Publicado em 25/06/2016 às 10h12

O nome do gato

 

Macacada!

Tem coisas que a gente fala, que a gente ouve ou até que a gente cantou a vida toda, mas nunca soube ao certo do que se tratava.

Hoje, por exemplo, descobri mais uma dessas coisinhas. O clima de Festa Junina tá no ar, junto com o frio. E nessas datas, ouve-se aqui e ali aquelas musiquinhas típicas dessa época do ano.

Por exemplo: " capelinha de melão, é de São João. É de cravo, é de rosa, é de manjericão..."

Nunca me passou pela cabeça perguntar do que se tratava essa tal capelinha de melão.

Olha ela aqui:

caPELINHA DE MELÃO 300x230 O nome do gato

É mesmo uma capelinha de melão, enfeitada com cravo, rosa e manjericão.

E a quadrilha segue alegre...

(Mas essa quadrilha é apenas a de festa junina...não é a quadrilha que assalta a gente o tempo todo, não.)

________________

Michael Jackson in 1988 168x300 O nome do gato

E já faz 7 anos que o Michael Jackson Morreu? Foi em 2009, me diz aqui minha pesquisa. Caramba, como o tempo passa.

A história curiosa que tenho sobre isso envolve meu gato. Tínhamos aqui um gato preto que tinha morrido em circunstâncias desconhecidas. Amanheceu morto no portão de casa. Suspeitamos que foi envenenado. Jamais saberemos.

O fato é que, justamente no dia da morte do Michael Jackson, ganhamos um novo gato. Preto, também.

- Como vai ser o nome dele? - algum filho falou.

- Michael -  disse a Jararaca,  muito envolvida na tristeza pela morte do MJ.

- Mas , mãe...

- Mas, mãe..

- Tá bom - disse a mãe, concordando que seria esquisito, ou apenas para não contrariar as crianças.

Mas acrescentou:

- Mas vamos batizá-lo com um nome importante, então!

Hoje nosso gato completa 7 anos em nossa companhia.

Elvis, seu nome é Elvis.

SAM PRAN FRANT.

Publicado em 24/06/2016 às 07h57

A mesma água

 

Macacada Amiga da GiuPress!

Comecei o dia bem.

Já tinha derrubado água no teclado do laptop há tempos e vinha usando um teclado externo. Nada assombroso.

Babi, minha filha mais velha, sempre foi clara:

- Esse seu laptop é uma porcaria.

Eu afirmo que não. É ótimo.

Porém, (e sempre existe um porém) ,  hoje repeti a cagada com café. Ainda bem que molhou apenas o teclado externo. Sou muito desastrado.  Depois de derrubar meia xícara de café, limpei tudo e, quando já arrumava tudo de volta,  encostei na xicara e derrubei o que restava do café - de novo.

Agora to batucando no tecladinho de celular, escrevendo essa bobagem, enquanto espero a loja abrir pra comprar outro teclado.

Ou seje, só faço merda.

Enquanto isso, vamos levando a vida naquela mesma água.  Nada de novo. A PF continua prendendo e os politicos continuam roubando a alegando inocência.

E nós continuamos pagando.

SAM PRAN FRANT.

Publicado em 23/06/2016 às 07h54

Só mais uma coisinha

 

Macacada Amiga da GiuPress!

Apenas pra não ter que ficar falando que a Operação Lava Jato está colocando a canalhada na cadeia ou que a batata do Cunha tá pra lá de assada, (com os aliados do safado  abandonando o barco), nem que o Paulo Bernardo foi preso hoje e a esposa dele, a senadora Gleisi Hoffmman tá com a corda no pescoço... nem vou falar também que certa pessoa que poderia testemunhar contra os salafrários todos foi encontrado morto... assassinado. A coisa tá fervendo.

Vou deixar essa coisa toda de lado pra falar de duas figuras de quem sempre gostei:

Dercy Gonçalves, a eterna desbocada careta, morta em 2008, com 100 anos.

AS MELHORES COISAS DA VIDA

A danadinha construiu toda uma longa carreira baseada nessas frases desbocadas, mas, parece, na vida real era careta, careta. Segundo sua filha, ela não permitia palavrões em casa, de jeito nenhum. Figura especial.

E a outra figura é internacional: Peter Falk.

Também já morreu. Em 2011.

Peter Falk   1973 225x300 Só mais uma coisinha

Peter Falk foi o eterno Detetive Columbo, da série de TV famosíssima da minha juventude. Alguém lembra?

Já falei dele algumas vezes por aqui. Ele fazia esse detetive, aparentemente meio bobo, mas sempre chegava ao final com o bandido na cadeia, simples e fácil.

Era gostoso ver o Columbo investigando, perguntando coisas ao suspeito, (que quase debochava de seu jeito aparentemente incompetente), até que Columbo fazia de conta que acreditava nas respostas do suspeito e, antes de ir embora, falava a célebre frase:

- Ah!...só mais uma coisinha...

Acho, inclusive, que Peter Falk tinha um olho de vidro.

O cara era sensacional.

Só mais uma coisinha...

De resto, o dia começa assanhado.

SAM PRAN FRANT.

Publicado em 22/06/2016 às 07h53

Frio

 

Macacada Amiga da GiuPress!

Tá frio, não vou negar. É aquela coisa de sempre. Se tá de roupa, não dá coragem de tirar pra tomar banho. Depois do banho, não dá coragem de sair do chuveiro. Depois bota a roupa ainda fria e, aos poucos, a gente vai ficando novamente mais confortável. O bom é não suar.

Estamos agora com 15 graus aqui no Rio. A previsão diz que poderemos chegar aos 25. Não tá desesperador.

É o Inverno que bateu às nossas portas e se instalou. Tá bom pra tomar chá, é época de quentão e Festa Junina, clima bom pruma sopinha e pra tomar uma boa taça de vinho.

Namorar também é bom, mas namorar é bom com qualquer clima.

É o clima, é o clima...

Voltando à vaca fria, que cara de pau esse Cunha.

Foi pego com as calças na mão, com provas, contas no exterior etc e tal, e ainda convoca a imprensa para negar tudo.

Que tipo de poder esse sujeito ainda tem? Que segredos esconde dos outros e de si mesmo?

Ele deveria assumir seus roubos e revelar todos os outros que deve saber, de todo mundo.

Parece que o dono da Odebrecht vai fazer isso. Tomara. Ando lendo que ele não tá aguentando mais a prisão e que até passou de arrogante a humilde dentro da cela. Veremos.

Todos esses caras precisam dançar nas mãos da Justiça que, vamos combinar, anda bem devagar.

Quem dançava bem mesmo era o Fred Astaire, de quem já falei muito aqui.

Hoje é dia dele novamente. O feinho que satisfaz.

Veja novamente essa cena do filme BODAS REAIS, de 1951. Show.

FRED ASTAIRE dando show.

Batendo o queixo, ou não, SAM PRAN FRANT.

Publicado em 21/06/2016 às 09h11

Valeu!

Macacada!

Tá meio nublado aqui em SP.  Nem sei se vai chover, mas tá aquele clima quero ficar na cama - mas como a gente é trabalhador, o negócio é levantar a tenda e ir pra casa.  O tempo não para e nem as contas adormecem. O ditado popular está certo: quer ser lembrado, deixe de pagar uma conta.

Valeu muito ter vindo pra São  Paulo, ontem, pra assistir OS DEZ MANDAMENTOS, o musical.

Vocês precisam ver que loucura de produção. Além de o pessoal cantar pra chuchu, os efeitos especiais são  demais. Eles investiram um dinheirão pra instalar telões de Led de última geração  e teve tudo: pragas...insetos voando, vento na cara do público, tinha tudo. E a iluminação concebida pelo meu querido amigo Paulinho Medeiros (que foi papai outro dia) envolveu tudo numa magia teatral linda.

Valeu muito.

Agora tô indo embora. Voltar pra minha vida de peão  de obra.

SAMM PRAN FRANT.

Publicado em 20/06/2016 às 06h05

O musical

 

Macacada Amiga da GiuPress!

Hoje é dia de ir pra São Paulo para uma sessão especial de OS DEZ MANDAMENTOS , o Musical. No teatro.

To ansioso pra ver, especialmente porque sempre achei que deviamos tratar nossos produtos, (novelas e minisséries, em especial), como algo que realmente  fosse ousado - um produto de mercado.

A novela emplacou, indiscutivelmente. Os números mostraram isso.

E o sucesso de OS DEZ MANDAMENTOS tem até produzido memes na internet, do tipo daqui a pouco, a Record vai fazer toalhinhas dessa novela.

E eu digo que, se vender, deve fazer mesmo.

Nós vivemos num mundo capitalista, ou alguém acha que Hollywood faz filmes de forma altruísta? Hollywood investe milhões de dólares e espera um retôrno financeiro ainda maior. O jogo é esse.

Cada capítulo de OS DEZ MANDAMENTOS custou 700 mil reais - cada um deles. O investimento para colocar esse musical no palco também não deve ter sido pequeno. Tudo o que se quer  ver é esse dinheiro de volta, em dobro.

Então, o sucesso da novela vira livro, vira peça, vira filme, vira exposição. É a lei capitalista da oferta e da procura. Se tem gente querendo ver, deve existir alguém produzindo isso.

E eu quero que a Terra Prometida, que estreia em breve, alcance o mesmo sucesso e que tudo se repita. Isso gera empregos, (e não são apenas atores que fazem uma novela. Somos minoria nesse processo. São centenas e centenas de pessoas envolvidas diretamente - fora as indiretas). Isso gera renda e gera impostos. (Depois os políticos roubam, mas isso é outro assunto.)

As produções cinematográficas americanas investem muitos milhões de dólares nos filmes e ganham 300 vezes mais, mundo afora. Isso gera dinheiro para novos filmes e permite que se pague aos atores, diretores, e toda a enorme equipe necessária para fazer um filme, ótimos salários.

Assim é que deve funcionar. Ainda somos imaturos para lidar com o sucesso.

O Brasil ainda engatinha quando se trata de encarar sua produção artística como produto de mercado. Muito ainda há para se fazer.

Depois eu conto como foi a experiência de ver a história em forma de musical, no teatro.

Buenos dias e SAM PRAN FRANT.

Publicado em 19/06/2016 às 09h02

O Cinema Nacional

 

Macacada Amiga da GiuPress!

Tá frio, mas nem tanto frio. Tá médio.

E hoje é Dia do Cinema Brasileiro. E eu morro de inveja de não fazer o cinemão do Brasil - aqueles filmes que realmente passam no cinema. Adoraria poder ir ao cinema, comprar um saco de pipoca -(pagar aquele absurdo pela pipoca) - e me ver na telona.

- Mas por que você não faz cinema, Giu??? - dirão alguns.

- Porque ninguém me convida, responderei eu.

Por ouro lado, faço um monte de filmes alternativos, do cinema independente. Aqueles filmes sem recursos financeiros, muitas vezes bons, mas que não conseguem ser exibidos.

- E por que não conseguem ser exibidos? - perguntará alguém mais curioso.

- Porque, como quase tudo nessa vida, precisa ter dinheiro e relações importantes para colocar um filme no circuito comercial.

De todo modo, será exibido, depois de sete anos decorridos desde a filmagem, um filme do qual participei. Não na telona do cinema, mas na telinha da TV. O Canal Brasil exibe amanhã, dia 20, às 18 horas, o filme A SAGA DA ALMA DE UM POETA, dirigido pelo meu querido amigo Gustavo Moretzsohn.  Esse é um desses filmes independentes que fiz.

E hoje vou passar o domingo filmando outro desses filmes independentes com uma rapaziada jovem apaixonada por cinema. SEGREDOS DO PODER é o nome do filme.

Ou seje, só faço filmes que não me pagam nada, que faço pra ajudar a rapaziada e pra ter a sensação de que faço algum tipo de cinema.

Faz parte. Quem sabe até completar 80 anos, quando estiver mais caído que o Real, me chamem pra fazer um avô, um velho doido ou um profeta do Apocalipse. E eu irei, feliz da vida.

SAM PRAN FRANT.

Publicado em 18/06/2016 às 08h27

Biquini de bolinha

 

MACACADA!

A apenas 50 dias dos Jogos Olímpicos, o Rio de Janeiro decreta Estado de Calamidade Pública. Tecnicamente é como uma empresa pedir falência. Salários atrasados ou pagos em parcelas, hospitais sem remédios, viaturas da polícia e ambulâncias sem grana pra botar combustível etc e tal. Enquanto isso, só se fala em milhões e milhões enfiados nos bolsos de nossos espertos políticós, muitos deles comandando a Cidade Maravilhosa.

Que vergonha, que vergonha!

Dá vontade de sair dando murros na cara deles todos.

___________

CELLY Biquini de bolinha

Se houve alguém que fez sucesso, um sucesso danado, foi Celly Campello. Suas musiquinhas são cantadas até hoje e a molecadinha também sabe cantar, mesmo sem conhecer Celly Campello.

E o caso dela é engraçado. No meio do maior sucesso, literalmente casou e mudou. E não fez mais nada relacionado à música.

Muitos anos depois, esporadicamente, cantava um pouquinho.

Morreu em 2003.

ESTÚPIDO CUPIDO

SAM PRAN FRANT, que eu to cheio de coisas pra fazer.

E a peça, mesmo depois de 6 anos, continua lotando. Viva nóis.

Publicado em 17/06/2016 às 07h53

Jeito estranho de ser

Macacada Amiga da GiuPress!

José de Alencar Theatre 300x200 Jeito estranho de ser

Preciso dividir com vocês a informação de que o lindo  Theatro José de Alencar faz anIversário hoje. 106 anos, por isso o nome é grafado com H, theatro.

O teatro é lindo e patrimônio brasileiro. Estaremos lá ainda este ano apresentando Doidas e Santas. Vai ser maravilhoso revisitar Fortaleza e o José de Alencar.

____________

Agora, uma outra observação sobre nossos políticos:

Camaradinhas, se a Dilma já era uma negação completa ao falar em público, sonsa, incompetente na oratória etc e tal, o que dizer também do Temer? Sem a menor noção do que significa falar às massas. Zero, nota zero. Um desencontro, uma falta de naturalidade e, pior, o cara acha que falar FAZE-LO-IA, DESMENTI-LO-IA, impressiona as pessoas. Já na época do Jânio Quadros isso era antigo e desnecessário.

Jânio era o que dizia: Fi-lo porque qui-lo. Não bastava dizer Fiz porque quis?

Não bastasse a cara invernizada, sem expressão, ainda mais essa.

____________

De resto, macacada, o sol já brilha no céu e o frio continua.

Não chove, o que já é bom. Parece que semana que vem teremos mais chuvinhas.

SAM PRAN FRANT.

Publicado em 16/06/2016 às 09h24

Memética

 

Macacada!

Não chove esta semana por aqui e até abre aquele solzinho durante o dia, mas o frio continua firme e forte. Será que o Inverno vai nos oferecer um frio de rachar, ou vamos viver mais uma confusão meteorológica?  Nos resta apenas esperar pra ver o que nos espera.

To lendo um livro maneiríssimo chamado SAPIENS, Uma breve história da Humanidade. Como sou um tanto ignorante, fui  supreendido, ontem, com a memética - que é o estudos dos memes.

Como tem um monte de coisas que não sei, (aliás, sei quase nada), também não sabia de onde vinha essa expressão moderna chamada MEME.

MEMES 300x195 Memética

Pra mim, MEME era apenas isso e nada mais. E não sabia a razão de essas bricandeirinhas serem assim chamadas.

Ontem me deparei com a Memética. Coisa antiga.

Essa expressão, MEME, foi criada em 1976 por Richard Dawkins no livro O GENE EGOÍSTA. Um MEME é uma unidade mínima para a memória, assim como um gene é uma unidade mínima para a Biologia.  Meme é essa unidade que se replica de cérebro em cérebro, culturalmente falando.

Por isso é que se fala que a Internet está bombando de MEMES sobre os mais diversos assuntos.

Pra você, meu jovem internauta sabido e moderno, isso pode ser óbvio e que você já sabia faz tempo, mas pra mim foi uma revelação. Ou seje, to ficando mesmo velho.

Mesmo assim, ainda tá meio confuso.

namorados 300x258 Memética

Acho que os MEMES com esse personagem foram os primeiros a surgir na Internet.

No mais, hoje tem teatro e, semana passada, chegamos à conclusão de que o Teatro lá do centro da cidade é pequeno pro nosso espetáculo. Tem público querendo ver, mas não tá conseguindo. Claro que isso nos envaidece.

Agora vou cuidar da vida porque o tempo não para.

SAM PRAN FRANT.

Perfil

Giuseppe Oristanio é ator faz tempo. Devido a sua origem suburbana, desenvolveu múltiplas habilidades: ataca de pedreiro, encanador, cozinheiro, costureiro... E quando sobra tempo, procura não fazer nada porque, de todas as suas atividades, vagabundear é a que mais gosta. Fez faculdade de jornalismo, mas abandonou quase no fim por não lidar bem com a objetividade. Gosta de divagar, inventar, misturar realidade com ficção e gosta, principalmente, de se divertir. Nunca leve muito a sério o que ler por aqui. Pode ser mentira.

Leia mais

Publicidade

Galeria de fotos

Top 10 Comentaristas

  1. 1
    Giuseppe Oristanio13334 comentários
  2. 2
    clara2216 comentários
  3. 3
    goristanio1871 comentários
  4. 4
    DAGVAN MONTEIRO1708 comentários
  5. 5
    Janaina1623 comentários
  6. 6
    CARLOS999 comentários
  7. 7
    Raquel993 comentários
  8. 8
    clara759 comentários
  9. 9
    Vítor Antunes695 comentários
  10. 10
    Diva De Montalbán554 comentários

Últimos Vídeos

    Todos os Vídeos

    Arquivo

    junho 2016
    D S T Q Q S S
    « mai    
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    2627282930  
    Home de Blogs +