passione clara valentina <i>Passione</i> termina com pior ibope da Globo no horário

Mariana Ximenes e Daisy Lúcidi: puro talento - Foto: Divulgação/Globo

A maré alta na reta final de Passione não foi suficiente para deixar uma audiência total de sucesso.

A última semana foi de ibope farto. O recorde foram os 54 pontos atingidos pelo capítulo da última segunda (10). O último capítulo, na sexta-feira (14), rendeu 52 pontos.

Mesmo assim, a novela fechou com média geral inferior à de Viver a Vida, que até então ostentava o título de novela das 21h de pior ibope de todos os tempos, com seus 35,8 pontos.

Agora o título é de Passione, que fechou com 35,3 pontos de média geral.

O baixo índice não desmerece o trabalho de Silvio de Abreu e de seu elenco, de talento comprovado.

Silvio fez uma novela longe do convencional. Sem medo, deu leveza a temas como a bigamia, e mostrou com a seriedade assuntos espinhentos como a pedofilia.

Se o italiano falado pelos atores e a mocinha Diana (Carolina Dieckmann) beiravam o insuportável, o autor soube valorizar o trabalho de astros  como Fernanda Montenegro, Cleyde Yáconis, Daisy Lucidi e Irene Ravache.

Até quem já foi mal visto no passado conseguiu conquistar o público, como Gabriela Duarte.

Com Clara, a assassina da trama, Mariana Ximenes mostrou porque, mesmo só com 29 anos, faz parte do primeiro time.

A falta de castigo à vilã fez lembrar outra excelente trama, atualmente frenesi na TV paga: Vale Tudo.

Sem pudor ou punição para seus crimes, Clara nos faz recordar Maria de Fátima, vilã que fez de Gloria Pires uma das atrizes mais respeitadas do país com apenas 25 anos.

Leia mais:
+Clara matou Saulo e Eugênio em Passione
+Veja fotos marcantes de Passione
+Quiz - Você sabe tudo sobre Passione?
+"Silvio de Abreu enganou a todos", diz especialista
+Leia mais notícias do R7
+Veja os blogs do R7

+Saiba tudo sobre o BBB

http://r7.com/OoNX