14
mar
2014

As Uvas Mais Saudáveis.

Postado por andrerossi às
09h00

No final do ano passado saiu este infográfico na Folha de SP. Na ocasião, eu  guardei, mas troquei de computador  e não estava achando a imagem. Pois agora achei e estou postando, pois acho importante todos saberem sobre alguns dos efeitos benéficos do vinho e quais são as uvas mais "saudáveis". Lembrando, claro, que o vinho em si, independente da uva, é uma bebida que traz muitos benefícios para a saúde!

 

13357452 As Uvas Mais Saudáveis.

 

 

CHEERS!!

EnoDeco no Instagram: http://instagram.com/enodeco

Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
10
set
2013

O Vinho Brasileiro: Pizzato Fausto Tannat 2010

Postado por andrerossi às
10h38

 O Vinho Brasileiro: Pizzato Fausto Tannat 2010

 

Vinho: Pizzato Fausto Tannat 2010

Produtor: Pizzato

Origem:  Serra Gaúcha (Brasil).

Uvas: Tannat.

Preço Aproximado: R$ 33,00 

 

 

Recentemente, o leitor Waldir Ramos me lançou um desafio (Veja aqui no comentário dele) e aqui estou eu para cumprir. Ele queria que eu indicasse um vinho nacional perto da faixa dos R$ 30,00. E depois de dar uma fuçada por aí, acabei numa vinícola que, pra mim, é referência em vinhos de qualidade no Brasil e tem feito vinhos cada vez melhores, em todas as faixas de preço: a Pizzato. E este Tannat deles, pra mim, é um grande exemplo de um vinho brasileiro nesta faixa de preço que vale a pena.

 

Um vinho que nesta faixa de preço tem uma boa persistência, tem uma boa complexidade de sabores e aromas e bom corpo, não pode ser ignorado por nós. Este Tannat é um dos grandes exemplares desta uva aqui no Brasil, que para muita gente, ainda tem muito futuro pela frente e pode se tornar uma das nossas principais cepas para vinhos finos. Ou seja, um belo vinho, por um custo honesto e acessível.

 

 

 

CHEERS!!

EnoDeco no Instagram: http://instagram.com/enodeco

Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
28
mar
2013

As Maravilhas de Salta: As Vinícolas que Valem a Pena!

4262519420 244f192961 z 300x200 As Maravilhas de Salta: As Vinícolas que Valem a Pena!

Yacochuya

 

Para o último post sobre Salta e Cafayate, vamos falar das vinícolas. Aqui em Cafayate existem pouco mais de 15 vinícolas. Mas listarei as que valem a pena visitar, seja pela paisagem, seja pelos vinhos. Ou pelos dois:

 

 

Bodega El Esteco: A antiga Michel Torino tem vinhos de várias faixas de preço e estilo. Histórica e familiar, hoje é uma das grandes e importantes Bodegas de Salta.

 

 

Felix Lavaque: Alguns dos melhores vinhos de Salta estão aqui, na minha opinião. As Linhas Quara e Felix só tem vinhos bons e também para todos os bolsos e gostos.

 

 

Yacochuya: A famosa vinícola em que Michel Rolland é sócio, faz vinhos intensos, encorpados e alcoólicos. Vinhos de guarda e os melhores (San Pedro e Yacochuya) são caros. Mas vale a paciência para guardar e beber em alguns anos. A vista é deslumbrante pois fica em cima da cidade.

 

 

El Porvenir: Uma vinícola antiga, que foi restaurada e está com nova operação desde 2002. Vinhos muito bem feitos pelo competente e jovem, enólogo Mariano, ele ainda contam com a consultoria externa de Paul Hobbs, mais um enólogo-craque do vinho mundial.

 

 

Piatelli: Esta vinícola, já conhecida em Mendoza, está terminando de construir um projeto ambicioso que custou nada menos que 12 milhões de dólares. Ao terminar, contará com um restaurante e estruturas para o turismo que deixam qualquer gigante do mundo do vinho com inveja. Os vinhos que provamos, ainda sem rótulo pois estão ainda na segunda colheita e em tudo para ter destaque.

 

 

 

 

Um parênteses que vale a pena fazer sobre os vinhos em geral desta região: A uva branca Torrontés é sem dúvida a rainha de Salta e isto é inegável. Vinhos aromáticos e muito fáceis de beber. Além dos bons Malbecs e Cabernets daqui que também se mostraram muito interessantes. Mas fiquem de olho naquela que consideramos a uva ícone do Uruguai, a Tannat. Os Tannats de Salta tem surpreendido a todos e muitos deles se mostram mais fáceis de beber que os uruguaios. Usada em cortes ou em varietais, a Tannat aqui tem dado resultados fantásticos e logo mais veremos alguns deles ganhando destaques internacionais!

 

 

Amigos, Salta é uma região pouquíssimo explorada e que vale a pena visitar, por inúmeros motivos. Quem vai, não se arrepende e de quebra ainda consegue ver paisagens maravilhosas e beber vinhos surpreendentes.

 

 

CHEERS!!

EnoDeco no Instagram: http://instagram.com/enodeco

Siga o EnoDeco no Twitter!

Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
18
mar
2013

Vinho da Semana: Bodegas Carrau Tannat de Reserva 2010

Postado por andrerossi às
23h32

 Vinho da Semana: Bodegas Carrau Tannat de Reserva 2010

 

Vinho: Carrau Tannat de Reserva 2010

Produtor: Bodegas Carrau.

Origem:  Canellones (Uruguai).

Uvas: Tannat.

Importadora no Brasil: Zahil.

Preço Aproximado: R$ 65,00.

 

 

Tannat é uma uva que até pouco tempo atrás era pouco difundida e conhecida. Mas nosso vizinho Uruguai tratou de dominá-la e começar a fazer um trabalho fantástico com esta que é uma uva francesa, que vem do sul da região de Bordeaux, mais precisamente de Madiran. Mas os Tannats de Madiran não tem nada a ver com os uruguaios.

 

 

Vale dizer que é uma uva que não é muito eclética. Ou seja, nem todo mundo gosta. E um dos principais motivos é sua rusticidade, sua adstringência e alguns casos, um corpo excessivo que incomoda muita gente. Mas os Tannats uruguaios estão cada vez mais fáceis e mais dóceis e precisamos experimentar para ver como eles estão mudando. Para melhor. Ah, uma observação importante: A região argentina de Salta (norte) tem produzido excelentes e surpreendentes Tannats!!

 

Mas voltemos aos uruguaios, e a este mais precisamente. O Carrau Tannat de Reserva é um vinho honesto, com bom custo é ótima qualidade. Com uma cor típica rubi escura, é um vinho novo, mas que já carrega as principais características da uva: Aromas de frutas escuras, como ameixa, ervas, tabaco e madeira. Na boca, um vinho intenso, com taninos bem presentes, que ainda podem ser amaciados com o tempo, mas nao são tão agressivos. Sabor intenso e final longo, que fica na boca. Um belo exeplo de tannat uruguaio, por um valor OK.

 

 

 

CHEERS!!

EnoDeco no Instagram: http://instagram.com/enodeco

Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
25
out
2012

VINHO BRASILEIRO NA TAÇA: DAL PIZZOL TANNAT 2009

Postado por andrerossi às
17h51

1cfd0d5577673c3a728cf6c9f404d4cb8292 225x300 VINHO BRASILEIRO NA TAÇA: DAL PIZZOL TANNAT 2009

 

Vinho: Dal Pizzol Tannat 2009

Produtor: Dal Pizzol

Origem:  Serra Gaúcha (RS)
Uvas: Tannat

Preço Aproximado: R$ 42,00

 

 

É bom voltar a falar dos nossos vinhos, sem ressalvas. E que continue assim por muito tempo, sem que venham com mais surpresas para nós!

 

 

Dal Pizzol é um produtor que vem ganhando reconhecimento dia após dia no cenário nacional. A mais recente conquista é pelo enólogo da casa Direceu Scottá, que foi eleito o enólogo do ano, premio tão esperado e aguardado pela indústria nacional.

 

 

Falando deste Tannat, é um grande vinho e uma grande surpresa, que mostra que esta uva, sem bem cuidada e cultivada, pode dar bons vinhos por aqui. Com envelhecimento de 15 meses em grandes pipas de madeira, a Tannat se torna, neste vinho, macia e fácil de beber. Os aromas de frutas negras, cravo e pimenta se misturam com uma madeira sem exageros. Na boca, tem ótimo corpo e bom final, agradável! Mais um belo vinho desta competente vinícola que vem fazendo ótimos vinhos!

 

 

CHEERS!!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

EnoDeco no Instagram: @enodeco

Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

 

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
10
out
2011

SURPRESAS URUGUAIAS.

Postado por andrerossi às
10h59

marichal 300x65 SURPRESAS URUGUAIAS.


Recentemente tive o prazer de participar de um almoço com o enólogo Andrés Marichal, da Bodegas Marichal, uma vinícola uruguaia que tem surpreendido a todos pela qualidade de seus vinhos e também por algumas coisas diferentes, que veremos mais pra frente. Este delicioso convite foi feito através da Ravin, importadora que tem, assim como Marichal, surpreendido o mercado com alguns rótulos bacanas, diferentes e também alguns clássicos como Frescobaldi, Zuccardi, Valdivieso e o mostro sagrado da Toscana, Sassicaia. Com seus 2 anos de vida, os sócios Rogerio D’Avila e Alberto Porto Alegre realmente estão com um portfolio que surpreende!



Neste almoço no restaurante “Vino!”, que também teve a presença da sempre simpática Viviane D’Avila, Diretora de Marketing da Ravin, Andrés começou servindo uma de suas invenções e que eu chamo de surpresa. O Marichal Reserve Collection Pinot Noir Blanc de Noir 2010 é um orte de 60% Pinot Noir e 40% Chardonnay, com coloração rosada bem clara. Aromas delicados de frutas vermelhas e toques mais minerais, lembrando pedras. Na boca, um corpo leve, boa acidez, sem taninos e com final médio-longo que agrada muito. Um vinho diferente que vale os R$ 55,00, principalmente num dia quente ou para ser tomado como aperitivo.



Logo depois veio outra surpresa, o diferente Marichal Reserve Collection Pinot Noir /Tannat 2008. Como notaram, é um corte de 2 uvas que teoricamente não tem nada a ver: A delicada e suave Pinot Noir, com a austera Tannat. Com predominância da Pinot Noir (70%), tem uma coloração rubi intensa. No nariz as frutas negras da Tannat predominam mas sente-se claramente aquela fruta vermelha da Pinot no fundo, deixando uma mistura de aromas bem interessante. Álcool ainda um pouco aparente, boa acidez, taninos macios, corpo médio e final médio-longo. Também custa R$ 55,00 e é uma boa compra para alguém que queira experimentar este corte que não é muito comum de acharmos por aí.



Seguindo este belo almoço, veio o Marichal Reserve Collection Tannat 2009: Pelos mesmos R$ 55,00 tivemos um vinho bem equilibrado, com aromas intensos, ótimo corpo, bons taninos e final longo. Um belo exemplar de Tannat uruguaio, a um preço justo para os padrões brasileiros.


E por último vamos à grande estrela do almoço, o Marichal Grand Reserve Tannat 2005: Vinho que passou 18 meses em barricas de carvalho e mostra uma elegância impressionante! Cor rubi intensa, já com toques mais atijolados que mostram seus 6 anos de idade. Um nariz maravilhoso, elegante e complexo: Ameixas, madeira, terra e algo herbáceo se misturavam deixando delicioso. Na boca, não deixou por menos: Taninos macios, mas podendo ainda evoluir mais, encorpado, acidez agradável e final bem longo. R$ 125,00 por um vinho muito, muito bom!



Realmente um almoço memorável, com vinhos, comida e companhias agradabilíssimas! Parabéns à Ravin por esta descoberta e ao Andrés Marichal pelos vinhos realmente muito bons!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
4
set
2011

VINHO DA SEMANA: CATAMAYOR TANNAT RESERVA 2008

Postado por andrerossi às
22h01

Catamayor Reserva Tannat 79x300 VINHO DA SEMANA: CATAMAYOR TANNAT RESERVA 2008

 

Produtor: Castillo Viejo
Origem:  San Jose (Uruguai)
Uvas: Tannat
Safra: 2008

Importadora no Brasil: World Wine
Preço Aproximado: R$ 33,50 (Em promoção!)



Já havia falado do vinho superior a este, o Reserva de Família, vinho que me encantou no World Wine Experience. Este vinho, de preço bem acessível é um ótimo exemplar do que esta uva símbolo do Uruguai pode fazer. Sua cor é rubi intensa e no nariz este vinho tem uma excelente intensidade de aromas. Amoras, madeira, e alguns toques herbáceos são bem presentes e deixam uma boa impressão logo de cara. Na boca, é um vinho com boa acidez, corpo médio, taninos redondos e macios e um final médio-longo. Um vinho equilibrado, que a este preço é uma excelente oportunidade!!    



CHEERS!!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

Siga o EnoDeco no Twitter!
Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
31
jul
2011

VINHO BRASILEIRO NA TAÇA: PIZZATO RESERVA TANNAT 2005.

Postado por andrerossi às
21h42
Tags:
,

pizzato tannat reserva 2005 191x300 VINHO BRASILEIRO NA TAÇA: PIZZATO RESERVA TANNAT 2005.

 

Vinho: Pizzato Tannat Reserva 2005

Produtor: Vinícola Pizzato

Origem: Vale dos Vinhedos - RS (Brasil).

Uvas: Tannat.

Safra: 2005

Preço Aproximado: R$ 37,00

 

 

A Tannat é uma das uvas tintas que vem chamando a atenção de muita gente. Já bebi alguns e este se encaixa na lista de vinhos interessantes e bons de se provar. Com um lote único de apenas 7.000 garrafas, este vinho mostra uma personalidade bacana, principalmente por se tratar de um cinho com 6 anos de idade, afinal, muitos vinhos nacionais com etsa idade já passaram de seu melhor momento. E não é o caso dele.



Cor rubi intensa, com poquíssimos toques mais atijolados e este já é um bom indicativo de que ainda tem um bom tempo de garrafa pela frente. No nariz, frutas pretas, como ameixa, ervas e uma madeira harmônica deixam o nariz deste vinho bem agradável. Na boca, taninos redondos, bom corpo, final de boca longo e uma acidez correta. Um belo vinho nacional, feito comuma uva em destaque por aqui e por um preço honesto!



CHEERS!!
Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

Siga o EnoDeco no Twitter!
Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
21
jul
2011

VINHO DA SEMANA: ESTIRPE SUPER PREMIUM 2005

Postado por andrerossi às
10h43

Estirpe VINHO DA SEMANA: ESTIRPE SUPER PREMIUM 2005

 

Produtor: Filguera
Origem: Canelones (Uruguai)
Uvas: Cabernet Sauvignon, Merlot, Cabernet Franc e Syrah
Safra: 2005

Importadora no Brasil: Decanter
Preço Aproximado: R$ 85,00



Olhando o portfolio desta vinícola, importada pela Decanter aqui no Brasil, resolvi investir R$ 85,00 neste vinho uruguaio. Mas por que resolvi investir este valor neste vinho, se haviam outros a 20.00, 29.00, 39.00, 65.00 entre outros? Pelo simples motivo de ser um vinho diferente. Afinal, é um uruguaio, mas não é um Tannat! Aliás, de Tannat ele não tem absolutamente nada. Então, por que conhecer apenas os Tanntas do Uruguai, se há outros bons vinhos a serem descobertos? Aliás, voltando ao assunto dos preços, este vinho de R$ 85.00 é o mais caro da vinícola. Boa escolha da importadora, pois dá opções acessíveis ao consumidor.



Falando deste vinho, ele bem interessante. Até por ser de uma safra um pouco mais antiga que a maioria dos vinhos do novo mundo que vemos por aí, o vinho ganha complexidade e fica ainda melhor. Sua cor rubi já indo para o cobre por conta da idade é intensa. No nariz, frutas vermelhas e pretas, mas o predomínio é de algo que lembra couro e alguns traços mais herbáceos. Na boca, é um vinho de bom corpo, acidez moderada, taninos macios e um final médio-longo, agradável. Um uruguaio que poderia lembrar alguns vinhos do novo mundo... Um bom vinho que combina perfeitamente com uma carne assada ou um rosbife.



CHEERS!!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

Siga o EnoDeco no Twitter!
Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
28
jun
2011

VINHO BRASILEIRO NA TAÇA: DON LAURINDO ESTILO 2008

Postado por andrerossi às
17h44

Don Laurindo Estilo 2008 VINHO BRASILEIRO NA TAÇA: DON LAURINDO ESTILO 2008

 

Vinho: Don Laurindo Estilo 2008

Produtor: Don Laurindo

Origem: Serra Gaúcha (Brasil)

Uvas: Malbec, Tannat e Ancellotta

Safra: 2008

Preço Aproximado: R$ 60,00

 

Continuando o recém criado espaço do vinho brasileiro aqui no Blog, vou falar deste vinho, que vem de uma das mais conhecidas e competentes vinícolas do Brasil. Don Laurindo foi criada em 1946, mas somente a partir de 1991 é que oficializaram a criação da empresa e eles de fato começaram a vender seus vinhos finos no mercado. É uma vinícola pequena comprada com outras da região como Miolo, Salton e Aurora por exemplo, mas já ocupa um lugar de destaque no cenário nacional.



Este vinho é um corte inusitado de Malbec, Tannat e Ancellotta e apesar da pouca idade (3 ano) é um vinho agradável e sem muito álcool aparente. Um vinho equilibrado e como o próprio nome diz, tem ESTILO. Cor Rubi, nariz com frutas vermelhas um um toque leve e equilibrado de madeira e na boca uma boa acidez, corpo médio/encorpado, taninos redondos e um final médio/longo. Um ótimo vinho nacional, que se custasse uns 15 reais a menos seria imperdível! Como não é todo mundo que paga R$ 60,00 por um vinho nacional, mesmo que com excelente qualidade como este e na maioria da vezes por preconceito, este pode ser um fator negativo. Belo vinho! 



CHEERS!!
Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

Siga o EnoDeco no Twitter!
Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com