Os fotógrafos que estão trabalhando na São Paulo Fashion Week estão revoltados.

Pelo segundo ano consecutivo, houve furto de equipamentos na sala de imprensa.

Desde o ano passado, eles pedem para colocarem câmeras de segurança no local, mas não são atendidos.

A vítima da vez foi o freelancer Keiny Andrade, que estava trabalhando para a agência internacional Getty Images. Ele afirma que teve um prejuízo de R$ 20 mil. O incidente aconteceu na tarde desta quarta (2).


spfw Após roubo, fotógrafos são ameaçados na São Paulo Fashion Week
Fotógrafos pedem ajuda para organizadores e levam chega pra lá (Foto: Julia Chequer/R7)

Os profissionais foram na mesma hora falar com a organização do evento e o resultado foi pouco caso.

Uma assessora disse: "Ninguém mandou você dar mole".

Indignados, os fotógrafos se uniram para combinar um protesto para hoje no último desfile de encerramento da Fashion Week.

Os assessores ameaçaram expulsá-los, caso eles protestem em forma de vaias (como fizeram com Demi Moore e Ashton Kutcher, que chegaram mais de duas horas atrasados).

Os organizadores disseram que duas câmeras irão registrar a cena e que os que vaiarem nunca mais serão credenciados para os desfiles.

Câmeras para ameaçar eles têm, né?

(Colaborou Miguel Arcanjo Prado)

Leia a cobertura completa da SPFW!

http://r7.com/HjFL