Se seguir o irmão Malbec, deve aguentar bem mais uns 2-3 anos.

 

 

Resumo da ópera: Belíssimas opções por pouco mais de "30 dinheiros". Vinho bom para o dia a dia e que vai bem com uma bela carne.

 

 

 

CHEERS!!

EnoDeco no Instagram: http://instagram.com/enodeco

Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
18
jul
2013

Vinho da Semana: Domaine Triennes Les Aureliens 2008

Postado por andrerossi às
10h35

DTR0104008 copia 174x300 Vinho da Semana: Domaine Triennes Les Aureliens 2008

 

Vinho: Domaine Triennes Les Aureliens Rouge  2008

Produtor: Domaine Triennes

Origem:  Provence (França).

Uvas: Cabernet Sauvignon e Syrah.

Importadora no Brasil: Expand.

Preço Aproximado: R$ 64,80 (Em promoção! Preço normal é de R$ 108,00)

 

 

Quem disse a Provence só faz bons vinhos rosés? Este Les Aureliens prova que os tintos de lá são bem bacanas e valem a pena serem experimentados! Elaborado por Jacques Seisses e Albert de Vilaine (co-priprietário do mítico Domaine de La Romanée Conti), este vinho leva Cabernet Sauvignon e Syrah, que são algumas das uvas mais importantes de lá. Um vinho redondo, pronto para ser tomado, que é macio, com taninos redondos e que vai muito bem se acompanhar uma carne de caça, um cordeiro ou mesmo uma carne vermelha. Passou 12 meses em barricas de carvalho francês e por este preço, vale a compra!

 

 

CHEERS!!

EnoDeco no Instagram: http://instagram.com/enodeco

Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
2
jul
2013

#CBE: Luca Beso de Dante 2009

117385l #CBE: Luca Beso de Dante 2009

 

Vinho: Luca Beso de Dante 2009

Produtor: Laura Catena

Origem:  Mendoza (Argentina).

Uvas: Cabernet Sauvignon e Malbec.

Importadora no Brasil: Vinci.

Preço Aproximado: R$ 130,00.

 

 

Um tema no mínimo curioso e ousado, nos propôs este mês o nosso amigo Claudio Werneck, do Le Vin au Blog. Um dos grandes e queridos amigo que fiz no mundo do vinho, Claudio aproveitou para sair do padrão e propôs um tema que fez sucesso e foi uma boa desculpa para que muitos de nós, confrades da CBE - Confraria Brasileira de Enoblogs,  abríssemos vinhos que estavam escondidos ou sem data para beber. Com o tema "Abra aquele vinho mais especial da sua adega", Claudio provocou. E teve o que queria: Confrades abrindo vinhaços ou vinhos significativos. Que foi o meu caso.

 

 

Já peço desculpas para o Claudio por não abrir o melhor. Mas ele vai entender que nem sempre o melhor é em termos de qualidade. No meu caso, é um belíssimo vinho, mas o significado vale uma vida, a vida do meu filho Luca. E este é ainda mais especial, pois é a safra do ano que ele nasceu: 2009. Como o Claudio (E a Rafa, queridíssima companheira do Claudio) e alguns confrades conhecem o meu pequeno Luca, acredito que a escolha vá ser aprovada.

 

 

Falando do vinho: Feito pelas mão da filha de Ernesto Catena, Laura Catena, este é um daqueles vinhos para "comer de garfo e faca". Um vinho que pede comida e que tem uma loooooonga vida pela frente. Evitando as descrições técnicas, é um vinho que tem o nariz extremamente intenso, com muita fruta e madeira, num equilíbrio perfeito. Na boca, é bem encorpado, com taninos macios e agradáveis e final longo, muito longo. Um vinho que precisa de uma meia hora de respiro antes para poder melhorar e abrir um pouco. Mais um belo exemplar da capacidade da família Catena.

 

 

Um vinho especial, com um dos maiores significados da vida para mim.Um vinho especial, de uma safra especial, para ser bebido com pessoas especiais. E para ser aberto seguindo a proposta de pessoas especiais!

 

 

CHEERS!!

EnoDeco no Instagram: http://instagram.com/enodeco

Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
21
jun
2013

Vinho da Semana: Callia Alta Shiraz-Cabernet Sauvignon

Postado por andrerossi às
10h10

1229  20832 zoom 201x300 Vinho da Semana: Callia Alta Shiraz Cabernet Sauvignon

 

Vinho: Callia Alta Shiraz/Cabernet 2011

Produtor: Bodegas Callia

Origem:  San Juan (Argentina).

Uvas: Shiraz e Cabernet.

Importadora no Brasil: Zahil.

Preço Aproximado: R$ 28,00.

 

Aí está uma faixa de vinho difícil de garimpar coisas honestas no Brasil. Tem algumas coisas interessantes sim, mas com as margens que os importadores colocam e os monstruosos impostos, fica praticamente inviável termos aqui bons vinhos nesta faixa de preço. Mas quando encontro algo, fico muito feliz. E é o caso deste vinho.

 

 

Tive o prazer de visitar esta vinícola no final do ano passado, na região de San Juan, norte da Provincia de Mendoza. E pude provar toda a extensa linha de produtos deles. Vinhos honestos, muito bem feitos e que fazem bonito em suas faixas de preço.

 

 

Este Shiraz/Cabernet é um vinho fresco, de bom corpo e com taninos bem macios e redondos. Final médio-longo, num vinho equilibrado e por menos de R$ 30,00, uma bela escolha! É disto que precisamos!

 

 

 

CHEERS!!

EnoDeco no Instagram: http://instagram.com/enodeco

Siga o EnoDeco no Twitter!

Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com