Publicado em 28/07/2014 às 09h00

Vinho da Semana: Dios Ares Crianza 2007

p453512 Vinho da Semana: Dios Ares Crianza 2007

 

Vinho: Dios Ares Crianza 2007

Produtor: Viña Pujanza

Origem:  Rioja (Espanha).

Uvas: 100% Tempranillo.

Importadora: Mercovino.

Preço Aproximado: R$ 64,00

 

 

Que a Espanha tem se destacado com seus vinhos fáceis de beber e muitos deles com bom custo x benefício, isto não é novidade. Então, partindo deste princípio, achar bons espanhóis em nosso mercado acaba sendo uma tarefa não tão difícil. Mas achar Riojas e Riberas com uma boa relação custo x benefício acaba sendo uma tarefa ainda mais gratificante, já que são as 2 mais tradicionais regiões de lá.  E é da Rioja que vem este belo vinho, importado pela Mercovino. Um espanhol 100% tempranillo, fácil de beber. Equilibrando muito bem as furtas pretas, vermelhas e a madeira, este vinho tem ótima acidez e um final longo e delicioso. Se tomado às cegas, muito provavelmente brigaria cabeça a cabeça com vinhos próximos de R$ 100,00. No entanto, o preço de aproximadamente R$ 64,00 na importadora torna este vinho uma excelente pedida, daqueles para comprar de caixa!

 

 

 

CHEERS!!

EnoDeco no Instagram: http://instagram.com/enodeco

Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

Posts Relacionados

Publicado em 21/07/2014 às 14h04

Valduero: A Rioja de Corpo e Alma, Agora na Inovini.

foto 4 300x225 Valduero: A Rioja de Corpo e Alma, Agora na Inovini.

 

Em um almoço no belo e delicioso restaurante KAÁ, estive com uma das proprietárias da Vinícola espanhola Valduero, uma das mais respeitadas da Espanha e principalmente da Ribera del Duero, onde começaram em 1984 a produzir vinhos de forma familiar, fundada por Gregório Garcia Alvarez.

 
Agora de importador novo, a Inovini (Grupo Aurora), Carolina nos mostrou alguns de seus excelentes vinhos e as safras disponíveis em mercado agora:

 
O Garcia Viadero Blanco de Albillo 2013 é um vinho feito com uma uva que nem todo mundo conhece, a uva Albillo, que é autóctone do norte da Espanha, mas que na Ribera del Duero, eles são os únicos que tem plantação de uvas brancas e são os únicos autorizados pelo Conselho Regulador a plantar e produzir vinho branco na região. As outras vinícolas da Ribera que produzem brancos acabam tendo que ir a outras regiões. O vinho é fresco, sem madeira e muita fruta cítrica. Um vinho de bom corpo, que pede comida, de preferência peixes mais consistentes e frutos do mar. Custa R$ 87,00.

 
O Valduero Crianza 2010 é produzido 100% Tempranillo (Tinto Fino como é chamada na Ribera) e passa 15 meses em barricas francesas e americanas e mais 12 meses em garrafa. Um vinho com bom corpo, fruta madura e madeira. Final longo e a madeira predomina na boca. Outro vinho que pede comida que vai de uma carne até um peixe mais complexo e intenso. Custa R$ 173,00.

 
O Valduero Reserva 2009 tbm é 100% Tempranillo e passa 30 meses em barricas de carvalho francês, americano e canadense. Sim, barricas canadenses, algo não muito comum por aí. De acordo com Carolina, a madeira canadense é mais delicada e amacia mais o vinho. Depois dos 30 meses em barricas, vem mais 18 em garrafa. É um vinho complexo, mais equilibrado com a madeira e mais redondo. Um vinhaço, fresco e com final longo! R$ 260,00.

 
Por ultimo, o Gran Reserva 2004 é um vinho de meditação, um vinho único, um vinho... Sei lá, um VINHO! Com 48 meses de barricas e mais 40 meses em garrafa, o vinho tem 10 anos de idade e ainda está novo desde a cor púrpura, passando por um nariz intenso e complexo, até a boca macia, longa e deliciosa. Sem muitas palavras, um daqueles vinhos  únicos na vida. R$ 645,00.

 
É, não é à toa a fama e a tradição desta vinícola. A consistência de qualidade é incontestável!! Golaço da Inovini ao conquistar esta vinícola para seu portfólio!!

 

 

CHEERS!!

EnoDeco no Instagram: http://instagram.com/enodeco

Siga o EnoDeco no Twitter!

Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

Posts Relacionados

Publicado em 31/03/2013 às 23h06

Vinho da Semana: Torres Ibéricos Crianza 2009

ibericos crianza 181092 112x300 Vinho da Semana: Torres Ibéricos Crianza 2009

 

Vinho: Torres Ibéricos Crianza 2009.

Produtor: Torres.

Origem:  Rioja (Espanha).

Uvas: Tempranillo.

Importadora no Brasil: Devinum.

Preço Aproximado: R$65,00.

 

 

Não canso de dizer que os vinhos espanhóis estão na moda no mundo todo, assim como a culinária espanhola, que tem ganhado o mundo com seus sabores! E ando numa fase de procurar vinhos espanhóis com bom custo-benefício. E este vinho é mais um grande achado lá da península ibérica.

 

 

O Torres Ibéricos Crianza 2009 é um típico vinho desta que é a mais famosa e tradicional região vitivinícola da espanha, a Rioja. Feito 100% com Tempranillo, a grande uva por lá, este vinho tem os tradicionais toques de frutas vermelhas, ameixa, pimenta e madeira, com boa acidez, corpo médio/encorpado e final longo e agradável. Um Crianza (classificação espanhola de vinhos que envelheceram pelo menos 6 meses em barricas e mais 1 ano e meio em garrafa antes de ser comercializado) bem típico e com excelente custo-benefício, que mostra que há sim bons espanhóis acessíveis! Vale o gole. Ou melhor, alguns goles!!

 

 

 

CHEERS!!

EnoDeco no Instagram: http://instagram.com/enodeco

Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

Posts Relacionados

Publicado em 05/04/2012 às 14h48

O VINHO MAIS CARO DA ESPANHA!

Antes era o mítico Vega Sicilia. De um tempo pra cá, virou o Pingus. E agora a Espanha tem um novo vinho mais caro! Guardem este nome: TESO LA MONJA. Produzido pela família Eguren que foram um dos grandes responsáveis pela renovação da tradicional região da Rioja e mais recentemente pelo avanço e surgimento da região de Toro, este vinho é feito com uvas vindas de videiras centenárias de baixa produção da região de Zamora. Serão apenas 828 garrafas de um vinho que custa 900 Eurose a garrafa número 1 será dada ao Rei Juan Carlos.



Questionado sobre a crise na europa e o mercado que este vinho teria, o proprietário da vinícola foi curto e grosso dizendo que não há crise para este tipo de vinho e que se há Bordeaux e Borgonhas sendo vendidos a este preço, porque não poderia haver um vinho espanhol?



Acho que, de fato eles podem fazer um belo vinho, limitado e tudo mais... mas comparar Zamora (Toro) com a  tradicão de Bordeaux e Borgonha, o amigo forçou um pouco...



CHEERS!!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

Siga o EnoDeco no Twitter!
Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

Posts Relacionados

Publicado em 02/10/2011 às 21h27

VINHO DA SEMANA: RISCAL 1860 2006

Riscal 1860 2006 VINHO DA SEMANA: RISCAL 1860 2006

 

Produtor: Marques de Riscal
Origem:  Rioja (Espanha)
Uvas: Tempranillo
Safra: 2006

Importadora no Brasil: Interfood
Preço Aproximado: R$ 56,00



Um vinho que nunca cansa e é sempre agradável e vai bem em muitas ocasiões. Simples e muito honesto, este vinho é uma bela opção para o dia-a-dia. Um vinho de cor rubi, com intensidade média, tem muita frta vermelha como cerejas e morangos, além da madeira sutil e bem colocada. Na boca é bem suave, redondo, com boa acidez e final médio-longo. Um vinho extremamente agradável e "pau pra toda obra"! Em outras safras  como 2003 e 2004 já chegou a levar 91 pontos da Wine Enthusiast.



CHEERS!!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

Siga o EnoDeco no Twitter!
Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

Posts Relacionados

Publicado em 29/06/2011 às 20h39

CHAMPANHE? VINHO DO PORTO? RIOJA!

rioja selo CHAMPANHE? VINHO DO PORTO? RIOJA!


Muitos de nós sabemos que os ingleses consomem muito vinho do porto e muito champanhe. E por conta disto a maioria de nós responderia que estes 2 tipos de vinho são os que eles mais gostam, certo? Pois não foi isto que o instituto britânico Wine Intelligence, detectou ao fazer uma pesquisa com mil britânicos consumidores habituais de vinhos.



A pesquisa revelou que os vinhos espanhóis da região de Rioja é o preferido entre todas as regiões vinícolas do mundo e que os principais critérios para compra de vinho o país de procedência da uva e a região (51%). Não por acaso, o Reino Unido foi principal mercado para exportação de vinhos espanhóis com denominação de origem. Mas, mesmo sendo a primeira opção dos ingleses, os vinhos de Rioja ainda estão atrás dos vinhos de Bordeaux, Borgonha e Chianti, entre as regiões mais conhecidas.



Certamente há muito ainda para ser trabalhado pelos espanhóis, principalmente em cima do “Conhecimento de Marca” da região, mas os resultados são dignos de comemoração. Afinal, desbancar outras regiões mais famosas e emblemáticas não é para qualquer um...



CHEERS!!
Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

Siga o EnoDeco no Twitter!
Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

Posts Relacionados

Publicado em 24/02/2011 às 15h22

CONFRARIA DOS PUBLICITÁRIOS: NOITE AGITADA!

IMG 4924 300x200 CONFRARIA DOS PUBLICITÁRIOS: NOITE AGITADA!


Semana passada tivemos o primeiro embate da Confraria dos Publicitários de 2011. Foi uma noite marcante por muitos motivos.


O primeiro deles é que estabelecemos algumas regras que nortearão nossos encontros daqui pra frente, principalmente no que se refere a ausências e outras coisas. A Confraria está indo para o seu terceiro ano, firme, forte e cada vez mais interessante e desafiadora. Mas algumas regras começam a se fazer necessárias.


As faltas da noite, muito sentidas foram de Duda e Gaion, dupla que infelizmente não pode comparecer. Com isto, tivemos 1 vinho a menos, somando um total de 4, já que éramos em 8 pessoas. O local foi o restaurante Varanda, como sempre com um atendimento primoroso do Thiaguinho Locatelli e o tema, pra mim, foi especial: RIOJA!


Abrindo os trabalhos, os vinhos adentraram às taças e começamos a brincar. De cara, um destaque: O vinho número 3. Redondo, títpico Riojano, já com certa idade, pela cor mais atjolada e pelo aroma, já aparecendo algumas notas meio animais. Equilibradíssimo e já largou na frente. À medida que doi passando o tempo, os outros começaram a mostrar suas armas. Haviam 2 vinhos iguais, pelo que disse o Thiaguinho. Na opinião de todos, era muito claro quais eram: o 2 e o 4. Estavam parceidos, mas não iguais. O tempo foi passando e os vinhos, evoluindo. PArtimos então para as eliminações. Começamos eliminando o vinho 2, que depois foi desvendado por ser um Artadi Pagos Viejos 2006, elogiadíssimo por Parker e digno dos seus 94 pontos. Mas o nível era tão alto alí, que, mesmos endo um vinho com uma estrutura incrível , mostranod um potendial de guarda fantástico, por ser um vinho mais novo, não conseguiu se equiparar aos demais. A dupla responsável foi Marcio e Dado, que se decepcionaram por cair logo de cara. Principalmente o Sr. Marcio que passou o dia todo fazendo pressão, mandando mensagens dizendo que ia arrebentar e não ia ter pra ninguém. Quem sabe na próxima...hehehe!!!



Logo depois, eliminamos mais um e a coerência veio à mesa: Eliminamos o número 2, que na nossa opinião era o mesmo vinho e "BINGO"...era mesmo. A dupla que levou foi Edu e Fred. Aí sobraram os dois finalistas. Eu e Rafa de um lado, Gomez e Herbert de outro. e por 5 votos a 3, levou o vinho mais moderno, mais estruturado e mais intenso na boca e no nariz: O número 1, que era o La Cueva del Contador 2005. Mais aberto que os outros 2006, estava realmente espetacular. Cor rubi profunda, nariz com madeira, frutas negra e vermelhas e uma pimenta leve, ele enchia a boca que era uma beleza! Gomez e Herbert levaram esta com 96 pontos de Parker à mesa. E Rafa e eu ficamos mais uma vez com o vice campeonato com um Rioja Alta 904 Gran Reserva 1997, o vinho que se destacou desde o início como um Rioja tradicional, típico, porém mais leve e menos persistente que o Contador. Pra mim (assim como para o Edu e o Rafa, que tbm votaram por este vinho), ainda era o grande campeão. Mas perdeu dignamente para um vinhaaaaaço. Parker deu a ele 94 pontos.



E por fim, eis que aparce o Thiaguinho com um decanter e 8 taças para degustarmos um vinho às cegas, uma surpresa! Ninguém cravou uma nacionalidade, mesmo porque o vinho realmente era diferente. Era uma "porrada" de corpo nos Riojas que tomamos! tinha uma persistência incrível, muito sabor, aromas ainda fechados e na boca ainda um pouco verde. Mas claramente um vinho de grande guarda e que vai evoluir muito bem com o tempo e se tornar um belíssimo vinho. A origem dele: Líbano. Era um casal carioca que estava no restaurante, que está importando este e outros vinhos do Líbano, do produtor Massaya. O que degustamos foi o top deles, o Gold Reserve 2008. Aí veio a simpática Vanessa, explicar o vinho e dizer que tinha visto que estávamos em uma confraria e nos ofereceu aquela garrafa!



Enfim, uma noite cheia! Implementação de regras, desafio entre Riojas de Tradição x Riojas Modernos e uma surpresa vinda do Líbano! Próxima viagem: Borgonha! Esta promete...



CHEERS!!

 

Siga o EnoDeco no Twitter.

Posts Relacionados

Publicado em 14/02/2011 às 12h42

OS SETE VINHOS…OPS, PECADOS CAPITAIS.

Vinho Sete Pecados1 OS SETE VINHOS...OPS, PECADOS CAPITAIS.


Mais uma invenção dos criativos do mundo do vinho! Agora foi a agência de publicidade espanhola Sidecar criou uma série de garrafas especiais de vinho. A série "Siete Pecados" propõe uma garrafa de Riojas para cada pecado capital e nelas ilustram graficamente cada um deles. A dourada por exemplo é da ganancia, enquanto a da luxúria é vermelha com uma renda preta, e por aí vai.


Vale lembrar das taças inspiradas nos sete pecados, que o EnoDeco mostrou aqui. Nestes caso, acho que vale a pena pecar, não?



CHEERS!! 

Siga o EnoDeco no Twitter.


Posts Relacionados

Perfil

André Rossi (Déco), 37 anos, é formado pelo instituto inglês Wine & Spirits Education Trust (WSet) nos níveis 1 - Foundation, 2 - Intermediate e 3 - Advanced, cursados em Nova York. Atualmente está cursando o quarto e último nível do WSET, o “Diploma”.

É também um dos únicos cinco Brasileiros residentes no país a ser credenciado como Professor deste mesmo WSet, tendo sido aprovado pelo WSet Educator Training Program 2011, em Nova York.

Editor e Idealizador do Blog EnoDeco, que é hoje o blog oficial de vinhos do portal R7, um dos blogs de vinho mais acessados do Brasil, e que já foi indicado pelo Guia 4 Rodas 2009 como um dos 10 melhores eno-blogs do Brasil.

Colunista da Revista Cool Magazine, da Revista Online Bloggers e também Editor de Vinhos da 4a. Edição do Flavour Guide , projeto anual do crítico gastronômico Josimar Melo. É jurado e avaliador de vinhos de vários eventos e revistas especializadas.

Há 2 anos é o Relações Públicas da Wines of Argentina (WofA), associação das melhores e principais vinícolas argentinas, sendo o responsável pela comunicação, eventos, degustações e todas as ações que a WofA faz em todo o Brasil, para divulgar e comunicar o vinho argentino por aqui.

Foi o ganhador do concurso “Meu Vinho com Susana Balbo” que foi disputado por 30 blogueiros e jornalistas de vinho, onde o principal objetivo era fazer o seu próprio vinho, usando 5 variedades disponibilizadas pela mais importante e premiada enóloga argentina, Susana Balbo. Seu vinho foi escolhido entre os 30 competidores, numa degustação às cegas pela enóloga e sua equipe, tendo um vinho assinado em conjunto com Susana, o Dominio del Plata Essential Limited Edition 2011.

É Publicitário de formação e foi Diretor de Atendimento de grandes agências como W/Brasil e Lew’Lara/TBWA, tendo passado também por Young & Rubicam, DPZ, Leo Burnett e Publicis. Antes disto, trabalhou na área de marketing da importadora Expand.

Publicidade

Arquivo

novembro 2014
S T Q Q S S D
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
Home de Blogs +
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com