leifert Tiago Leifert chora, mas vai ganhar o dobro

Leifert chora em seu último dia no "Globo Esporte"

Depois de quase seis anos no comando do "Globo Esporte", Tiago Leifert, 35, deixou a atração. O apresentador se despediu do público na edição do esportivo desta segunda-feira (6), entre lágrimas, abraços de amigos, da família e uma divisão do público nas redes sociais.

Enquanto a hashtag #choraleifert aparecia entre os assuntos mais comentados do Twitter, a audiência do último "Globo Esporte"  não se abalou: 11,5 pontos. Na sexta-feira anterior,dia 3, o programa marcou 12,8 pontos de audiência.

Queridinho de muita gente, Leifert inovou no jeito de apresentar o "Globo Esporte". Sua informalidade e humor conquistaram fãs, mas também provocaram algumas confusões e desafetos ao longo desses anos.

Alguns jogadores, técnicos e amantes do futebol não gostavam do jeito irreverente do jovem apresentador. Leifert chegou a se desentender com craques e com o próprio público do programa nas redes sociais.

Em sua despedida, fãs lamentaram a sua saída na web. Outros preferiram debochar do choro do apresentador.

Gostando ou não do estilo de Leifert, o fato é que ele ganhará bem mais: o apresentador  está deixando de vez o jornalismo do canal rumo ao entretenimento.

Segundo fontes da Globo, o salário de Tiago Leifert, que começou na casa dos R$ 25 mil no início de sua participação no "Globo Esporte", passou dos R$ 100 mil mensais no último ano, e agora vai praticamente dobrar.

Além de um salário mais gordo, o apresentadora poderá agora fazer campanhas publicitárias e merchandising, o que engorda bem mais a conta bancária de quem trabalha em TV.

Além do "The Voice", Leifert poderá eventualmente cobrir férias de Fátima Bernardes e Ana Maria Braga em seus respectivos programas na Globo. Ele também está no elenco de uma nova atração, "É de Casa", que estreia em agosto na Globo, ao sábados pela manhã.

Há quem acredite que o jovem tem potencial até para substituir Pedro Bial em uma nova edição do "Big Brother Brasil". O céu é o limite.

http://r7.com/DwwE