Não demorou e a Globo já agiu: Zeca Camargo entrou ao vivo no "Vídeo Show", desta segunda-feira (29)pedindo desculpas pela crítica envolvendo o cantor Cristiano Araújo.

Só teve um probleminha: Zeca cometeu o mesmo erro tosco de Fátima Bernardes. Chamou "Cristiano Araújo" de "Cristiano Ronaldo".

O apresentador disse que está sendo mal interpretado e não pretendia ofender fãs, familiares nem ocantores sertanejos.

Na noite de domingo (28), o apresentador da Globo fez uma crítica pesada à comoção nacional em torno da morte do cantor Cristiano Araújo, que morreu na quarta-feira (24), aos 29 anos, vítima de um acidente de carro. A crítica de Zeca  foi ao ar no "Jornal das Dez", da Globo News, canal pago de notícias da Globo, e logo tomou proporções desastrosas.

Em poucos segundos, Zeca foi parar na liderança dos assuntos mais comentados do Twitter, alvo de xingamentos, revolta, ódio e ofensas do público.

No dia 24, data da morte do cantor,  a apresentadora Fátima Bernardes resolveu prestar a sua homenagem ao músico no "Encontro", da Globo. No momento de maior emoção, ela acabou se atrapalhando e "matou" o jogador "Cristiano Ronaldo". Fátima trocou os nomes.

O erro de Zeca, no pedido de desculpas, acabou piorando a situação do apresentador, que voltou a liderar os assuntos mais comentados do Twitter. Otaviano Costa tentou contornar a situação no programa, mas já não dava mais tempo.

http://r7.com/_A88