Daniel Perches PAPO VINHO: DANIEL PERCHES

Amigos, nosso terceiro convidado para o Papo-Vinho é o Daniel Perches, do blog Vinhos de Corte (http://www.vinhosdecorte.com.br/). Daniel, junto com o Beto Duarte, é um dos mentores do Encontro de Vinhos, evento que já está ficando famoso e tomando grandes proporções. Espero que gostem do papo!

CHEERS!!

1.       Como começou sua história com o vinho?

Eu sou publicitário e fui contratado para trabalhar em uma agência que atendia a conta da Vinícola Salton. Quando passei a atendê-los, a minha paixão despertou. Fiquei fascinado pela magia que envolvia essa bebida e passei a estudar desde então.

2.       Qual a sua leitura sobre o nível dos blogs de vinho atualmente?

Vejo muitos blogs muito sérios que realmente prestam um serviço aos leitores. Acredito que além de contar as experiências, o blogueiro tem cada vez mais a função de "esclarecedor" para o público em geral.

3.       Vc costuma trocar idéias com outros blogueiros de vinho ou vcs se consideram concorrente?

Não só troco idéias como fiz grandes amigos e até um sócio. Hoje eu e o Beto Duarte (Blog Papo de Vinho) temos um evento que fazemos juntos. Converso diariamente e não considero nenhum concorrente, de forma alguma, até porque seguindo a filosofia de que queremos levar informação ao público, quanto mais gente falando (seriamente), melhor.

4.       Teve alguma decepção com algum vinho ou algo relacionado ao mundo do vinho?

Graças a Deus, ainda não.

5.       O que vc acha que falta para um real amadurecimento ao mundo do vinho?

O vinho é tratado como uma bebida corrente em diversos países. Aqui ainda não, e se pensarmos que temos vinhos de qualidade aqui no Brasil (tanto nacionais quanto importados) há pouco mais de 40 anos só, é um mercado muito jovem. É compreensível que ainda tenhamos pessoas tratando o vinho como uma bebida de elite. Quando conseguirmos quebrar esse paradigma, teremos muito mais gente bebendo e o amadurecimento será inevitável. Acho que é uma questão de tempo.

6.       Qual vinho vc já tomou que mais marcou a sua vida?

Eu acredito que o vinho está muito relacionado ao momento e como tive muitos bons momentos com os vinhos, tive também vários que são inesquecíveis. Mas um que me marcou muito foi no reveillon de 2010 no Chile. Eu e minha esposa compramos uma garrafa de EPU e fomos ver a virada do ano na rua. O acompanhamento era um saco de batatas fritas. Nada glamuroso, mas sem dúvida, foi um momento mágico.

7.       Que vinho é o seu sonho de consumo?

Sou fã dos Champagnes. Meu sonho de consumo é beber um champagne de mais de 100 anos de idade.

Veja mais:
+ Veja os destaques do dia

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7