Publicado em 16/11/2009 às 13h38

As Preferências das Mulheres

 As Preferências das MulheresLi no site da Revista Adega, uma pesquisa realizada com mulheres blogueiras, a pedido da Wine, loja virtual de vinhos, que avaliou como é a relação delas com o vinho, e em que ocasiões o consomem. As conclusões gerais foram bem interessantes: a maioria destas mulheres prefere beber durante encontros romanticos ou para comemorar algo. E eles realmente acreditam que o vinho faz bem à saúde. Vamos a alguns outros pontos:

.:. Procedência da bebida: 39% consideram "muito importante"; 50% dão importância mediana.

.:. Países preferidos: França e o Chile, com algumas outras menções a Portugal, Itália e Argentina.

.:. Faixa de Preço: A preferência é por vinhos mais baratos, na faixa de 15 a 40 reais.

.:. Tipo de Uva: Preferem os vinhos produzidos a partir de uma única uva; 83% levam em conta o tipo de uva ao escolher a bebida. As variedades mais citadas foram as tintas: Carménère, Syrah, Merlot e Cabernet Sauvignon. E cadê os vinhos brancos? Bom, pelo jeito elas tem grande preferência pelos tintos, afinal apenas 15% priorizam o vinho branco. Apareceram também o vinho do porto, com 9% e o Rosé com 3%. Pra quem dizia que os Rosés são vinhos femininos, aí está um indício de que não é bem assim. Os espumantes também foram muito citados, com 30%.

Achei uma pesquisa interessante, mas que precisamos lembrar que o público pésquisado foi um público conhecedor e pode não refletir a média das mulheres em geral.

Então, um CHEERS especial a estas criaturas que nos fazem felizes... E gostam de vinho!

Publicado em 15/11/2009 às 23h13

Vinho da Semana: Remole IGT 2007

 Vinho da Semana: Remole IGT 2007** Remole IGT 2007 **

Produtor: Frescobaldi
Origem: Toscana (Itália)
Uvas: Sangiovese e Cabernet Sauvignon
Safra: 2007
Importadora: Grand Cru
Preço Aproximado: R$ 64,00

Este é um belo vinho italiano em sua faixa de preço. Já havia bebido este vinho antes, quando ainda era distribuído pela Terroir. Feito pela mão competentes do Marchesi di Frescobaldi, é um vinho jovem, que traz a leveza da Sangiovese com a estrutura da Cabernet Sauvignon. Um vinho, portanto, equilibrado. Uma boa pedida para o final de ano, e que pode ser bebido até um pouco mais freco que a temperatura usual dos tintos.

CHEERS!!
Publicado em 12/11/2009 às 13h33

Novidade Miolo para o Final do Ano

 Novidade Miolo para o Final do AnoA Miolo Wine Group está preparando uma novidade para o final de ano, época de muitas comemorações e que o consumo de espumantes aumenta bastante. Eles vão lançar em novembro, a linha Miolo Cuvée Tradition. Elaborada pelo tradicional método francês champenoise, aonde a segunda fermentação é feita na garrafa e não em tanques como no método charmat, que é um método mais novo e industrial. Até por esta razão os Champanhes, que são feitos através do método champenoise são bem mais caros, pois este processo é artesanal e requer maiores cuidados e o charmat é mais industrial.

A nova linha é composta por três produtos produzidos e engarrafados no próprio Vale dos Vinhedos: Brut, Brut Rosé e Demi-Sec. Segundo Adriano Miolo, diretor técnico do grupo, a nova linha substituirá os consagrados Miolo Brut e o Miolo Brut Rosé, pois a linha Cuvée Tradition é uma evolução destes produtos”.

O lançamento do Cuvée Tradition tem o desafio de consolidar a liderança da empresa como uma das maiores produtoras de espumantes das Américas pelo método champenoise e conquistar consumidores que valorizam a tradição e a qualidade evidenciadas por esse método de elaboração. Assim como as champanhes francesas, os espumantes da linha serão elaborados com as uvas Pinot Noir e Chardonnay. Além dessas duas uvas, o corte do Miolo Brut era feito com a merlot.

O projeto Cuvée Tradition exigiu investimentos de aproximadamente R$ 5 milhões e os recursos foram aplicados na modernização dos vinhedos e em máquinas específicas para o champenoise. O projeto determinou a automatização de todo o sistema da vinificação com alta tecnologia objetivando viabilizar um sistema artesanal em escala de produção. A tecnologia foi importada da Europa e desenvolvida no Brasil.

Acho que estes produtos não ficam nada atrás de alguns proseccos que vemos e bebemos nas festas de final de ano e aqui vai uma provocação minha para os leitores, que é para privilegiarmos e estimularmos o consumo dos nossos ótimos espumantes!!

CHEERS!!
Publicado em 10/11/2009 às 16h21

Ele Chegou!

 Ele Chegou!Pronto! Chegamos em Novembro, mês que muitos enófilos gostam de testar ano após ano, o resultado do Beaujolais Noveau, vinho jovem, feito de uvas Gamay, que tem uma tradição que começou em Lyon e que hoje já atinge o mundo todo. Uma ação de puro marketing, já que para os seguidores desta tradição, é muito mais importante beber o quanto antes o vinho do que avaliar sua qualidade.

Ano passado já postei um texto sobre este "vinho marqueteiro". Não vou repetir novamente aqui apenas para ocupar espaço... então, aos qu quiserem relembrar, o post é este.

Já comecei a receber e-mails sobre a chegada do exemplar deste ano. A Mistral foi a primeira a mandar, para divulgar o vinho de seu produtor, o famoso Joseph Drouhin. Certamente outros virão nos próximos dias.

Consta que a safra de 2009 produziu ainda menos quantidade do que a safra do ano passado, que já havia sido a menor dos últimos 15 anos. Graças aos rendimentos muito baixos nos vinhedos, a qualidade dos Beaujolais Nouveau 2009 está excelente, com vinhos mais concentrados.

Aos que experimentarem e quiserem postar suas impressões, o espaço está aberto como sempre!

Como dizem os franceses nesta época do ano, Le Beaujolais Nouveau est arrivé!!!

CHEERS!!

Publicado em 09/11/2009 às 16h06

Iniciativa Inédita e Deliciosa!

 Iniciativa Inédita e Deliciosa!O mundo do vinho, como sabemos, costuma atrair cada vez mais adeptos e curiosos. Cada um na intensidade que lhe convém: Uns mais intensamente, outros menos. Um caso de alguém que realmente mergulhou neste mundo foi mostrada pelo engenheiro agrônomo brasileiro Leori Hermann, que junto com amigos, fundou um formato de clube inédito em Curitiba: Eles compraram um lote de Cabernet Sauvignon em Santa Catarina, conseguiram o apoio da Vinícola Franco-Italiana, de Colombo, que cedeu as instalações, e ainda contaram com a consultoria de dois enólogos da Serra Gaúcha para fazerem um vinho produzido por eles. E as primeiras garrafas já saíram.

Mas a idéia inicial não era esta. Eles queriam apenas comprar as uvas e contratar um enólogo para vinificá-las. Mas,resolveram ir mais além e testar seus dotes enológicos. O grupo passou a se reunir periodicamente na Vinícola Franco-Italiana, assumindo todas as decisões que ocorrem durante o processo, com a consultoria dos 2 enólogos gaúchos.
A única etapa que não foi acompanhada pelo grupo foi a produção e crescimento das uvas, já que as compraram prontas de uma vinícola de Santa Catarina. Mas na próxima safra a proposta é que os participantes acompanhem esta etapa também, completando assim todo o ciclo de produção do vinho. E a boa notícia é que o clube está aberto a novos, poucos e sortudos participantes.

Mais informações podem ser conferidas no blog http://www.wineclubefrancoitaliano.blogspot.com/. O blog traz fotos e informações legais. Vale a pena a visita para ter uma noção de como foi esta experiência deles!

CHEERS!!
Publicado em 08/11/2009 às 13h31

Vinho da Semana: Viñas del Vero Syrah Coleccíon 2004

 Vinho da Semana: Viñas del Vero Syrah Coleccíon 2004 ** Viñas del Vero Syrah Coleccíon 2004 **

Produtor: Viñas del Vero
Origem: Somontano (Espanha)
Uvas: Syrah
Safra: 2004
Importadora: Mistral
Preço Aproximado: R$ 55,00
Este é um belo achado da Mistral, de uma região ainda pouco conhecida. Somontano fica no nordeste da Espanha, quase divisa com a França e é uma D.O (Denominação de Origem) relativamente recente (1985). O vinho é um ótimo custo-benefício e que levou 93 pontos do Guia CAMPSA, importante guia espanhol de restaurantes e vinhos. Um vinho agradável, estruturado, que passa 10 meses em barricas novas de carvalho francês. Uma boa compra!
CHEERS!!
Publicado em 06/11/2009 às 12h50

Eventos Borbulhantes

 Eventos Borbulhantes Final de ano se aproximando e com isto, as comemorações começam a todo vapor. Já em Novembro teremos 2 eventos bacanas, focados numa bebida sensual, cheia de charme e história: O Champanhe. A Wine School do amigo RicardoBohn Gonçalves e a Grand Cru estão organizando jantares tendo a Champanhe como astro principal. Vamos a eles:

Wine School.
Como já é tradicional no mês de Novembro, A wine School realiza uma degustação de Champanhes com um cardápio especialmente harmonizado. As Champagnes servidas serão:

- Duval Leroy Fleur de Champagne Brut
- Laurent Perrier BrutDrappier
- Carte D'Or Brut
- Piper Heidsieck Brut
- Delamont Brut
- Drappier Brut Nature Zero Dosage

O cardápio será composto de:
Entrada: Salada com quiche de alho poró
Prato Principal: Risoto de Cogumelos com aromas de trufas
Sobremesa: Merengue de Morango com calda de menta

Local: Philippe Bistrô - Rua Normandia, 103 Moema - SP
Valor: R$ 170,00 (incluído jantar, champagnes, águas, café e serviço)
Data: 3ª e 4ª feira - 10 e 11 de Novembro de 2009
Horário: 20:00h

Para mais informações:
Tel: (11) 3676-1781

Grand Cru.
A importadora está lançando a campanhe Gosset em seu catálogo. Esta que é a mais antiga produtora de champanhes e tem produtos maravilhosos!

O jantar será no restaurente La Mar e terá seu menu composto de:
Prato 1: Tiradito Laqueado
Champanhe: Gosset Brut Excellence.
Prato 2: Cevihe "Tifa"
Champanhe: Gosset Grand Reserve Rosé
Prato 3: Tacotaco com Polvo
Champanhe: Gosset Millesime 1999

Prato 4: Crocante de Camucamu
Champanhe: Gosset Grand Reserve Rosé

Informações com Patricia Aires - 3062-6388:
Local: Restaurante La Mar
Data: 17 de Novembro 2009
Horário: 20:00
Valor : R$ 190,00

CHEERS!!
Publicado em 04/11/2009 às 18h37

CONFRARIA DOS PUBLICITÁRIOS: TERRA DE GIGANTES.

 CONFRARIA DOS PUBLICITÁRIOS: TERRA DE GIGANTES.Quinta-Feira passada, 29.10, tivemos mais um capítulo da confraria dos publicitários. E como tem sido em todas as outras, o nível está subindo cada vez mais. O nosso passeio por Bordeaux foi sensacional. Foi um jantar que nos fez literalmente nos sentirmos na região vinícola mais famosa do planeta. Claro que há pessoas que vão falar que é a mais famosa é Champanhe e outras que vão falar que é a Borgonha. Mas para mim, Bordeaux é a principal região vinícola do planeta!

As duplas desta vez resolveram apelar, no bom sentido. E ainda tivermos, para começar os trabalhos, uma surpresa levada pelo meu dupla, Marcio, o Íris du Gayon, um vinho que tem uma produção limitadíssima feita entre o Mouton e o Lafitte Rotshild. Uma localização de dar inveja a qualquer ser humano.

O local escolhido foi a Vinheria Percussi, e fomos servidos e muito bem tratados pelo já conhecido sommelier Jonas. Um tratamento VIP. Depois de começarmos com a surpresa levada pelo Marcio, O Íris du Gayon (Fazendo uma homenagem ao confrade Gustavo Gaion), começamos os trabalhos às cegas. Um vinho mais surpreendente que o outro. O que nos fez ter uma votação diferente, pois o nível estava muito alto. Tivemos que escolher 2 dentre os 4 vinhos, para fazerem uma final. Os vinhos com maior votação foram o 3 e 4, que até então não sabíamos quais eram. Com isto, desvendamos os 2 primeiros vinhos: Château Kirwan 2004, 88 pontos WS, levado pelo Edu e pelo Gaion. O outro foi um Clerc Milon 2003, 93 pontos WS, levado por mim e pelo Marcio.

Com isto, o meu medo se tornava cada vez mais forte: Será que o Gomez ou o Dado, que já eram bi-campeões, iam levar o Tri. Como estavam em duplas separadas, certamente um dos dois seria Tri. Então, que fosse o Gomez, um tricolor carioca gente boa e menos chato que o Dado, corinthiano sofredor e que certamente iria me encher muito mais o saco. Até porque ele faz parte da nossa outra confraria, então eu teria que aturar a encheção por mais tempo. Como a Lei de Murphy impera nestas horas, ao desvendar o ganhador, o vinho número 4, vi que eu estava perdido. Sim, o Dado levou o Tri, formando dupla com o Herbert, que pelo menos é são-paulino. Mas a encheção de saco, que ainda persiste, valeu a pena. Fred e Gomez, os vice-campeões emplacaram um Chateau Lascombes 2003, 91 WS que estava maravilhoso. E o vinho que foi quase unânime da dupla vencedora, foi nada menos que um Chateau Pavie 2003, 96 pontos WS. Um legítimo Bordeaux, maravilhoso, perfeito. E arrisco-me a dizer que foi o melhor vinho que tomamos até hoje na confraria.

Com isto, encerramos mais uma etapa, a penúltima do ano. A última, porém, promete ser, além de diferente, muito empolgante. Teremos a presença das mulheres de todos os confrades e assim sendo, começaremos, para comemorar o ano, com Champanhes e depois iremos para um belíssimo desfile de Brunellos. O problema é não sobrar ninguém pra contar estória depois...
CHEERS!!
Publicado em 03/11/2009 às 18h28

Catálogos e News das Importadoras – Novembro/09

 Catálogos e News das Importadoras   Novembro/09Recebi recentem,ente uma “revista” da World Wine bem interessanten e que foge do padrão das malas diretas que as importadoras costumam enviar. A revista, chamada “World Wine Desgusta”, é uma edição especial aos vinhos franceses.

Ela começa falando da histórica safra de 2005, explicando os motivos pela quais ela é considerada uma safra extremamente especial (e cara!). Fala por exemplo que em Bordeaux, tivemos 8 vinhos que mereceram 100 pontos da Wine Spectator.

Traz uma outra seção com harmonizações de alguns vinhos franceses do catálogo deles, feitas por importantes chefs, como Benny Novak (ICI Bistrô), Laurent Hervé (EAU – Hyatt), Olivier Anquier e Sabastian Cassi (Le Buteque). Além disto, traz uma entrevista com François Perrin, proprietário do Chateau de Beaucastel e Dominique Laurent, um dos negociants mais famosos do mundo, que tem suas raízes na Borgonha.

Além disto, é claro, tem alguns vinhos especiais em oferta, afinal, o catálogo é de uma importadora, né? Mas de todos os que eu tenho recebido, certamente este foi o catálogo mais equilibrado entre conteúdo e ofertas.

Se todos fossem assim, seria bem melhor...

CHEERS!!
Publicado em 02/11/2009 às 20h31

Novidades da Viu Manent

 Novidades da Viu Manent A competente vinícola chilena Viu Manent, sobre a qual já falei algumas vezes aqui no blog, prepara algumas surpresas para o enófilos. A primeira delas é o lançamento do Pinot Noir da linha Secreto, a linha básica da vinícola, mas nem por isto de qualidade inferior. Pelo contrário: Muitas vinícolas investem pouco em seus vinhos básicos, resultando em vinhos demasiadamente simples e sem expressão. Os Secretos são vinhos muito agradáveis (Já tomei o Syrah e o Carmenère) e bem estruturados. Agora, o Pinot Noir vem para dar um pouco mais de delicadeza à esta linha, que tem rótulos bem diferentes e interessantes.

A outra novidade fica por conta de um movimento que muitas vinícolas argentinas e chilenas estão fazendo. Já que a Viu Manent é conhecida por fazer o melhor Malbec do Chile, nada mais justo que atravessar a cordilheira e se aventurar em terras argentinas. Si, eles estão fazendo seu primeiro vinho argentino, com uma casta que conhecem muito bem. E o resultado deste projeto chama-se VIBO, um Malbec que promete deixar muitos concorrentes pra trás.

E quem sabe não resolvem fazer na Argentina o que fizeram no Chile? Vai que eles resolvem fazer o melhor Carmenère argentino??? Vamos esperar e conferir.

CHEERS!!

Perfil

André Rossi (Déco), 37 anos, é formado pelo instituto inglês Wine & Spirits Education Trust (WSet) nos níveis 1 - Foundation, 2 - Intermediate e 3 - Advanced, cursados em Nova York. Atualmente está cursando o quarto e último nível do WSET, o “Diploma”.

É também um dos únicos cinco Brasileiros residentes no país a ser credenciado como Professor deste mesmo WSet, tendo sido aprovado pelo WSet Educator Training Program 2011, em Nova York.

Editor e Idealizador do Blog EnoDeco, que é hoje o blog oficial de vinhos do portal R7, um dos blogs de vinho mais acessados do Brasil, e que já foi indicado pelo Guia 4 Rodas 2009 como um dos 10 melhores eno-blogs do Brasil.

Colunista da Revista Cool Magazine, da Revista Online Bloggers e também Editor de Vinhos da 4a. Edição do Flavour Guide , projeto anual do crítico gastronômico Josimar Melo. É jurado e avaliador de vinhos de vários eventos e revistas especializadas.

Há 2 anos é o Relações Públicas da Wines of Argentina (WofA), associação das melhores e principais vinícolas argentinas, sendo o responsável pela comunicação, eventos, degustações e todas as ações que a WofA faz em todo o Brasil, para divulgar e comunicar o vinho argentino por aqui.

Foi o ganhador do concurso “Meu Vinho com Susana Balbo” que foi disputado por 30 blogueiros e jornalistas de vinho, onde o principal objetivo era fazer o seu próprio vinho, usando 5 variedades disponibilizadas pela mais importante e premiada enóloga argentina, Susana Balbo. Seu vinho foi escolhido entre os 30 competidores, numa degustação às cegas pela enóloga e sua equipe, tendo um vinho assinado em conjunto com Susana, o Dominio del Plata Essential Limited Edition 2011.

É Publicitário de formação e foi Diretor de Atendimento de grandes agências como W/Brasil e Lew’Lara/TBWA, tendo passado também por Young & Rubicam, DPZ, Leo Burnett e Publicis. Antes disto, trabalhou na área de marketing da importadora Expand.

Publicidade

Arquivo

dezembro 2016
S T Q Q S S D
« nov    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
Home de Blogs +