Publicado em 14/03/2014 às 09h00

As Uvas Mais Saudáveis.

No final do ano passado saiu este infográfico na Folha de SP. Na ocasião, eu  guardei, mas troquei de computador  e não estava achando a imagem. Pois agora achei e estou postando, pois acho importante todos saberem sobre alguns dos efeitos benéficos do vinho e quais são as uvas mais "saudáveis". Lembrando, claro, que o vinho em si, independente da uva, é uma bebida que traz muitos benefícios para a saúde!

 

13357452 As Uvas Mais Saudáveis.

 

 

CHEERS!!

EnoDeco no Instagram: http://instagram.com/enodeco

Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

Posts Relacionados

Publicado em 12/10/2013 às 14h09

Vinhos da Semana: Baladero Malbec 2007 e Baladero Cabernet Sauvignon 2009



 

Vinhos: Baladero Malbec 2007 / Baladero Cabernet Sauvignon 2009

Produtor: Fermasa

Origem:  Mendoza (Argentina).

Uvas: Malbec / Cabernet Sauvignon

Importadora: Barrica Negra

Preço Aproximado: R$ 33,50 

 

 

Pela primeira vez eu coloco nesta coluna de "Vinho da Semana" dois vinhos juntos. Explico: Tomei estes 2 vinhos na mesma ocasião, colocando-os lado a lado para fazer uma comparação entre eles, já que fazem parte da mesma linha, mas são de uvas diferentes. E safras também. Mas queria fazer esta brincadeira, principalmente por se tratar de vinhos de uma faixa de preço extremamente competitiva.

 

 

E posso dizer que os vinhos surpreenderam Os dois vinhos chamaram a atenção por serem fáceis de beber e muito bem feitos, sem arestas a serem aparadas. Macios e sem álcool sobrando! Acidez, corpo, persistência… tudo muito bem equilibrado. O Malbec, já por ter mais idade (6 anos), já está mais evoluído, mas para um vinho de pouco mais de R$ 30,00, aguentou bem os 6 anos. Mas não deve segurar muito mais tempo, então melhor tomar agora, enquanto está em plena forma. Já o Cabernet Sauvignon, com mais potencia, se mostra como um legítimo Cabernet da Argentina. Potente, bem aromático, ótimo corpo e macio. Se seguir o irmão Malbec, deve aguentar bem mais uns 2-3 anos.

 

 

Resumo da ópera: Belíssimas opções por pouco mais de "30 dinheiros". Vinho bom para o dia a dia e que vai bem com uma bela carne.

 

 

 

CHEERS!!

EnoDeco no Instagram: http://instagram.com/enodeco

Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

Posts Relacionados

Publicado em 05/07/2013 às 17h24

Vinho Argentino: Bebida Nacional. E nós?

BANDEIRA ARGENTINA E VINHO 300x166 Vinho Argentino: Bebida Nacional. E nós?

 

Enquanto nós patinamos com impostos e burrocracias, nosso país hermano continua demonstrando maturidade na indústria do vinho. Depois da presidente Cristina Kirchner declarar o vinho como alimento, reduzindo drasticamente os impostos pagos, agora vem mais uma vitória deles no campo vitivinícola: Ontem, no senado portenho, o vinho foi declarado BEBIDA NACIONAL. Detalhe: Foi por votação unâninme…!

 

 

Com isto, a bebida ganha  mais força no cenário nacional e também na estratégia de consolidar o vinho argentino no mundo, difundindo assim as características culturais que rondam o vinho argentino, tornando a bebida parte de suas tradições e cultura.

 

 

A Argentina, país que vem enfrentando muitos problemas políticos e econômicos, deveria ser vista por nós e principalmente pelo nosso governo, como um exemplo a ser seguido. Já comentei aqui que acho que temos qualidade e possibilidade de melhor e muito os nossos vinhos, promoção e tudo o que envolve esta bebida. Mas é preciso que a cadeia do vinho, que vai desde o pequeno produtor até o consumidor final, seja incentivada a isto!

 

 

CHEERS!!

EnoDeco no Instagram: http://instagram.com/enodeco

Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

Posts Relacionados

Publicado em 17/04/2013 às 15h53

#Cbe #Malbecworldday : Lagarde Primeras Viñas Malbec 2008

7792756000023 225x300 #Cbe #Malbecworldday : Lagarde Primeras Viñas Malbec 2008

 

Vinho: Lagarde Primeras Viñas Malbec 2008.

Produtor: Bodega Lagarde

Origem:  Mendoza (Argentina).

Uvas: Malbec.

Importadora no Brasil: DeVinum.

Preço Aproximado: R$115,00.

 

 

SIM, HOJE É O DIA MUNDIAL DO MALBEC!

 

 

Como viram aqui no blog e em muitas outras redes sociais, hoje, 17 de Abril é o Malbec World Day, dia que a Wines of Argentina escolheu, há 3 anos atrás, para ser considerado o dia mundial desta que é a grande uva de lá. E aproveitamos este dia para que este fosse o tema deste mês na CBE. Ao longo destes últimos dias, provei muitos Malbecs e resolvi escolher dois deles para escrever. Um que foi, entre os últimos Malbecs que tomei, que me surpreendeu, independentemente do custo (caso deste vinho) e outro, que farei em outro post, que seja um excelente custo-benefício. Então vamos falar do Lagarde Primeras Viñas.

 

 

Tive o prazer de provar este vinho pela primeira vez lá em Mendoza, apresentado pela simpática e agora amiga Lucila Pescarmona, Brand Embassador da Lagarde e filha de Henry Lagarde. Um vinho que desde o primeiro momento me surpreendeu. Um vinho de 5 anos que está pronto para tomar ou pode ser guardado tranquilamente por mais uns 5 anos. Não parece ter os 14,9% de álcool que tem, pois está absolutamente equilibrado. Um vinho complexo no nariz, que lembra frutas cerejas e ameixas, além da madeira muito bem integrada. Na boca é muito saboroso, fresco, redondo e sem nenhuma aresta para aparar. Final longo para concluir um belíssimo Malbec, um dos melhores que já bebi! E viva a Malbec!!

 

 

 

CHEERS!!

EnoDeco no Instagram: http://instagram.com/enodeco

Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

Posts Relacionados

Publicado em 07/04/2013 às 14h30

Malbec Pra Tudo Quanto é Canto. Das Ruas, às Taças e Redes Sociais!

Logo MWD 300x167 Malbec Pra Tudo Quanto é Canto. Das Ruas, às Taças e Redes Sociais!

 

 

É inegável que a Malbec, uva de origem francesa, que vem de uma região que fica pouco mais ao sul de Bordeaux, encontrou seu habitat perfeito na Argentina e se transformou na uva ícone daquele país, alcançando resultados impressionantes e se tornando um fenômeno de vendas no mundo todo. E nada mais justo então do que homenagear esta deliciosa uva com um dia de festejos e comemorações, em vários pontos do planeta.

 

 

Foi pensando nisto que a Wines of Argentina, entidade responsável por divulgar e trabalhar a imagem imagem do vinho argentino no mundo, criou em 2011 o Dia Mundial do Malbec, comemorado anualmente no dia 17 de Abril e que este ano terá sua terceira edição e terá ações especiais em cidades como Nova York, São Paulo, Londres, Xangai e Mendoza com intervenções urbanas que prometem colorir e embelezar estas cidades.

 

 

Mas no Brasil as comemorações terão um tempo ainda maior, englobando diversos canais de comunicação e o envolvimento de jornalistas, blogueiros, formadores de opinião e consumidores.

Uma das ações será através do Winebar, onde será possível acompanhar ao vivo duas degustações com vinhos selecionados pela Wines of Argentina. Através do site www.malbecworldday.com.br as pessoas poderão acompanhar a transmissão, mandar perguntas e sugestões. Os vinhos serão provados simultaneamente por diversos jornalistas e blogueiros no Brasil inteiro e comentados ao vivo, em real time. A ação acontecerá em 2 dias diferentes, com temas também distintos.

 

O programa Desafio ao Vinho, comandado por Daniel Perches e que  vai ao ar todas as quintas-feiras pela TV Geração Z e pela TVUOL também faz parte das atividades. No dia 11 de abril terá uma edição especial com o tema "Malbec combina com tudo.". Durante o programa, convidados especiais vão desafiar os vinhos Malbec e falar um pouco sobre esta uva, com abordagens e temas diferentes. Assim como o Wine Bar, serão 2 programas distintos.

 

Outra ação que acontecerá e mobilizará consumidores, blogueiros e formadores de opinião, testará suas capacidades fotográficas no Instagram, através do Instavinho (www.instagram.com/instavinho) e que premiará as melhores fotos de Malbecs.

 

E por último, blogueiros do Brasil todo participarão de mais um evento, desta vez evento através da CBE (Confraria Brasileira de Enoblogs) que publica mensalmente vinhos a partir de um tema. Em Abril o tema ficou por conta da Malbec, que vai ser avaliada por 17 blogs do Brasil.

 

Todas as atividades estão no site http://www.malbecworldday.com.br e abaixo está a agenda de cada uma delas:

 

Dia 10/04

Transmissão ao Vivo Winebar

Horário: 21h

Tema: Malbec World Day

www.malbecworldday.com.br

 

 

Dia 11/04

Desafio ao Vinho especial Malbec World Day

Horário: 12h as 13h

Tema: Malbec combina com tudo?

www.tvgeracaoz.com.br

 

 

Dia 17/10

Transmissão ao Vivo Winebar

Horário: 21h

Tema: Malbec World Day

www.malbecworldday.com.br

 

Dia 18/04

Desafio ao Vinho especial Malbec World Day

Horário: 12h as 13h

Tema: Malbec não é tudo igual.

www.tvgeracaoz.com.br

 

 

Fiquem de olho e comecem a preparar seus Malbecs!

 

 

 

CHEERS!!

EnoDeco no Instagram: http://instagram.com/enodeco

Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

Posts Relacionados

Publicado em 01/02/2013 às 13h32

DIVERSIDADE ARGENTINA E SEUS VINHOS PARA O VERÃO.

foto 71 300x199 DIVERSIDADE ARGENTINA E SEUS VINHOS PARA O VERÃO.

Foto by Jane Prado

 

Ontem organizei o primeiro evento da Wines of Argentina aqui no Brasil. A idéia foi falar da diversidade argentina com vinhos mais leves que os famosos e deliciosos Malbecs que fizeram da terra dos hermanos a grande referência nesta uva francesa. E para este evento, forrado de jornalistas e blogueiros de vinhos, um almoço harmonizado na Vinheria Percussi, dos amigos e competentes Pipo e Silvia Percussi, onde os vinhos foram e são sempre muito bem cuidados pelo Maitre do Ano na Veja Comer e Beber 2013, o Jonas e sua equipe. Abaixo, um pouco dos vinhos e pratos que tivemos neste primeiro evento!

 

 

Começando pelo surpreendente espumante Kaiken Sparkling Brut, importado pela Vinci que era pouco conhecido de todos e surpreendeu. Acompanhando empanadas de queijo então, ele cresceu e encantou a todos mostrando muito equilíbrio e persistência.

 

 

Depois fomos para a Torrontés, uva branca famosa e mais plantada por lá e que vem conquistando o paladar dos brasileiros. O vinho era o Colomé Torrontés 2011, leve, frutado, intenso e típico torrontés de Salta, norte argentino. Uma salada verde para acompanhar e mais um caamento muito bem feito!

 
O último branco que escolhi é um corte diferente e delicioso: O Zuccardi Serie A Chardonnay-Viognier 2010 mostrou que inovar vale a pena. e este vinho, persistente, equilibrado, com ótima acidez se encaixou perfeitamente com um delicioso Raviolini com manteiga e sálvia.

 

 

Indo para os tintos, mas ainda de uma forma mais leve, o Pinot Noir Reserva da Bodegas Fin del Mundo, que vem da fria Patagonia mostrou bem do que um Pinot patagônico é capaz. Boa fruta, bom nariz, madeira bem integrada. Um belo vinho que mesmo com o mesmo raviolini ficou bacana.

 
Depois, uma carne veio dar o ar da graça, mantendo a tradição argentina. Mas o famoso Malbec deu lugar a um vinho diferente, ainda que com malbec em seu corte. O Masi Tupungato Paso Doble 2009, que é um corte de Malbec com Corvina passificada. Corvina é uma das uvas usadas nos famosos Amarones italianos. Acho que foi o vinho que mais surpreendeu, ainda mais se contarmos que ele custa R$ 55,00 na Mistral. Uma bela compra.

 

 

E por último, um Susana Balbo Late Harvest Torrontés que harmonizou mais do que perfeitamente com um… um… um… Petit Gateau de Doce de Leite que estava algo inacreditável!!

 

 

E assim foi este primeiro almoço do ano, falando de diversidade e surpreendendo com algumas coisas bacanas!!

 

 

 

CHEERS!!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

EnoDeco no Instagram: @enodeco

Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

 

Posts Relacionados

Publicado em 08/01/2013 às 16h45

10 MELHORES VINHOS DA SEMANA EM 2012, BY ENODECO: SEXTO E QUINTO COLOCADOS.

top102 300x300 10 MELHORES VINHOS DA SEMANA EM 2012, BY ENODECO: SEXTO E QUINTO COLOCADOS.

 

Continuando a contagem regressiva dos 10 melhores vinhos de 2012, que fizeram parte da coluna "Vinho da Semana", vamos ao sexto e quinto colocados. Posso dizer que foram 2 gratíssimas surpresas, com estilos bem diferentes e em suas faixas de preço, excelentes escolhas! Seguem os vinhos, com os comentários que fiz na época!

 

 

6. Vinho: A.Mano Primitivo IGT 2008

Produtor: A.Mano

Origem: Puglia (Italia)
Uvas: Primitivo

Safra: 2008
Importadora no Brasil: Ravin
Preço Aproximado: R$ 55,00

 

 

Os vinhos da Puglia estão ganhando cada vez mais adeptos no Brasil. Esta região, que é o "Salto da Bota" da Itália tem experimentado boas evoluções e bons vinhos e eles tem feito um certo sucesso por aqui, principalmente por serem vinhos relativamente mais fáceis de tomar do que alguns outros italianos que encontramos. A uva Primitivo é a mesma uva que a Zinfandel na California, só que com outro nome.

 

O vinho é bem bacana, principalmente pelo custo. Um vinho intenso que no nariz lembra frutas vermelhas, tostado e café. Na boca, corpo médio-encorpado, boa intensidade de sabor, acidez típica dos vinhos italianos, mas sem incomodar, taninos já bem redondos e equilibrados e um final médio-longo. Um vinho bem balanceado e agradável!! Vale a compra e para quem não conhece os vinhos da Puglia, boa oportuniade!

 

---

 

5. Vinho: Felix Lavaque Malbec 2008

Produtor: Felix Lavaque

Origem:  Cafayate, Salta (Argentina)
Uvas: Malbec

Importadora no Brasil: World Wine
Preço Aproximado: R$ 62,40 (Em Promoção! Valor normal é de R$ 78,00)

 

 

Nestas minhas andanças pela Argentina, onde estive a trabalho por 5 vezes este ano, descobri muita coisa bacana que vou aos poucos contando por aqui. E uma destas coisas foi ver o nível dos vinhos que estão sendo produzidos em Salta, extremo norte da Argentina. Salta é uma região conhecida por seus vinhedos de altitude, alguns deles estão os mais altos do mundo e é famosa pelos brancos Torrontés que produz. Mas andei tendo ótimas surpresas com tintos, especialmente os cortes e os feitos com Tannat e Malbec. E este vinho é uma prova disto.

 

 

Felix Lavaque Malbec 2008 é um daqueles vinhos que nos surpreende já no nariz. Diferente dos malbecs que estamos acostumados, a maioria feitos na região de Mendoza, este Malbec não tem na fruta madura e na madeira seus principais componentes. De cor rubi intensa, tem um nariz que passa por vários tipos de aromas: De um herbáceo leve (ervas), passando por uma ameixa bem presente, um toque de café, tudo bem integrado com uma madeira agradável e sem excessos. Na boca, bom corpo, acidez equilibrada - o que pode ser um pilar complicado para os vinhos desta região - taninos já macios pelos seus 4 anos de idade, sabor intenso que lembra os aromas que sentimos e final longo. Um vinho já pronto para tomar, mas que ainda rende pelo menos mais uns 5 anos em garrafa em grande forma. E pelo custo que está em promoção é uma barganha! Vale a pena!

 

 

CHEERS!!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

EnoDeco no Instagram: @enodeco (www.instagram.com/enodeco)

Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

Posts Relacionados

Publicado em 25/11/2012 às 10h56

VINHO DA SEMANA: FELIX LAVAQUE MALBEC 2008

021077 Detalhes 300x300 VINHO DA SEMANA: FELIX LAVAQUE MALBEC 2008

 

Vinho: Felix Lavaque Malbec 2008

Produtor: Felix Lavaque

Origem:  Cafayate, Salta (Argentina)
Uvas: Malbec

Importadora no Brasil: World Wine
Preço Aproximado: R$ 62,40 (Em Promoção! Valor normal é de R$ 78,00)

 

 

Nestas minhas andanças pela Argentina, onde estive a trabalho por 5 vezes este ano, descobri muita coisa bacana que vou aos poucos contando por aqui. E uma destas coisas foi ver o nível dos vinhos que estão sendo produzidos em Salta, extremo norte da Argentina. Salta é uma região conhecida por seus vinhedos de altitude, alguns deles estão os mais altos do mundo e é famosa pelos brancos Torrontés que produz. Mas andei tendo ótimas surpresas com tintos, especialmente os cortes e os feitos com Tannat e Malbec. E este vinho é uma prova disto.

 

 

Felix Lavaque Malbec 2008 é um daqueles vinhos que nos surpreende já no nariz. Diferente dos malbecs que estamos acostumados, a maioria feitos na região de Mendoza, este Malbec não tem na fruta madura e na madeira seus principais componentes. De cor rubi intensa, tem um nariz que passa por vários tipos de aromas: De um herbáceo leve (ervas), passando por uma ameixa bem presente, um toque de café, tudo bem integrado com uma madeira agradável e sem excessos. Na boca, bom corpo, acidez equilibrada - o que pode ser um pilar complicado para os vinhos desta região - taninos já macios pelos seus 4 anos de idade, sabor intenso que lembra os aromas que sentimos e final longo. Um vinho já pronto para tomar, mas que ainda rende pelo menos mais uns 5 anos em garrafa em grande forma. E pelo custo que está em promoção é uma barganha! Vale a pena!

 

 

CHEERS!!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

EnoDeco no Instagram: @enodeco (www.instagram.com/enodeco)

Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

Posts Relacionados

Publicado em 26/05/2012 às 10h59

VINHO DA SEMANA: SALENTEIN WINEMAKERS SELECTION 2008

salentein winemaker mbc cs mlt 91x300 VINHO DA SEMANA: SALENTEIN WINEMAKERS SELECTION 2008

 

Vinho: Salentein Winemakers Selection Malbec/Cabernet/Merlot 2008

Produtor: Bodegas Salentein

Origem: Mendoza (Argentina)
Uvas: Malbec (40%), Cabernet Sauvignon (30%) e Merlot (30%)

Safra: 2008
Importadora no Brasil: Zahil
Preço Aproximado: R$ 39,00 (Em Promoção! Preço normal de R$ 51,00)



Gosto de juntar minhas experiencias de vinhos agradáveis com boas oportunidades de compra como promoções, bota-fora e liquidações. E tenho o maior prazer em divulgar isto para os leitores do blog, pois acho que coisas boas precisam ser divulgadas. E este é mais um caso de um bom vinho, que a gora está por tmepo limitado a um ótimo custo 


Não é novidade que a Salentein faz vinhos muito bons desde sua linha de entrada até os mais Tops. Esta linha Winemakers Selection é uma das boas linhas de custo-benefício deles. E este vinho em particular é bem interessante pois ele foge um pouco dos típicos malbecs argentinos que estamos acostumados. No visual ele tem uma coloração rubi, mas por conta de seus 4 anos de idade ele já não tem mais aqueles toques púrpuras. No nariz ele mostra muito da malbec sim, principalmente com frutas pretas, mas ele tem um toque especial do cabernet quando sentimos uma leve pimenta e do merlot quando sentimos um pouco de cerejas. A madeira é bem presente, mas sem excessos. Na boca, tem ótimo corpo, acidez correta, taninos redondos até por conta dos 4 anos que deram uma amaciada neles e um longo final. Um bom vinho por R$ 51,00 (seu preço normal), e um excelente vinho na promoção a R$ 39,00. 



CHEERS!!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

Siga o EnoDeco no Twitter!
Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

Posts Relacionados

Publicado em 17/04/2012 às 13h34

DIA MUNDIAL DO MALBEC: AQUI VAI MINHA SELEÇÃO!


Hoje, 17 de Abril é o dia mundial do Malbec. Esta data foi criada pela Wines of Argentina (www.winesofargentina.org/pt) e este é o segundo ano em que é comemorada. Ano passado tive a honra de participar de uma degustação organizada pelo Marcelo Copello, em que elegemos o Zuccardi Zetta como o melhor Malbec do painel, que era composto por alguns dos melhores vinhos da argentina. A data será comemorada de várias formas e quem quiser aocmpanhar ou dar uma olhada, vale a visita no site oficial (www.malbecworldday.com). Mas acho que a melhor forma de comemorar este dia é abrindo um bom Malbec, certo? Eu ainda não decidi qual abrirei à noite, mas vou escolher com carinho e depois postarei por aqui o que achei dele.



Enquanto não abro o meu, vamos relembrar um pouco sobre esta uva, que tantos fãs conquistou no Brasil e no mundo!



Muitos acham que a Malbec é uma uva argentina, mas na verdade, assim como muitas outras, ela' é uma variedade francesa. Vinda da região de Cahors, que fica ao sul de Bordeaux, ela já foi muita mais plantada em sua região originial do que ela é de fato hoje. Hoje, ela é plantada principalmente na Argentina, país que responde por quase 60% da produção mundial desta uva. E além da Argentina e da França, ela também vem alcançando bons resultados no Chile. Já bebi também um Malbec bem diferente (mais leve) da California (Estados Unidos).



As características principais desta uva: Uva tinta, de casca grossa e escura, arroxeada e que dá vinhos encorpados, com taninos bem aparentes. Geralmente os franceses são mais tânicos que os demais, enquanto os argentinos acabam tendo mais aromas de frutas em compota, como ameixa e cassis por exemplo. Nos vinhos franceses (A Malbec é uma das 6 uvas perimitidas em Bordeaux) ela costuma ser usada em cortes com outras uvas, principalmente Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc e Merlot. Na Argentina, muitos são varietais (100% Malbec), mas também é usada em blends com outras uvas. As variáveis são muitas!! 



E para terminar, antes de decidir e abir o meu Malbec, vou listar 5 dos meus Malbecs preferidos:

- Château Chevaliers Lagrézette 2004 (França) - R$ 91,00. Importadora: Decanter. Um Malbec diferente do que estamos acostumados. Mais elegante, nem tão alcoólico, mas um vinhos mais tânico. Por ter já 8 anos de idade, está macio e fácil de beber.




- Perez Cruz Cot 2008 (Chile) - R$ 95,00. Importadora: Vinho Sul. Um chileno maravilhoso, exemplar muito bacana do que a Malbec pode fazer do outro lado dos Andes. Eucalipto e muita fruta, num vinho encorpado e delicioso. Pode-se beber agora ou guardar.



- Jean Bousquet Premium 2010  (Argentina) - R$ 38,20. Importadora abflug. Um típico malbec Argentino, com um dos melhroes preços em relação à sua qualdiade. Muita cor, muita fruta, sedoso e macio. Belo vinho e além de tudo, um vinho organico de muita qualidade!



-  Rutini Trumpeter Malbec 2010 (Argentina) - R$ 51,00. Importadora Zahil. Um belo Malbec que julgo ser um dos melhores custo-benefício do mercado, junto com o Jean Bousquet que citei acima. Agradável de se beber, macio, persistente. Ainda um pouco alcoólico e se puder respirar uma meia hora antes, ficará melhor.



- Zuccardi Zeta 2007 (Argentina) - R$ 249,00. Importadora Ravin. Sei que o preço é alto e muito acima do que muita gente poderia pagar. Mas assim como dei algumas boas opções de vinhos mais em conta, acho que seria justo falar de um Malbec mais TOP. E este é, para mim, um dos melhores vinhos da Argentina. Literalmente um vinhaço!!



Aproveitem o Dia Mundial do Malbec!


CHEERS!!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

Siga o EnoDeco no Twitter!
Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

Posts Relacionados

Perfil

André Rossi (Déco), 37 anos, é formado pelo instituto inglês Wine & Spirits Education Trust (WSet) nos níveis 1 - Foundation, 2 - Intermediate e 3 - Advanced, cursados em Nova York. Atualmente está cursando o quarto e último nível do WSET, o “Diploma”.

É também um dos únicos cinco Brasileiros residentes no país a ser credenciado como Professor deste mesmo WSet, tendo sido aprovado pelo WSet Educator Training Program 2011, em Nova York.

Editor e Idealizador do Blog EnoDeco, que é hoje o blog oficial de vinhos do portal R7, um dos blogs de vinho mais acessados do Brasil, e que já foi indicado pelo Guia 4 Rodas 2009 como um dos 10 melhores eno-blogs do Brasil.

Colunista da Revista Cool Magazine, da Revista Online Bloggers e também Editor de Vinhos da 4a. Edição do Flavour Guide , projeto anual do crítico gastronômico Josimar Melo. É jurado e avaliador de vinhos de vários eventos e revistas especializadas.

Há 2 anos é o Relações Públicas da Wines of Argentina (WofA), associação das melhores e principais vinícolas argentinas, sendo o responsável pela comunicação, eventos, degustações e todas as ações que a WofA faz em todo o Brasil, para divulgar e comunicar o vinho argentino por aqui.

Foi o ganhador do concurso “Meu Vinho com Susana Balbo” que foi disputado por 30 blogueiros e jornalistas de vinho, onde o principal objetivo era fazer o seu próprio vinho, usando 5 variedades disponibilizadas pela mais importante e premiada enóloga argentina, Susana Balbo. Seu vinho foi escolhido entre os 30 competidores, numa degustação às cegas pela enóloga e sua equipe, tendo um vinho assinado em conjunto com Susana, o Dominio del Plata Essential Limited Edition 2011.

É Publicitário de formação e foi Diretor de Atendimento de grandes agências como W/Brasil e Lew’Lara/TBWA, tendo passado também por Young & Rubicam, DPZ, Leo Burnett e Publicis. Antes disto, trabalhou na área de marketing da importadora Expand.

Publicidade

Arquivo

novembro 2014
S T Q Q S S D
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
Home de Blogs +
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com