sansao e dalila cortada Estreia de <i>Sansão e Dalila</i> mantém ibope de <i>A História de Ester</i>

Thais Fersoza foi destaque - Foto: Michel Ângelo/Record

Por Miguel Arcanjo Prado, interino*

A estreia de Sansão e Dalila, na noite desta terça-feira (4), rendeu à Record o mesmo ibope que teve a estreia de A História de Ester, no ano passado: 12 pontos de média na Grande São Paulo.

Isso deu à emissora o segundo lugar isolado. O share (participação de TVs ligadas e sintonizadas) foi de 20%.

A trama bíblica foi exibida entre 23h07 e 0h03.

No horário, a Globo ficou em primeiro lugar, com 26 pontos.

No Rio, a história do hebreu cheio de força rendeu mais: 16 pontos de média, o que deixou a minissérie a apenas quatro pontos da Globo, que marcou 20 pontos em terras cariocas no horário de Sansão e Dalila.

Os destaques do primeiro capítulo foram os embates entre Mel Lisboa, intérprete de Dalila, e Camilo Bevilacqua, que interpreta o asqueroso padrasto da jovem, Rudiju. Os dois convenceram nas fortes cenas em que Rudiju tenta violentá-la.

Mas quem roubou mesmo a cena foi Thais Fersoza, como a judia Samara.

Apesar das tomadas panorâmicas e a boa fotografia, algumas das cenas de luta de Sansão com os soldados filisteus - sobretudo quando estes eram atirados ao ar - soaram forçadas.

Leia mais:
+ Veja tudo sobre o primeiro capítulo
+ Conheça o site da minissérie
+ Leia outras notícias do R7
+ Conheça outros blogs do R7

http://r7.com/4huy