02
fevereiro
às 19:41

Hoje vai ao ar o último capítulo de Sansão e Dalila. É um dia muito especial para mim, sinto um misto de alegria e tristeza. Alegria pela realização de um belíssimo trabalho, do qual todos nós nos orgulhamos bastante. Alegria pelo reconhecimento do público, que se envolveu com a nossa história e com os nossos personagens. Alegria por mais essa realização da Record e pela confiança dos diretores da emissora nos escritos deste autor. A tristeza... na verdade é saudade. E o autor passa por dois momentos como esse; um quando põe o ponto final no último capítulo e outro quando ele vai ao ar. Como a minissérie é uma obra fechada, minha despedida dos personagens foi em julho, quando encerrei as tramas e selei seus destinos. Algumas mudanças são necessárias, durante as gravações, mas nada que altere significativamente aquela estrutura que já foi fechada. Mas quando começa a exibição... há um emocionante reencontro. Vejo-me novamente com aqueles personagens que agora ganharam vida. O texto agora tem voz, as rubricas têm música, os céus ganharam cores. É um belo reencontro. E a nova despedida já traz a saudade. Dos personagens, das emoções, das surpresas... De esperar o horário diante da TV, de me emocionar com as cenas, de ler os comentários no twitter, de conversar com o diretor ao final de cada exibição... De vibrar com meus atores e ver as palavras ganharem belas formas. Saudade boa, daquela que emociona e faz brotar um sorrisão no rosto.
Missão quase cumprida! Último passo de uma jornada vitoriosa. Muito obrigado a todos que nos acompanharam! E que venham outras!

Aproveitem, assim como eu o farei, o último capítulo de Sansão e Dalila! Hoje, logo após Ribeirão do Tempo!

Captura de tela 2011 02 02 às 13.41.45 O autor e o último capítulo

Captura de tela 2011 02 02 às 13.49.01 O autor e o último capítulo

Captura de tela 2011 02 02 às 13.51.49 O autor e o último capítulo

Captura de tela 2011 02 02 às 13.52.30 O autor e o último capítulo

Captura de tela 2011 02 02 às 14.08.41 O autor e o último capítulo

Captura de tela 2011 01 30 às 12.51.06 O autor e o último capítulo

Captura de tela 2011 01 30 às 12.51.58 O autor e o último capítulo

Captura de tela 2011 02 02 às 13.53.46 O autor e o último capítulo

Captura de tela 2011 02 02 às 14.09.20 O autor e o último capítulo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
30
janeiro
às 13:32

Nos próximos dias 01 e 02 (terça e quarta), a Record exibirá as emoções finais da minissérie Sansão e Dalila. Quem conhece a história bíblica já aguarda pelo final trágico e grandioso, quando o guerreiro hebreu revela a origem de sua força para a filistéia Dalila. Mas quem acompanha as trajetórias de nossos outros personagens também deve estar ansioso para conhecer o desfecho de suas histórias. E posso garantir que muitas surpresas estão por vir!

Reta final de novela ou minissérie, últimas páginas de um livro, último ato de uma peça de teatro... Esse momento é muito curioso na vida de um escritor. Ao mesmo tempo em que ficamos felizes pelo cumprimento daquele trabalho e pela conclusão daquela história, já ficamos com saudades daqueles personagens... E os personagens de Sansão e Dalila, definitivamente, deixarão saudades. Agradeço à Record e ao público, por ter brindado nosso trabalho com o primeiro lugar em audiência! Os próximos capítulos estão imperdíveis!

O final da trajetória de Sansão sempre despertou grande comoção e curiosidade. E enquanto eles não vão ao ar, selecionei algumas representações artísticas dos últimos momentos da trajetória de Sansão, o guerreiro hebreu que derrota exércitos numerosos, mas que sucumbe às armadilhas de uma mulher do povo inimigo: Dalila.

O video abaixo é a cena final da ópera Samson et Dalila (1981) com os espetaculares Plácido Domingo e Shirley Verret:

Não perca os últimos capítulos de Sansão e Dalila! Terça e quarta, logo depois de Ribeirão do Tempo!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
27
janeiro
às 11:59

A retirada das portas de Gaza é uma das passagens clássicas da trajetória de Sansão. Embora a maioria dos filmes não tenha representado tal passagem, é possível encontrar algumas gravuras sobre ela:

Captura de tela 2011 01 27 às 11.25.51 E Sansão carregou as portas de Gaza...

Captura de tela 2011 01 27 às 11.26.30 E Sansão carregou as portas de Gaza...

Captura de tela 2011 01 27 às 11.27.19 E Sansão carregou as portas de Gaza...

O ato de Sansão é muito simbólico, já que ele enfrentaria qualquer exército que tentasse impedir sua saída de Gaza. Mas acredito que, ao retirar as portas de proteção da cidade, Sansão estivesse deixando um recado muito claro aos filisteus: ninguém deveria ser impedido de entrar ou sair de Gaza. E que o Deus dos hebreus era muito mais forte que qualquer muralha ou portão.

"Sansão (...) se levantou, e pegou ambas as folhas da porta da cidade com suas ombreiras, e, juntamente com a tranca, as tomou, pondo-a sobre os ombros; e levou-as para cima, até o cimo do monte que olha para Hebrom".

Captura de tela 2011 01 27 às 10.29.55 E Sansão carregou as portas de Gaza...

Captura de tela 2011 01 27 às 10.27.36 E Sansão carregou as portas de Gaza...

Captura de tela 2011 01 27 às 10.28.26 E Sansão carregou as portas de Gaza...

Captura de tela 2011 01 27 às 10.28.131 E Sansão carregou as portas de Gaza...

Captura de tela 2011 01 27 às 10.30.22 E Sansão carregou as portas de Gaza...

Captura de tela 2011 01 27 às 10.31.11 E Sansão carregou as portas de Gaza...

Captura de tela 2011 01 27 às 10.28.37 E Sansão carregou as portas de Gaza...

"E depois disso, aconteceu que se afeiçoou a uma mulher do vale de Soreque, a qual se chamava Dalila..."

É exatamente neste ponto em que estamos; Sansão voltou para Gaza por Dalila. De agora em diante, a história caminha para o fim... E para seus momentos mais fortes e emocionantes! Não percam!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
24
janeiro
às 15:39

Faltam apenas seis capítulos para o fim da minissérie Sansão e Dalila. Nossos protagonistas já se conheceram, embora não tenham trocado muitas palavras. Mas os olhares, muitas vezes, dizem muito mais...

Captura de tela 2011 01 24 às 00.24.31 Grandes emoções em Sansão e Dalila

Captura de tela 2011 01 24 às 00.25.18 Grandes emoções em Sansão e Dalila

Captura de tela 2011 01 24 às 00.24.55 Grandes emoções em Sansão e Dalila

Captura de tela 2011 01 24 às 00.27.22 Grandes emoções em Sansão e Dalila

Captura de tela 2011 01 24 às 00.25.40 Grandes emoções em Sansão e Dalila

O guerreiro hebreu está em Gaza e pronto para invadir o palácio do príncipe Inárus. Aos que perguntaram sobre a organização política dos filisteus, havia um líder em cada cidade dominada por eles (são os príncipes que estão no palácio). Eram cinco cidades, conhecidas como a "Pentápole Filistina". Na minissérie, o príncipe Inárus é o líder da pentápole e os outros líderes cobiçam seu cargo. Essas rivalidades ficarão mais fortes nos próximos capítulos, já que Sansão está acumulando vitórias e a cortesã Tais está fazendo intrigas para jogar uns contra os outros - e todos contra Dalila. Os homens da cidade já descobriram que Sansão está em Gaza e vão se preparar para entregá-lo. Tal situação resultará em outra passagem clássica da história de Sansão: a retirada das portas de Gaza.

Ótima matéria que foi ao ar ontem, no Domingo Espetacular, sobre o sucesso de Sansão e Dalila:

É reta final! Quem perdeu algum capítulo, ainda dá tempo de assistir! É só clicar AQUI.

Grandes emoções estão por vir, não percam!

De terça a sexta, logo depois de Ribeirão do Tempo.

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
21
janeiro
às 17:19

Agradeço a todos pelas mensagens e pela grande audiência de Sansão e Dalila. Como podem conferir nos sites de TV, a audiência é crescente e batemos recorde esta semana, em todas as praças. Viram essa matéria do jornal da Record?

E a jornada do guerreiro hebreu continua! Na próxima semana já entramos em reta final, com o episódio das portas de Gaza. Dalila também começa a acumular vitórias no palácio e a ambição passa a comandar suas ações. A volta de Tais, como protegida do príncipe de Ecrom, também movimentará o palácio e desafiará Dalila a todo instante. Após vencer os mil homens usando apenas uma queixada de jumento, Sansão decidiu partir para Gaza, já que é de lá que partem as ordens contra o seu povo.

Captura de tela 2011 01 21 às 16.12.09 Sansão e Dalila em primeiro lugar de audiência

Captura de tela 2011 01 21 às 16.12.56 Sansão e Dalila em primeiro lugar de audiência

Captura de tela 2011 01 21 às 16.13.36 Sansão e Dalila em primeiro lugar de audiência

Captura de tela 2011 01 21 às 16.14.50 Sansão e Dalila em primeiro lugar de audiência

Captura de tela 2011 01 21 às 16.18.28 Sansão e Dalila em primeiro lugar de audiência

O que Sansão nem imagina é que, nesse mesmo local, está a mulher que terá papel fundamental em sua trajetória. Sansão e Dalila estão cada vez mais próximos.

Estive no programa Entrevista Record Cultura, da Record News, com os atores Fernando Pavão e Mel Lisboa. Haverá uma reprise no sábado, ao meio-dia. Batemos um papo bem descontraído com o jornalista Arnaldo Duran sobre a minissérie. Para quem quiser assistir:

Tentarei postar algumas cenas, como pedido, numa próxima atualização.
Não percam as emoções de Sansão e Dalila!
Um grande abraço!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
17
janeiro
às 15:08

Nos capítulos da semana passada, grandes reviravoltas e acontecimentos trágicos marcaram as trajetórias de muitos personagens, em Sansão e Dalila.

O enigma de Sansão e a guerra com Faruk resultou em mortes e sofrimento, além de aumentar o ódio entre os dois povos.

O sanguinário comandante Abbas assumiu o controle e tomou para si a responsabilidade de derrotar o guerreiro que acumula vitórias sobre o povo filisteu.

E o mesmo comandante começou a nutrir uma atração doentia por Dalila, o que também trará graves conseqüências...

Cário tentou proteger Dalila e foi preso pelo comandante Abbas.

Dalila se tornou a nova protegida do príncipe Inárus e permanece intrigada com as saídas misteriosas da cortesã Jana.

Myra e Yunet descobriram que estão envolvidas pelo mesmo homem: o soldado Aron (ou Norá?).

No povoado hebreu, Sansão sofreu um atentado e descobriu que Jidafe, seu amigo de infância, fora o mandante do crime. Será o primeiro grande desafio de Sansão como o juiz de sua tribo.

Captura de tela 2011 01 17 às 14.23.13 Fortes emoções em Sansão e Dalila

Captura de tela 2011 01 17 às 14.23.40 Fortes emoções em Sansão e Dalila

Captura de tela 2011 01 17 às 14.14.44 Fortes emoções em Sansão e Dalila

Captura de tela 2011 01 17 às 14.20.11 Fortes emoções em Sansão e Dalila

Captura de tela 2011 01 17 às 14.21.01 Fortes emoções em Sansão e Dalila

Captura de tela 2011 01 17 às 14.22.02 Fortes emoções em Sansão e Dalila

Pelos comentários, percebi que muitos se assustaram com a quantidade de personagens que deixaram a trama, logo na segunda semana.

Os vilões Rudiju, Hannah e Faruk já não aprontarão mais.

E deixo registrada a minha grande alegria com as participações de Camilo Bevilacqua, Valéria Alencar e Miguel Thiré no elenco, dando vida aos personagens citados acima, que certamente foram odiados e ficarão na memória do público.

A querida Ittala Nandi também brilhou no papel de Zaira, mentora de Dalila, numa participação especialíssima.

E quem não se envolveu com a família de Simas, senhor filisteu que foi belamente interpretado pelo Roberto Pirillo?

Rafaela Mandelli, Juliana Lohmann e Noemi Gerbelli também encheram este autor de orgulho, ao construírem personagens tão fortes e carismáticos.

Emocionei-me ao ver as chamas consumirem a casa de Simas, levando esses personagens tão importantes em nossa história. E podem aguardar que novas emoções estão por vir...

Captura de tela 2011 01 17 às 14.32.40 Fortes emoções em Sansão e Dalila

Ainda há muita história para contar nos dez capítulos restantes de Sansão e Dalila.

Falta pouco, é verdade! Pouco mais de duas semanas. E exatamente por isso, sugiro que não percam os próximos capítulos...

Dalila já está instigada com os comentários sobre Sansão, mas não imagina as revelações que estão por vir.

A jornada de Sansão também continuará e um grande confronto com os filisteus se aproxima. Imaginem a fúria do comandante Abbas ao ficar diante de Sansão? Nos próximos capítulos...

Não percam! De terça a sexta, logo depois de Ribeirão do Tempo!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
09
janeiro
às 15:06

Do comedor saiu comida e do forte saiu doçura; esse foi o enigma proposto por Sansão aos filisteus, em plena festa de bodas com Ieda. Na época, as festas de casamento duravam sete dias, com muita música, banquetes e vinho. As adivinhações e os enigmas também eram jogos comuns entre os homens. Ao ser provocado por um soldado filisteu, Sansão propõe o enigma que desencadeará uma série de acontecimentos e marcará, profundamente, a sua jornada.

sansaoeieda O casamento e o enigma de Sansão

Do ponto de vista religioso, é a primeira vez que vemos a vontade de Sansão sobrepondo a missão pela qual veio ao mundo, anunciado por um mensageiro de Deus: para começar a libertar o seu povo da opressão dos filisteus. Ieda é uma filistéia, pertence ao povo inimigo com qual o hebreu Sansão não deveria se misturar. Um amor puro e verdadeiro surge sob o manto da proibição, já que Simas, pai de Ieda, havia prometido sua mão ao jovem soldado Faruk, primeiro grande vilão da história. Dessa forma, Sansão desafia todos aqueles que se opõem à união, tanto de um lado como de outro. Se o casamento poderia servir como uma forma de estabelecer a paz entre os povos, como acreditava Sansão, também seria capaz de acentuar as diferenças.

O enigma aparentemente sem solução colocará esse amor à prova. Faruk e os demais filisteus encararam o desafio como uma afronta e começaram a oprimir os hebreus de povoados próximos, na tentativa de decifrar o enigma de Sansão. Sem sucesso, Faruk tomará medidas mais duras e receberá uma ordem do comandante Abbas, que não admitirá nova derrota para o guerreiro hebreu. Essa etapa é bastante simbólica na trajetória de Sansão, uma vez que ela representa quase uma preparação para o que virá a seguir; um novo e intenso envolvimento com uma mulher do povo inimigo: Dalila.

Os próximos capítulos estão repletos de acontecimentos e surpresas, não percam! Nossa história está apenas começando... Para quem perdeu os primeiros capítulos de Sansão e Dalila, clique AQUI para assistí-los, na íntegra. Basta ter um email no R7 e o cadastro é bem rápido.

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
06
janeiro
às 13:14

Finalmente, Sansão e Dalila estreou! Assisti ao primeiro capítulo no cinema, com toda a equipe e outros profissionais da Record. Todos ficamos muito felizes com o trabalho realizado, motivo de grande orgulho. Os atores estão incríveis e a produção está belíssima. Tenho que destacar a direção do João Camargo, do Régis Faria e do César Rodrigues, meus grandes parceiros nessa jornada. Agradeço a todos pelo empenho e dedicação! E agora esses personagens passam a pertencer ao público!

Captura de tela 2011 01 06 às 12.30.44 A jornada está apenas começando...

Sobre a jornada de Sansão... Ela acaba de começar! Dalila também começará a perceber que sua beleza pode ser uma fonte de poder... Aos que perguntaram, esse passado de Dalila não tem a intenção de justificar o seu ato final, que todos já conhecem. Ele é apenas um importante degrau para a construção da personalidade daquela mulher tão forte. Com relação a Sansão, não estranhem o fato do guerreiro hebreu parecer avesso ao trabalho e mais atraído pelas mulheres do que por sua missão. Ele é um homem, com suas fraquezas, e também veremos a construção daquele que se tornará um juiz de seu povo. Estamos apenas no início de nossa história, temos muito chão e fortes emoções pela frente. Nossos personagens têm muita história para contar. Faruk é o primeiro vilão que apareceu no caminho de Sansão e essa disputa levará a um trágico fim. Dalila também já conheceu as cortesãs do príncipe Inárus e aquela que se tornará uma grande opositora: Hannah. E que as jornadas continuem...

Para quem perdeu os primeiros capítulos de Sansão e Dalila, clique AQUI para assistí-los, na íntegra. Basta ter um email no R7 e o cadastro é bem rápido.

Ainda sobre Sansão e Dalila, o Hoje em Dia levou Tiago Villas-Bôas, de 14 anos, para conhecer os bastidores da minissérie, no Recnov. O adolescente sonha em ser autor e eu conversei com ele sobre a profissão.

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
04
janeiro
às 10:12

Chegou o momento da tão esperada estreia de Sansão e Dalila, na Rede Record. A minissérie será exibida de terça a sexta, às 23h. Contaremos não apenas a história do juiz hebreu de força incomum e da mais bela cortesã filisteia, mas também a de muitos outros personagens, em 18 imperdíveis capítulos! Foi uma longa jornada para todos os profissionais envolvidos e agora o telespectador poderá ver o resultado de tanto trabalho, tanto investimento e tanta dedicação. No caso deste autor, será o momento de ver as mais de 600 laudas que foram escritas ganharem vida própria. E confesso que a ansiedade é grande... É como os livros que passam a pertencer aos leitores quando ganham as prateleiras. Depois de escritos, os personagens da minissérie saem do papel e passam a pertencer aos atores. Depois da estreia, os telespectadores estão no comando. E posso garantir que, aqueles que dedicarem um pouquinho de seu tempo para acolher nossos personagens e embarcar nessa história, terão belas surpresas! Sansão e Dalila, às 23h, na Rede Record.

O site oficial já está no ar, confira!

Também envio o link para uma ótima reportagem do José Armando Vanucci sobre a estreia da minissérie: Assista!

Abaixo, segue uma entrevista que dei para a jornalista Elliana Garcia, com muitas informações sobre a minissérie.

Autor da minissérie Sansão e Dalila conversa com o Arca Universal

Por Elliana Garcia / Fotos: Michel Angelo
eliana.garcia@arcauniversal.com

Ele começou a carreira aos 12 anos, como ator. Aos 13, as letras começaram a ganhar forma através de suas mãos, o que resultou em quatro livros publicados. Com a arte correndo nas veias, ele ainda apresentou um programa de tevê, foi colaborador de novelas e agora assina o seu primeiro trabalho solo na televisão: a minissérie bíblica “Sansão e Dalila”. Em entrevista ao Portal Arca Universal, Gustavo Reiz, de 29 anos, nos conta como foi adaptar essa história e convida o público a se juntar ao povo hebreu e embarcar numa jornada incrível, com muitas situações fortes e marcantes na minissérie de 18 capítulos, que estreia em 4 de janeiro, às 23h, pela “Rede Record de Televisão”.

[r7video http://entretenimento.r7.com/sansao-e-dalila/videos/detalhes/voce-sabe-quem-e-dalila-/idmedia/392e665c49221b7832ba4ea8da20982e.html]

Como surgiu a oportunidade para escrever “Sansão e Dalila” e há quanto tempo você começou a trabalhar neste projeto?

Recebi o convite do diretor de teledramaturgia da emissora, Hiran Silveira, para desenvolver essa sinopse e aceitei de imediato. Sansão e Dalila já fazem parte do imaginário popular. Quem não conhece a história do guerreiro de força incomum que perde as forças ao ser traído pela mulher que amava? Já conhecia as adaptações, mas quando li o original fiquei muito instigado em contar essa história e também apresentar algo inédito ao público, num enredo mundialmente conhecido. Comecei a pesquisar em dezembro de 2009, e foram 2 meses até a elaboração da sinopse e o começo do desenvolvimento dos capítulos.

O que foi mais difícil na adaptação?

Por mais que a trajetória de Sansão seja descrita de forma muito detalhada na Bíblia, com passagens emocionantes e de grande impacto, é uma história que se passa em 1100 a.C. (antes de Cristo), o que requer muita pesquisa. E mesmo com tantos detalhes, essas passagens não seriam suficientes para sustentar uma minissérie, no número de capítulos desejado e no ritmo a que o telespectador está acostumado. Precisava criar tramas paralelas, de acordo com o contexto da época e de forma que não alterassem a mensagem do original, pelo contrário, que a reforçassem. As distâncias entre as cidades também mereceram atenção especial. Levava-se de dois a quatro dias para ir de um local a outro, e Sansão é um personagem que deixa a sua tribo e transita por vários locais diferentes. Como optei por fazer um paralelo entre as vidas de Sansão e Dalila, além de outros personagens, o mais difícil foi lidar com essas distâncias e respeitar o tempo das viagens, de modo que as tramas pudessem se desenvolver e as andanças de Sansão não se tornassem momentos repetitivos e monótonos para o telespectador.

As histórias bíblicas são interpretadas de várias formas. Como você chegou ao meio termo, sem ferir a interpretação profunda bíblica?

Li a história de Sansão em diversos textos, de diversas religiões. O cerne da história é o mesmo, o que muda são detalhes de tradução. Sansão é um homem que recebeu uma importante missão de Deus, mas que se deixou seduzir pelos próprios instintos e paixões e se desviou de seu caminho, sofrendo as consequências por suas escolhas. Como todo texto bíblico, a história desse juiz do povo hebreu possibilita muitas interpretações. Por isso, tive a preocupação de me manter fiel ao original, apresentando a trajetória de Sansão exatamente como está na Bíblia, com riqueza de detalhes e até mesmo com passagens pouco representadas em outras adaptações audiovisuais, mas que estão nas Sagradas Escrituras. Como telespectador, não costumo gostar de adaptações que alteram muito a história que serve de base, acho que isso frustra quem já conhece aquela trama. Principalmente uma história bíblica, que serve de referência para gerações e gerações. O objetivo dessa adaptação não é julgar nenhum personagem, muito menos justificar seus atos, mas sim apresentar uma bela história ao telespectador, para que ele faça suas próprias interpretações.

Gustavo Reiz estreia sansao A estreia de Sansão e Dalila

O que mais te encantou nesta história?

A narrativa dinâmica e a possibilidade de valorizar o aspecto humano dela, com personagens muito fortes e cheios de conflitos. Desde o início, a história é muito emocionante, quando um mensageiro de Deus aparece para uma mulher estéril e anuncia que ela terá, finalmente, um filho (leia Juízes 13.3), e que esse menino começaria a libertar o povo hebreu da opressão dos inimigos filisteus. Sansão já nasce com uma grande responsabilidade e com uma enorme expectativa em torno de si, embora tenha dificuldades para compreender a sua missão. Ao mesmo tempo em que possui uma força incomum, devido ao voto que tem com Deus, Sansão também possui suas fraquezas, como a atração pela mulher do povo inimigo. A busca desse hebreu pelas respostas se transforma numa jornada incrível, com muitas situações fortes e marcantes, com tentações e obstáculos, que nos envolvem do começo ao fim.

Qual a cena mais emocionante, na sua opinião?

Há muitas passagens emocionantes na história. O incêndio na casa da esposa de Sansão me comoveu bastante quando li no original e quando escrevi as cenas. São acontecimentos muito tristes, muito fortes, que marcam definitivamente a trajetória de Sansão. As cenas gravadas ficaram incríveis, lindamente interpretadas pelo elenco e muito bem dirigidas. O momento em que Sansão é traído por Dalila e sofre nas mãos dos filisteus também promete emocionar bastante.

Há personagens fictícios na minissérie?

Sim. Para obter o ritmo desejado, mencionado anteriormente, optei por criar as pessoas da tribo de Sansão e também toda a trajetória de Dalila, até se tornar uma cortesã e encontrar o guerreiro hebreu. Aproximadamente 30 personagens foram criados para acentuar elementos como romance, ação, suspense e humor. Os personagens têm seus conflitos, suas histórias, independentes ou não da trama principal. Vilões em vários estágios hierárquicos, conspirações, farsas, encontros e desencontros típicos de comédia romântica também estão presentes na minissérie.

Dalila tinha poder sobre Sansão. Na atualidade você acha que a mulher tem mesmo todo esse poder sobre um homem?

Do poder das mulheres eu não tenho a menor dúvida. Mas Dalila, do ponto de vista simbólico, representa tudo que entra em nossas vidas – muitas vezes de forma bastante sedutora – para nos desviar de nossos principais objetivos. Essa é uma das reflexões que o texto bíblico nos proporciona.

De que forma essas histórias antigas podem influenciar a nossa realidade? Ou melhor, quais as similaridades dessas histórias antigas com as contemporâneas?

As histórias antigas são as grandes referências para as contemporâneas. Nas narrativas bíblicas, por exemplo, temos histórias de homens e mulheres que vivem seus conflitos familiares, situações e dificuldades pelas quais passamos até hoje e, por isso, são histórias que atravessam o tempo. As dúvidas naturais do ser humano, a busca pela fé, as relações sociais, as rivalidades, os exemplos a serem seguidos, os medos e incertezas em relação ao futuro. São histórias que falam da essência do ser humano, de seus conflitos internos. E tudo isso continua presente, não apenas nas histórias contemporâneas, mas também em nosso cotidiano, em nossas vidas.

Há outras histórias bíblicas que você gostaria de adaptar?

A Bíblia é uma fonte inesgotável de belas histórias e eu terei grande prazer em realizar outras adaptações. Gosto das boas histórias, independentemente do gênero. No teatro, sempre escrevi comédias. Na tevê, em novela, acabamos escrevendo de tudo um pouco, e é isso que geralmente tento fazer, oferecer várias possibilidades dentro da mesma história. Minha preocupação maior, enquanto autor, é fazer com que o leitor e/ou o telespectador tenha bons momentos enquanto acompanha aquela história. Que ele se envolva com os personagens, que se emocione, que se divirta, que crie expectativas e embarque naquele universo proposto.

O que o público pode esperar desta minissérie?

A minissérie está muito emocionante e é uma produção extremamente bem cuidada. Elenco de primeira, belos cenários e paisagens, qualidade técnica impecável. Em todos os capítulos teremos uma importante passagem da trajetória de Sansão, como a luta com o leão, o enigma aos filisteus, a luta com o exército de mil soldados, a retirada das portas de Gaza, a derrubada do templo dos filisteus. “Sansão e Dalila” é um trabalho que reflete bem o projeto vitorioso da teledramaturgia da “Record”. Queremos apresentar ao público um belo trabalho, com a qualidade que ele merece.

Me fale da emoção de fazer um trabalho como esse.

Ter a possibilidade de estrear como autor titular aos 29 anos, com uma produção impecável como a de “Sansão e Dalila”, é algo mais que especial. Todo o processo, em suas diferentes etapas, foi muito prazeroso. Desde as primeiras reuniões, as pesquisas para elaboração da sinopse, a criação dos personagens, das falas, dos capítulos, até ver tudo isso ganhar formas, cores e vida. É muito emocionante. Além do voto de confiança dado pelo Hiran Silveira e todo o apoio de sua equipe, tive a parceria fundamental do diretor-geral, João Camargo, e dos demais diretores, César Rodrigues e Régis Faria, o que fez toda a diferença para contarmos bem essa história. Ter atores tão talentosos dedicando-se ao máximo para dar vida aos personagens também é motivo de orgulho para qualquer autor. “Sansão e Dalila” vem como fruto de muita dedicação, muita perseverança e, principalmente, muito trabalho. Espero que os telespectadores também se envolvam e façam parte desse momento tão especial para todos nós, acompanhando a história de Sansão e Dalila, que estreia dia 4 de janeiro, às 23 horas.

[r7video http://noticias.r7.com/videos/nesta-terca-feira-04-estreia-sansao-e-dalila/idmedia/79f332b4aeac8a73342de80c62a28270.html]

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
27
dezembro
às 13:16

No último post sobre Sansão e Dalila falei sobre os vilões que movimentarão a trama. Tanto na trajetória de Sansão quanto na de Dalila, não faltarão inimigos tentando prejudicá-los. Para enfrentar os opositores, não bastará a força descomunal do hebreu ou a beleza sedutora da filistéia. Nossos protagonistas também contarão com poderosos aliados e conselheiros fiéis, que terão papéis fundamentais em suas vidas. Mas não pense que tais alianças eram exclusividade daquela época, pois assim como a fé e o amor, a amizade também atravessa o tempo.
Héber (Cláudio Gabriel) , Jidafe (Felipe Cardoso) e Samara (Thais Fersoza)

Amigos Sansão cópia Os aliados de Sansão e Dalila

Hebreus da mesma tribo de Sansão, Héber, Jidafe e Samara cresceram com o guerreiro de tranças. Correndo pelos campos de trigo e sempre com medo da ameaça dos filisteus, o trio logo percebeu que Sansão era mais forte que os demais. A convivência ao longo de tantos anos despertou a grande admiração de Héber, o amor de Samara e o ciúme de Jidafe. E, como toda relação duradoura, essa amizade entre eles poderá seguir por caminhos surpreendentes.

Sansao Heber Os aliados de Sansão e Dalila

Myra (Luiza Curvo)
Myra é a melhor amiga de Dalila desde a infância e sempre elogiava a beleza incomum da amiga. Enquanto Dalila procurava fabricar seus próprios enfeites e ajudar sua mãe no trabalho, Myra sabia que a vida tinha muito mais a oferecer e não se contentava com o mesmo destino das outras mulheres do Vale. Mas a vida seria ainda mais surpreendente com as amigas que, após seguirem por caminhos diferentes, se reencontrarão numa realidade completamente diferente da que viviam.

Amigos Dalila cópia Os aliados de Sansão e Dalila

Cário (Leandro Léo)
É o jardineiro do palácio do príncipe Inárus, de Gaza. Sujeito introspectivo e tímido, possui uma queimadura no rosto que o torna alvo das zombarias das cortesãs e soldados filisteus. Dalila perceberá que, por trás dessa terrível aparência, se esconde um homem de bom coração. Ao ser bem tratado pela nova cortesã, Cário se torna seu fiel amigo e protetor.

Luiza Curvo Myra Dalila Os aliados de Sansão e Dalila

Muitas relações se desenvolvem ao longo dos capítulos, mas não quero adiantar as surpresas da trama. Como acontece com todos nós, pessoas entram e saem de nossas vidas, mas algumas garantem um lugar especial; por mais que digam tudo que não queremos ouvir e nos provoquem com a famigerada frase "eu avisei!" depois de algum erro, eles nos abraçam após a repreensão. São aquelas pessoas que tentam tirar mensagens positivas das situações mais difíceis, que estendem a mão quando ninguém o faz por nós. Não são de nossa família, mas choram com o nosso pranto, sofrem com a nossa dor, vibram com nossas alegrias. Assim como os nossos o fazem, os amigos de Sansão e Dalila prometem surpreender e emocionar.

Sansão e Dalila estreia dia 04 de janeiro, às 23 horas, na Rede Record. Não perca!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks