georgestrait 620x400 Cantores e bandas mais ouvidos nos Estados Unidos são anônimos no Brasil
O mercado musical norte-americano é o maior do planeta. Além de contar com um público interno que consome bastante, ainda tem o privilégio de ser popular também no exterior. Sendo assim, normal que os discos mais vendidos na história venham principalmente de lá.

Mas mesmo que não contasse com esse êxito fora do seu território, a música norte-americana seria bem sucedida apenas com o interesse dos próprios cidadãos.

Isso porque, entre os nomes que mais venderam CD na história por lá, há inúmeros exemplos de músicos que são desconhecidos em outros locais. Alguns, inclusive, conseguem ser mais populares lá do que nomes de alcance global, como o Red Hot Chilli Peppers ou Nirvana. Garth Brooks, que já se apresentou no rodeio de Barretos duas vezes, é um deles.

Com 148 milhões de cópias vendias nos EUA, ele ocupa a segunda posição do relatório da RIAA (empresa que monitora indústria fonográfica) e só fica atrás dos Beatles por lá.

Mais conhecido globalmente, Billy Joel é o sexto maior vendedor de discos do País (82 milhões), superando nomes como Elton John e Michael Jackson.

Nesse ranking, fica claro que o cidadão médio americano, prefere ouvir cantores românticos populares e artistas de música country, cujo alcance no interior dos estados é supera o do pop, rock e r'n'b. Ou seja: caminhonetes a diesel com bandeira americana fazem mais sentido para eles que diva pop com maiô cravejado de swarowski.

Um dos astros mais populares lá é George Strait, 11º em vendas na história americana, com 69 milhões de cópias comercializadas. Conhecido como O Rei do Country ele está à frente no ranking de nomes como Madonna, Bruce Springsteen, The Rolling Stones e Aerosmith. Se for comparar com estrelas mais jovens do pop, fica ainda pior. E o mais irônico é que, em qualquer lugar do mundo ele é quase um anônimo.

Existe, no entanto, um motivo para que eles não tenham sido divulgados por aqui. As grandes gravadoras sabem que o nosso mercado tem pouco interesse em música norte-americana mais tradicionalista. Por outro lado, esses são artistas que não têm tanto interesses em realizar turnês internacionais, já que encaram um vasto e bem remunerado circuito de shows em rodeios e feiras agropecuárias. A seguir, conheça outros músicos que fazem mais sucesso por lá que nomes populares em nível mundial:

George Strait (69 milhões, à frente de Madonna)

 

Reba McEntire (41 milhões de cópias, à frente de Eric Clapton)

 

Tim McGraw (37 milhões, à frente de Bob Dylan)

John Denver (33 milhões, à frente de The Doors)

Mannheim Steamroller (28 milhões, à frente de Creedence)

Kenny Chesney (27 milhões, à frente de Ozzy Osbourne)

Brooks e Dunn (27 milhões, à frente de Frank Sinatra)

Toby Keith (25 milhões, à frente de Nirvana)

Jimmy Buffett (23 milhões, à frente de Jimi Hendrix)