sbt1 1024x768 Impeachment na TV? Não. SBT prefere Chaves e Amado Batista

Todas as redes abertas transmitindo a votação do impeachment e o SBT homenageando Amado Batista

Em que planeta vive Silvio Santos? No dele, que é bem divertido, por sinal.

A prova disso foi esse domingo (18) de "impeachment" na TV.

Exatamente às 17h30, TV Cultura, Globo, Record, RedeTV! , Gazeta, Band, Record News, TV Aparecida, TV Brasil, GloboNews, BandNews e até a TV dos Trabalhadores estavam exibindo a votação do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) na Câmara dos Deputados.

Enquanto isso, o SBT exibia o programa de Eliana.

A estratégia de ser o 'diferentão' do dia deu certo. Eliana chegou a liderar a audiência por alguns minutos, e o SBT ficou em segundo lugar em audiência durante boa parte da tarde.

Em determinada faixa da tarde a audiência prévia da Globo horário da votação em Brasília ficou na casa dos 16 pontos. O SBT ficou com 11, a Record com 7 e a Band com 2 pontos. Cada ponto equivale a 69 mil domicílios na Grande SP.

Todas as emissoras com cobertura ao vivo da votação, com comentaristas políticos a postos, âncoras e repórteres de plantão, enquanto o SBT homenageava Amado Batista no programa de Eliana.

Não que o cantor não mereça uma devida homenagem, veja bem. Mas é no mínimo curiosa essa opção da rede de Silvio Santos em um dia decisivo para a política brasileira. Foi até engraçado ficar mudando de canal, ouvindo deputados gritando, repórteres correndo atrás de novidades, e se deparar com Eliana com cara de tensão contando que o Ken Humano está internado de novo.

Para completar, o SBT resolveu ainda fazer uma piada nas rede sociais.

O canal já tinha divulgado durante a semana que não faria a cobertura ao vivo do impeachment neste domingo (17). Mas não resistiu a postar uma piada com o "impeachment do Chaves".

O Twitter do SBT publicou uma imagem de um episódio do julgamento de impeachment de "Chaves", em que o personagem da série mexicana é julgado pelos colegas de escola.

A brincadeira tem relação com a fama do SBT de sempre estar exibindo as reprises de "Chaves" enquanto o mundo desaba.

Mas o seriado mexicano realmente tem prioridade por lá. Tempos atrás, Silvio exibiu o enterro do criador de "Chaves", Roberto Bolaños, ao vivo, direto do México.

Desta vez, optou por não transmitir a votação que pode mudar o rumo do seu país. Prioridade é prioridade.

http://r7.com/4lsa