Publicado em 23/06/2014 às 23h04

Copa dos Vinhos: Espanha x Austrália

Copa dos Vinhos9 150x150 Copa dos Vinhos: Espanha x Austrália

 

JOGO: ESPANHA x AUSTRALIA – GRUPO B

DATA: 23.06

LOCAL: CURITIBA

 

 

Chegamos neste jogo com um cenário que ninguém esperava: Os dois times desclassificados e apenas cumprindo tabela. Então, já que no campo a coisa não tá boa para eles, vamos falar de vinhos, que as coisas são bem diferentes:

 

 

 

ESPANHA

 

O campeão da última Copa e grande sensação dos últimos tempos no futebol é também uma sensação no mundo dos vinhos. E tem sido assim faz um bom tempo, afinal, a tradição vinícola espanhola vem de muitos e muitos anos. Dona da maior área plantada de vinhedos no mundo, ela tem algumas das regiões mais famosas e reconhecidas do mundo, como Rioja e Ribera del Duero. Mas outras regiões, menos afamadas, mas de muita qualidade, tem mostrado muita coisa boa, como Toro, Rueda e a moderna região do Priorato, de onde vem também as Cavas. Outro destaque vai para os Jerez, vinhos fortificados de extrema personalidade e que arrasta multidões de fãs pelo mundo. As principais uvas de lá são, sem dúvida, a Tempranillo, rainha das tintas na Espanha e a Garnacha. Nas brancas, a Viura é sem dúvida a mais emblemática. Mas não podemos esquecer, lógico, das internacionais tintas e brancas, muito plantadas, Como Cabernet Sauvignon, Merlot, Syrah, Chardonnay e Sauvignon Blanc.

 

 

 

AUSTRÁLIA

Lá do outro lado do mundo, esta grande ilha é a referencia na uva Shiraz. Como boa parte do país é de clima desértico, principalmente o interior, as regiões produtoras estão localizadas perto do litoral. É o quarto maior exportador de vinhos do mundo. As regiões mais importantes são Barossa, Adelaide Hills, Coonawara, Clare Valley e McLaren Valley (Sul da Australia), Yarra Valley (Região de Victoria) e Hunter Valley (Região de New South Wales). As uvas  tintas mais cultivadas por lá são Shiraz e Cabernet Sauvignon e as brancas são Chardonnay e Semillon.

 

 

 

Abaixo, os 2 vinhos que acho que ilustram bem os 2 países:

 

 

 

ESPANHA

-PALACIO DE ANGLONA SELECCION TEMPRANILLO 2010

- PRODUTOR: VINOS Y BOEGAS

- REGIÃO: LA MANCHA

- UVAS: 100% TEMPRANILLO

- PREÇO APROXIMADO: R$ 45,00 (No site da importadora RAVIN - www.ravin.com.br)

- Sabe aquele vinho fácil de beber, que a garrafa acaba rapidinho e logo vem outra e outra e outra? Assim é este espanhol da região de La Mancha. Um vinho de corpo médio, com muita fruta e especiarias, taninos macios e um final bem agradável, que surpreende pelo custa de menos de R$ 50,00.

 

 

BOD00100 18 Copa dos Vinhos: Espanha x Austrália

 

AUSTRÁLIA

- TATTY ROAD SHIRAZ 2010

- PRODUTOR: GEMTREE VINEYARDS

- REGIÃO: MAC LAREN VALE

- UVAS: 100% SHIRAZ

- PREÇO APROXIMADO: R$ 88,97 (No site da importadora VINCI  - www.vinci.com.br)

- Mais um daqueles shiraz que expressam bem o porque esta uva ganhou tanta notoriedade na ilha dos cangurus. Um vinho intenso no nariz e na boca, mas ao mesmo tempo macio e fácil de beber. Boa acidez e final longo, para um vinho que parece mais do que os menos de R$ 90,00 que ele custa.

 

1997100 g1 125x300 Copa dos Vinhos: Espanha x Austrália

 

 

CHEERS!!

EnoDeco no Instagram: http://instagram.com/enodeco

Siga o EnoDeco no Twitter!

Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

Posts Relacionados

Publicado em 31/03/2013 às 23h06

Vinho da Semana: Torres Ibéricos Crianza 2009

ibericos crianza 181092 112x300 Vinho da Semana: Torres Ibéricos Crianza 2009

 

Vinho: Torres Ibéricos Crianza 2009.

Produtor: Torres.

Origem:  Rioja (Espanha).

Uvas: Tempranillo.

Importadora no Brasil: Devinum.

Preço Aproximado: R$65,00.

 

 

Não canso de dizer que os vinhos espanhóis estão na moda no mundo todo, assim como a culinária espanhola, que tem ganhado o mundo com seus sabores! E ando numa fase de procurar vinhos espanhóis com bom custo-benefício. E este vinho é mais um grande achado lá da península ibérica.

 

 

O Torres Ibéricos Crianza 2009 é um típico vinho desta que é a mais famosa e tradicional região vitivinícola da espanha, a Rioja. Feito 100% com Tempranillo, a grande uva por lá, este vinho tem os tradicionais toques de frutas vermelhas, ameixa, pimenta e madeira, com boa acidez, corpo médio/encorpado e final longo e agradável. Um Crianza (classificação espanhola de vinhos que envelheceram pelo menos 6 meses em barricas e mais 1 ano e meio em garrafa antes de ser comercializado) bem típico e com excelente custo-benefício, que mostra que há sim bons espanhóis acessíveis! Vale o gole. Ou melhor, alguns goles!!

 

 

 

CHEERS!!

EnoDeco no Instagram: http://instagram.com/enodeco

Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

Posts Relacionados

Publicado em 27/11/2012 às 17h50

BODEGAS ERCAVIO, UMA ESPANHA ACESSÍVEL E COM QUALIDADE.

Com mais um belo almoço no restaurante Bagatele, a Decanter trouxe a enóloga e proprietária Alexandra Schmedes. A vinícola fica localizada na região espanhola de Castilha, Toledo, uma região que não é tão famosa, mas que tem produzido bons vinhos. Então vamos aos vinhos:
- Ercavio Blanco Barrica 2009
Um vinho feito com a desconhecida uva Malvar. Uma cor amarela, brilhante. Nariz mineral, com Madeira tostada e herbáceo. Na boca, corpo leve, boa acidez e um final curto. Um vinho diferente por R$ 67,85.
- Ercavio Tempranillo Rosado 2010
Um rosé diferente dos intensos que estamos acostumados do novo mudo, com uma cor salmão. No nariz, boa intensidade de aromas, com morangos e rosas bem presentes. Na boca, leve, agrdável, com acidez média e bom final de boca. Um belo rosé estilo velho mundo considerando o preço de R$ 41,40.
- Ercavio Tempranillo 2009.
100%Tempranillo, um vinho de cor rubi e um nariz de intensidade média, mas bem interessante. Passando pelas frutas vermelhas, tabaco, ervas e ameixa. Bem complexo. Na boca, corpo médio, boa acidez, taninos macios e um bom final de boca. Por R$ 41,40 é uma bela escolha para quem quer experimentar algo diferente.
-Ercavio Tempranillo Roble 2006.
Outro 100% Tempranillo, com cor rubi mais intensa, mas uma cor surpreendente para um vinho de 6 anos. Nariz intenso, com ameixas, Madeira e pimenta bem presentes e equilibrados. Na boca, corpo de médio para encorpado, boa acidez, taninos presentes mas redondos e ótimo final de boca. Um belo espanhol, diferente, facil de beber por um preço justo: R$ 67,65.
- Ercavio Lá Meseta 2010
De cor púrpura intenso, este vinho já foge do tradicional Tempranillo, sendo um corte de 50% desta uva e 50% Syrah. E o Syrah já faz uma boa diferença, sendo, pra mim, o grande diferencial deste vinho. Cor púrpura, nariz que lembra amoras, pimenta, ervas e uma Madeira bem equilibrada. Boca equilibrada, com corpo médio/encorpado, acidez correta, taninos macios e final longo. Ainda abaixo dos R$ 100,00 (R$ 97,20) mais uma opção interessante!
- La Plazuela 2005
Outro corte diferente: 80% Tempranillo (Localmente chamada de Cencibel) e 20% Garnacha. A bela cor rubi mais atijolada já mostra seus 7 anos. No nariz, mais uma amostra da idade. A fruta vermelha se mistura com toques de terra e balsâmico. Boca deliciosa, com muito sabor, acidez média (mas compreensível pela idade) taninos ainda presentes e macios e longo, longo final de boca. É o vinho ícone da vinícola e custa R$ 342, 70.
Boas surpresas na degustação, mas meu destaque vai para o Ercavio Tempranillo Roble 2006 e o Rosé como grandes custo-benefício.

 

 

 

 

CHEERS!!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

EnoDeco no Instagram: @enodeco (www.instagram.com/enodeco)

Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

 

Posts Relacionados

Publicado em 02/10/2011 às 21h27

VINHO DA SEMANA: RISCAL 1860 2006

Riscal 1860 2006 VINHO DA SEMANA: RISCAL 1860 2006

 

Produtor: Marques de Riscal
Origem:  Rioja (Espanha)
Uvas: Tempranillo
Safra: 2006

Importadora no Brasil: Interfood
Preço Aproximado: R$ 56,00



Um vinho que nunca cansa e é sempre agradável e vai bem em muitas ocasiões. Simples e muito honesto, este vinho é uma bela opção para o dia-a-dia. Um vinho de cor rubi, com intensidade média, tem muita frta vermelha como cerejas e morangos, além da madeira sutil e bem colocada. Na boca é bem suave, redondo, com boa acidez e final médio-longo. Um vinho extremamente agradável e "pau pra toda obra"! Em outras safras  como 2003 e 2004 já chegou a levar 91 pontos da Wine Enthusiast.



CHEERS!!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

Siga o EnoDeco no Twitter!
Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

Posts Relacionados

Publicado em 12/09/2011 às 21h46

VINHO DA SEMANA: STRABON BRONCE 2008

strabon bronce1 VINHO DA SEMANA: STRABON BRONCE 2008

 

Produtor: Gil Luna
Origem:  Toro (Espanha)
Uvas: Tinta de Toro (Tempranillo)
Safra: 2008

Importadora no Brasil: Decanter
Preço Aproximado: R$ 41,00



Quem conhece esta região espanhola, que ainda não goza do mesmo prestígio que Rioja ou Ribera del Duero, certamente concordará comigo que é uma região de fantásticos vinhos, principalmente os tintos, e que está crescendo muito em qualidade. Ela fica localizada ao lado de Rueda, perto da fronteira com Portugal e aproveitando o famoso Rio Duero (Ou Douro, em Portugal).


Gil Luna faz uma série de vinho que ele classifica como Strabon Bronce, Strabon Prata e Strabon Oro, além de otros vinhos. E este Strabon Bronce 2008 é o vinho de entrada da vinícola e para um vinho de entrada ele pode ser considerado excelente! Sua cor rubi é bem intensa e no nariz aromas fortes de ameixa, madeira, baunilha e pimenta são bem marcantes. Na boca, ainda um pouco alcoólico, mas sabor intenso, taninos macios, acidez agradável e final médio-longo. Um belo vinho espanhol por pouco mais de R$ 40,00. É um excelente aocmpanhamento para um cordeiro!

 

 

CHEERS!!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

Siga o EnoDeco no Twitter!
Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

Posts Relacionados

Publicado em 26/08/2011 às 14h36

VINHO DA SEMANA: VEGA SAUCO PIEDRAS CRIANZA 2006.

vega sauco pedras 93x300 VINHO DA SEMANA: VEGA SAUCO PIEDRAS CRIANZA 2006.

 

Produtor: Vega Sauco
Origem: Toro (Espanha)
Uvas: Tempranillo
Safra: 2006

Importadora no Brasil: Ravin
Preço Aproximado: R$ 49,00



Toro é uma região não tão famosa ou tradicional como Rioja e Ribera del Duero, mas é uma D.O. (Denominación de Origen) que tem ganhado muito espaço com seus vinhos no mundo todo e aqui no Brasil especialmente. Toro fica um pouco abaixo da região de Ribera del Duero, vizinho de Rueda, região de excelentes vinhos brancos. Mas ainda assim, é uma região que está intimamente ligada ao Rio Duero. Lá a uva que faz este vinho, a Tempranillo é chamada de Tinta de Toro representa aproximadamente 85% das plantações e hoje a região é ainda mais famosa por conta do projeto que a famosa Vega Sicilia implantou na região para fazer o Pintia.  



Sobre o Piedras Crianza, eu o tomei este vinho no Encontro de Vinhos do ano passado, quando ele foi o melhor vinho da feira, escolhido às cegas pelo corpo de jurados. um vinho de R$ 49,00 que realmente vale a pena e arrebenta a concorrência neste preço. De cor rubi de média intensidade, tem um nariz maravilhoso, misturando maeira, frutas vermelhas maduras e uma certa dose de pimenta, que dá uma picância a mais para o vinho. Na boca ele é surpreendente: Bela e correta acidez, corpo médio-encorpado, taninos redondos e macios e final longo. Um vinho que parece bem mais do que ele realmente é. Vale a compra!! 



CHEERS!!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde!

Siga o EnoDeco no Twitter!
Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

Posts Relacionados

Publicado em 01/05/2011 às 21h48

#CBE: STRABON PLATA 2005 N

STRABON #CBE: STRABON PLATA 2005 N

 

Produtor: Gil Luna
Origem: Toro (Espanha)
Uvas: Tempranillo
Safra: 2005

Importadora no Brasil: Decanter
Preço Aproximado: R$ 65,55

O tema da CBE (Confraria Brasileira de Enoblogs) deste mês foi muito bacana. Não teve nada de anormal ou de diferente, mas como vcs vem acompanhando, a Espanha tem sido um país muito expolrado por mim. E consequentemente, a Tempranillo, uva que foi escolhida como tema deste mês, é uma das uvas que mais tenho tomado.


Procurei tomar um vinho não tão conhecido e de uma região que fugisse da Rioja ou Ribera del Duero, e por isto escolhi a região de Toro, que fica perto de Rueda, mais ou menos no centro-oeste da Espanha. O Strabon Plata 2005 n é realmente um vinho diferente, moderno. Sua cor rubi, já tendendo um pouco para o granada por conta de seus 6 anos, mas ainda demonstra uns bons 3 anos pela frente pelo menos. No nariz, fruta vermelha e madeira bem equilibrados e uma certa mineralidade, que pra mim é o toque diferenciado deste vinho. Na boca, é intenso, persistente e saboroso. Taninos redondos e um corpo que vai de médio a encorpado. Um belo vinho para quem procura algo diferente na Espanha!



CHEERS!! 

Posts Relacionados

Perfil

André Rossi (Déco), 35 anos, é formado pelo instituto inglês Wine & Spirits Education Trust (WSet) nos níveis 1 - Foundation, 2 - Intermediate e 3 - Advanced, cursados em Nova York. Atualmente está cursando o quarto e último nível do WSET, o “Diploma”, curso este que tem duração de 2 a 3 anos e é preparativo para o Instituto Master of Wine
Leia mais

Publicidade

Arquivo

agosto 2014
S T Q Q S S D
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Últimas notícias

Home de Blogs +
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com