maju8 Autores de ataques racistas a Maju podem pegar até 20 anos de prisão

Há cerca de um ano , Maju foi humilhada e xingada em sua rede social

Os internautas acusados de racismo após ataque a jornalista Mária Julia Coutinho, a Maju, da Globo, estão enrascados.

O Ministério Público de São Paulo abriu denuncia nesta terça-feira (21) contra os quatro homens acusados de crimes de injúria contra a jornalista de meteorologia da emissora.

Maju foi vítima de ataques racistas nas redes sociais há cerca de um ano.

Segundo dados o MP, Érico Monteiro dos Santos, Rogerio Wagner Castor Sales e Kaique Batista planejaram o ataque. O trio recebeu ajuda de um profissional da área de informática e induziu outros internautas a postarem mensagens agredindo Maju.

Eles foram indiciados e pode receber penas de 7 a 20 anos de prisão por crimes de falsidade ideológica, injúria, racismo, corrupção de menores e formação de associação na internet.

http://r7.com/7onj