Publicado em 07/11/2014 às 07h30

Radialista

 

 

Ary Barroso 300x235 Radialista

Esse é o grande Ary Barroso e, em homenagem ao seu nascimento, hoje é o Dia do Radialista.

Muita gente apenas associa Ary à música Aquarela do Brasil, mas o grande Ary fez muito mais, foi muito mais.

Se estivesse vivo, por exemplo, estaria muito nervoso com a derrota do Flamengo na Copa do Brasil.

Flamenguista roxo, Ary era, também, narrador esportivo na rádio. E não tinha a menor vergonha de narrar e torcer pro Flamengo ao mesmo tempo. Mas a coisa era tão interessante que até os adversários acompanhavam a narração do Ary e torciam pela derrota do Flamengo só para ouvir a narração enfurecida do camarada, que abandonava a narração, jogava o microfone... até nesse momento ele era interessante.

Foi, inclusive, o criador do Samba Exaltação. Ao contrário do samba vigente que sempre falava da malandragem etc e tal, Ary exaltava as  belezas naturais do Brasil.

Também foi um grande compositor de marchinhas de Carnaval.

Eu dei

E foi justamente no domingo de Carnaval de 1964 que o danadinho do Ary bateu as botas.

Viva ele!

E, através dele, um viva a todos os radialistas do país. O rádio ainda é um grande veiculo de comunicação - e sempre será.

Viva!

Publicado em 06/11/2014 às 06h59

Um sorriso pra você

 

 

Cheguei em casa, ontem, depois do teatro, e quase imediatamente começou a chover. E foi boa a chuva. Longe de ser suficiente, mas foi uma chuva animadora. A seca no Rio também é grande e é preciso mesmo que chova.

Como consequência da chuva, acabou a energia elétrica.

Vivemos um tempo em que a falta de energia nos mantém atados. Não vemos TV, ficamos sem internet e nos sentimos isolados do mundo. É tudo verdade, porém nos da chance de fazer coisas que, muitas vezes, esquecemos. Conversar, por exemplo.

É bom poder deitar numa rede ouvindo o barulho da chuva e ficar falando da vida, do futuro, dos filhos e de nós mesmos.

Essa madrugada foi assim. Uma noite primitiva e calma.

Hoje amanheceu sem chuva e com energia, com algumas lâmpadas ligadas, inclusive.

O clima nessa manhã já não é de calor excessivo, embora não esteja frio.

Vamos começar mais um dia cheios de esperança de que chova ainda mais. As plantinhas do quintal agradecem e nós também.

Ah, hoje é Dia Nacional do Riso!

Então, recebam não um riso, mas um sincero sorriso de bom dia.

O Gás do Riso

O Depto. de Pesquisas da GiuPress vai investigar sobre os detalhes desse Gás do Riso.

sorriso 300x188 Um sorriso pra você

Publicado em 05/11/2014 às 07h07

A Síndrome do Segundo Dia

 

 

Macacada da GiuPress!

Ontem, com a presença de nosso Agente Vitor, minha pecinha estreiou no Teatro do Leblon.

Foi mutcho legal e, parece, o Vitor gostou.

Tinhamos vários artistas na plateia, mas como eu  tava recebendo cumprimentos de todos, a mulherada agarrada no meu pescoço, outras choravam de amor por mim, nem tive tempo de tirar fotos pra mostrar pra vocês. Acho que, amanhã, conseguirei pegar alguma coisa com a rapaziada e mostro pra vocês.

Estivem por lá meus queridos amigos Paloma Duarte, Bruno Ferrari, Roger Gobeth, RosaMaria Murtinho, a academica Nélida Piñon, Nicette Bruno, Beth Goulart.... a turma parece que gostou.

Eu gostei da estreia, que costuma ser um espetáculo nervoso. Nem foi.

Hoje enfrentaremos outra questão: a Síndrome do Segundo Dia.

cortina2 A Síndrome do Segundo Dia

Isso é tradicional e todo mundo alerta todo mundo. É o seguinte: quando a coisa da certinho na estreia, acontece um relaxamento natural na equipe toda. Parece que todo mundo diz...UFA....deu certo.

Esse relaxamento aparece no segundo espetáculo. Parece que a gente não se concentra com a mesma atenção e, na hora H, a coisa pode pegar.

Quando a gente fica atento, dá tudo certo.

Então, atenção redobrada para o segundo dia.

Publicado em 04/11/2014 às 06h33

Ator é bicho esquisito

 

 

picasso 225x300 Ator é bicho esquisito

Hoje é dia de estreia pro italianinho mais charmoso da GiuPress.

Gertrudes Stein, Alice Toklas e Pablo Picasso.

A peça tem um nome longo e é um lindo exercício de interpretação, com um texto sensacional e mutcho loco do Alcides Nogueira, que a macacada conhece como autor de novelas.

A princípio, faremos uma curta temporada até 17 de dezembro.

O futuro a Deus pertence, não é verdade?

Sam Pran Frant, que esse negócio de ser ator é fogo.

Aliás, olha isso:

Screenshot 2014 08 01 15 02 25 1 300x298 Ator é bicho esquisito

Eu não assisti, mas olha o tema do programa!

E, quer saber? De certa forma, eu entendo essa mãe desesperada com esse negócio de o filho dela ser ator.

É preciso mesmo uma dose de esquizofrenia para encarar essa parada.

Quando a gente chega assim, às vésperas da estreia, no dia da estreia, começa a bater uma dose de pavor. Não importa de você é iniciante ou tenha 50 anos de teatro. A perspectiva de subir ao palco é sempre assustadora.

É preciso ter coragem para encarar o público e mostrar o resultado de semanas e semanas de ensaios intensos. Será que vou acertar tudo? Será que vai dar certo? E a pior pergunta: será que vão gostar?

Há em nós, atores, uma necessidade de reconhecimento que é inerente à profissão. A gente trabalha por dinheiro, como todo mundo - claro. Mas, no fundo, no fundo, o que a gente quer é elogio. E palmas, queremos palmas.

Parece piegas, e é. Mas é verdade.

Vamos encarar o público daqui a pouco e deixar o coração no palco.

Tomara que a generosidade do público traga nossos corações de volta.

Publicado em 03/11/2014 às 07h24

Quando acontece o novo

 

 

191 2432 ARTBETOROCKFELLER4 300x225 Quando acontece o novo

No dia 4 de novembro de 1968, a TV TUPI exibia o primeiro capítulo da novela BETO ROCKFELLER e isso mudou de vez o jeito de se fazer e de se ver novelas.

Criada por Cassiano Gabus Mendes e escrita por Braulio Pedroso, a novela foi dirigida primeiro por Lima Duarte e depois por Walter Avancini. Todos monstros sagrados da TV brasileira.

A novela teve 230 capítulos, em Preto e Branco,  e era protagonizada por outro monstro: Luiz Gustavo - que fez e aconteceu. Só deu ele por anos e anos.

A história das novelas do Brasil, vira e mexe, nos oferece algo totalmente inovador que fica gravado na nossa memória. Beto Rockefeller propunha um texto e uma interpretação mais naturalista, fugindo do estilo mexicano que dominava nossas novelas. Tudo ficou mais simples, mais natural e mais próximo do público.

Essas inovações estão um tanto escassas ultimamente. Os trabalhos que propõem algo novo - mesmo que bonito - não acertam em cheio o gosto do público.

Eu torço - (e estamos tabalhando muito) - para fazer com que OS DEZ MANDAMENTOS que a Record colocou em produção agora possa ser mais uma possibilidade de UM PRODUTO NUNCA VISTO.

Depois de várias minisséries bíblicas, nossos profissionais alcançaram um grau de excelência na produção de coisas desse gênero.  Agora temos cenários e figurinos perfeitos, temos uns profissionais de maquiagem que fazem coisas inacreditáveis e, além dos equipamentos, a Record foi buscar os efeitos especiais de Hollywood para tornar cada cena uma obra perfeita.

Nós, atores, temos uma preparação exaustiva, tanto teórica quanto prática, para compreender bem as histórias, as civilizações e tudo o que cerca o contexto em que estamos envolvidos.

E, como sempre desejamos, a novela será exibida num horário muito bom para que todos possam assistir.

Então...segura a ansiedade. O bicho vai pegar.

Publicado em 02/11/2014 às 08h08

Calor e Banheira

 

 

banheira do futuro 300x263 Calor e Banheira

Entramos em novembro e a situação da seca que já aflige São Paulo faz tempo começa a se aproximar do Rio. Os reservatórios daqui já estão se esgotando e a chuva não aparece.

Além disso, tá fazendo um calor terrível, embora ainda falte quase dois meses pro verão chegar. Parece que resolveu adiantar.

Há uma previsão de chuva pra hoje, mas os próprios institutos dizem que a água que vai cair não vai resolver grande coisa.

De todo modo, eu ando cansado. Começamos os trabalhos de preparação para OS DEZ MANDAMENTOS que vai nos exigir muito a partir de agora -  e ainda me preparo para a estreia da minha pecinha na próxima terça. Dá sempre aquele nervosinho, sempre dá.

Pra relaxar, cheguei ontem em casa e resolvi tomar um banho de banheira, enquanto ainda temos água.

E coloco agora um videozinho do banho que a Jararaca fez pra gente. Ela disse que eu estava muito sexy.

NA BANHEIRA DA GIUPRESS

Publicado em 01/11/2014 às 08h35

Manchetes

 

 

namorada de cego 220x300 Manchetes

Essa é a capa do Jornal MEIA HORA, publicado no último dia 28 de outubro.

Uma manchete assim ilustra bem algumas coisas da Imprensa, assim como ilustra algumas coisas sobre o mercado.

A Imprensa, assim como as fábricas de carros, por exemplo, vendem produtos. As montadoras de carros vendem carros. A Imprensa vende algo importantíssimo: informação. Assim como as montadoras,  cada veículo de informação tem um público alvo. Quer dizer: nenhuma montadora produz um carro de 200 mil acreditando que a maioria da população vai comprar. Eles produzem esse carro para os ricos.

A Imprensa é igual, mesmo que se diga que deve ser imparcial, isenta e que busca sempre a verdade. Busca, busca, mas tem sempre um cantinho de cada jornal que puxa a brasa pra sua sardinha, pra sua ideologia etc e tal. No mínimo, para atrair seus leitores. Mas pode ser muito mais do que isso. Pode-se, com a ajuda da Imprensa, conduzir o pensamento popular quase que facilmente, visto que a maioria da população acredita firmemente em tudo o que aparece na TV ou sai no jornal.

Falta-nos, muitas vezes, um pouco de senso crítico para analisar e ler mais de um jornal ou assistir a mais de um telejornal. Enfim...

Eu só queria dizer que essa manchete, embora pareça grotesca. atinge em cheio o público alvo do jornal Meia Hora.

Existe em todo jornal um profissional específico para criar as manchetes.

O profissional que criou essa ai acertou na mosca, mesmo que a gente possa achar esquisito e grotesco.

Publicado em 31/10/2014 às 07h01

Dona de Casa

 

 

saci Dona de Casa

Hoje é Dia do Saci!

Se é pra brincar de assustar a meninada. que seja com um monstrinho brasileiro e sapeca.

Hoje também é Dia da Dona de Casa.

Nem é preciso dizer o quanto devemos reverenciar as donas de casa. Nem quero falar das mulheres com dupla jornada, que aí já seria humilhar a nós todos, homens.

Só quem lava uma loucinha de vez em quando é que pode avaliar o quanto trabalha uma muher no cotidiano de um lar.

Viva as donas de casa e, cá entre nós, macacada masculina, vamos dar aquela força porque ninguém é de ferro.

Além de tudo, o trabalho da dona de casa não tem fim e nem é valorizado. Os desatentos só notam que a dona de casa existe quando o almoço atrasa.

Francamente...

mulher1 300x243 Dona de Casa

Publicado em 30/10/2014 às 06h31

A coisa tá preta?

Em 1794, um cientista chamado John Danton descobre uma deficiência visual que passaria a ser chamada de Daltonismo - que é aquele problema que o camarada tem de não enxergar ou distinguir certas cores.

E o daltonismo é um problema porque, por exemplo, o camarada quer votar no verde e amarelo e vota no vermelho, quer votar no vermelho e vota verde e amarelo. Tipo o Velho Sarney, que jurou que ia votar na Dilma e votou no Aécio, viram isso? Tem um vídeo circulando por aí onde vê-se direitinho os dedos trêmulos do Sarney apertando o 45 e confirmando.

Quer saber se é daltônico?
Basta olhar pra esse desenho aqui, ó!

 A coisa tá preta?

O Teste é simples. Dá uma bizoiada no desenho. Se enxergar o número, não é daltônico, Se não conseguir distinguir o número, vá ao oculista que a coisa tá preta. Aliás, nem dá pra dizer se tá preta ou marrom porque você não tá distinguindo mais nada.

Publicado em 29/10/2014 às 05h41

Mulheres de peito

 

Macacada da GiuPress!

shakespeare 283x300 Mulheres de peito

Obras Completas de Shakespeare. Mais de 400 anos de idade.

Hoje, no Brasil, é Dia do Livro.

Eu luto o tempo todo para convencer os jovens com quem convivo - e isso inclui meus filhos - para a importância da leitura. Mas eu sinto que meu discurso chega aos ouvidos da rapaziadinha como algo antigo e meio sem sentido. Claro que há exceções, mas, em geral, a moçadinha não tá muito interessada em leitura, não!

E eu lamento porque  isso inibe demais a forma como as pessoas vivem. Ler não é  coisa de artista, não. Ler é coisa para todos.

Nem quero repetir que a leitura melhora demais o vocabulário das pessoas, ajuda na comunicação, desenvolve o cérebro e suas conexões e, em última análise, até adia nosso processo de envelhecimento cerebral. Quero apenas dizer que a leitura nos proporciona um enorme prazer. Convencer a macacadinha que ler dá prazer é a parte mais difícil, mas continuaremos tentanto, com coragem.

De todo modo, aproveito o dia de hoje para parabenizar nossos agentes que, além de ler adoidado, ainda publicaram livros.

Isso nos orgulha demais e nos enche de alegria.

Nossas meninas autoras são mulheres de peito.

Falando em peito, quero oferecer a elas um número musical.

E é música clássica, que aqui na GiuPress o pessoal é fogo na roupa.

 

É preciso ter peito

Perfil

Giuseppe Oristanio é ator faz tempo. Devido a sua origem suburbana, desenvolveu múltiplas habilidades: ataca de pedreiro, encanador, cozinheiro, costureiro... E quando sobra tempo, procura não fazer nada porque, de todas as suas atividades, vagabundear é a que mais gosta. Fez faculdade de jornalismo, mas abandonou quase no fim por não lidar bem com a objetividade. Gosta de divagar, inventar, misturar realidade com ficção e gosta, principalmente, de se divertir. Nunca leve muito a sério o que ler por aqui. Pode ser mentira.

Leia mais

Publicidade

Galeria de fotos

Top 10 Comentaristas

  1. 1
    Giuseppe Oristanio13334 comentários
  2. 2
    clara2216 comentários
  3. 3
    goristanio1871 comentários
  4. 4
    DAGVAN MONTEIRO1708 comentários
  5. 5
    Janaina1623 comentários
  6. 6
    CARLOS999 comentários
  7. 7
    Raquel993 comentários
  8. 8
    clara759 comentários
  9. 9
    Vítor Antunes695 comentários
  10. 10
    Diva De Montalbán554 comentários

Últimos Vídeos

    Todos os Vídeos

    Arquivo

    junho 2016
    D S T Q Q S S
    « mai    
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    2627282930  
    Home de Blogs +